Usuário: Visitante | Identifique-se | Cadastre-se
3 9

31/05/2012
Por que Jesus foi ao casamento?


por Max Lucado

Por que Jesus, em sua primeira viagem, levaria os seus discípulos a uma festa? Eles não tinham trabalho para fazer? Ele não tinha princípios para ensinar? O seu tempo não era limitado? Como um casamento poderia se encaixar em seu propósito na terra?

Por que Jesus foi ao casamento?

A resposta? Ela se encontra no segundo versículo de João 2. “Jesus e seus discípulos também haviam sido convidados para o casamento”.

Jesus não foi convidado porque era uma celebridade. Ele ainda não  o era. O convite não foi motivado pelos seus milagres. Ele ainda tinha que fazer algum. Por que eles o convidaram?

Suponho que gostassem dele.

Grande coisa? Eu acho. Eu acho importante que uma pessoa comum de uma cidade pequena gostasse de estar com Jesus. Eu acho notável que o Todo Poderoso não agisse com um jeito superior e poderoso. O Santo não fosse mais-santo-que-você. Aquele que sabia tudo não fosse um sabe-tudo. Aquele que fez as estrelas não colocasse a sua cabeça nelas. Aquele que possui todas as coisas da terra nunca se exibisse por isso.

Jesus poderia ter sido tudo isso, mas ele não o foi. O seu propósito não era ostentar mas sim comparecer. Ele sofreu grandes dores para ser tão humano quanto o cara do fim da rua. Ele não precisava estudar, mas mesmo assim ia à sinagoga. Ele não precisava de renda, mas mesmo assim trabalhava na oficina. Ele conhecia a comunhão com os anjos e ouvia as harpas do céu, mas mesmo assim ia a festas promovidas por coletores de impostos. E sobre os seus ombros estava o desafio de redimir a criação, mas mesmo assim arranjou tempo para andar 145 quilômetros de Jericó até Caná a fim de ir a um casamento.

Como resultado, as pessoas gostavam dele. Ah, havia aqueles que zombavam das suas afirmações. Eles o chamavam de blasfemo, mas eles nunca o chamaram de arrogante. Eles o acusavam de heresia, mas munca de arrogância. Ele foi rotulado como um radical, mas nunca chamado de inacessível.

A fé dele o tornou agradável, não detestável. Que a nossa possa fazer o mesmo!

Notas:

Traduzido por Cynthia Rosa de Andrade Marques Almeida
Texto original extraído do site www.maxlucado.com



[Comente]
9 comentários

Cada detalhe das atitudes de Jesus, relatadas na bíblia, é uma riqueza de sabedoria.
(0) (0)

Thiago Medeiros
Itaborai/rj
31/05/2012, 09:42:50

Se queremos ser parecidos com Jesus,precisamos fazer a cada dia, coisas grandes para os pequenos,os injustiçados ,sem querer serrmos grandes, pois Ele, foi assim,humilde e grande e grande demais!!
(0) (0)

Rosânia dos Santos
Rio de Janeiro
31/05/2012, 10:15:00

Em tempos de megashows "gospel" e Megatemplos é importante lembrar de como era no início. Que aquele que merece Toda a honra e a glória, se comportava como anônimo.
É necessário que ele cresça e que eu diminua. João 3:30
(0) (0)

André Luiz da Costa Reis
Rio de Janeiro
01/06/2012, 09:07:36

Acredito que João tenha dito que era necessário que ele diminuisse, pelo fato de que deveriam seguir a Jesus. Diminuindo ou crescendo, a Jesus deve ser dado todo o mérito. Eu não preciso diminuir para que Ele cresça, posso continuar crescendo, e sem hipocrisia desejo isso como um ser humano normal, e mesmo assim dar todo o mérito a Ele que é digno de toda honra e louvor.
(0) (0)

Lenilson Fraga
Rio de Janeiro
01/06/2012, 15:04:29

Acredito também que Jesus foi ao casamento por 2 motivos: 1º porque vida cristã, religiosa ou evangélica é VIDA, não é hora marcada. 2º porque Jesus, mesmo tendo coisas para fazer e ministério "curto", não tinha pressa nenhuma, assim como Deus também não tem. Apressados e geração instantänea são os que jazem no maligno.
(0) (0)

Lenilson Fraga
Rio de Janeiro
01/06/2012, 15:10:06

Aleluia! Ser acessível! Que a gente possa aprender a ser assim, de verdade! Pessoas q os não-crentes possam contar, possam querer ter por perto e assim, serem transformadas!
(0) (0)

Carolina Fernandes
Rio de Janeiro
04/06/2012, 15:32:25

A cada dia me maravilho com esse Deus que, assumindo a forma de servo experimentou nossas dores e agiu sempre com misericórdia.
(0) (0)

Stellamaris Thame Alves de Oliveira
Potiraguá
07/06/2012, 13:35:55

Jesus nunca perdeu uma oportunidade de abençoar aqueles que estavam à sua volta, mesmo em um casamento.
(0) (0)

Cláudio Antônio da Silva
São Leopoldo
29/12/2013, 17:56:45

Jesus não foi convidado porque era uma celebridade. Ele ainda não o era. O convite não foi motivado pelos seus milagres. Ele ainda tinha que fazer algum. Por que eles o convidaram?
Suponho que gostassem dele.
Grande coisa? Eu acho importante que uma pessoa comum de uma cidade pequena gostasse de estar com Jesus
(0) (0)

Anita Rocha
Rondonópolis
29/12/2013, 23:39:26

Atenção! Você está deslogado.

Deslogado, seu comentário será moderado.
Identifique-se e comente sem moderação.

Todos os campos são obrigatórios

Seu nome:
E-mail:

(não será divulgado)
Localidade:
Comentário:

                                                          

Código de segurança:

CAPTCHA Image
Digite os caracteres acima:

Outros artigos de Max Lucado:

Cristo em você

Devocional: As boas dádivas de Deus

Devocional: Pensando em você

30 Pensamentos Diários: 9º dia

Dia de coroação

Mais


Coluna: Dose de Ânimo

Ver lista de artigos

  Add to Google


Últimos artigos de Dose de Ânimo
Algo melhor
Conectado mas não alterado
Duas mil vezes mais eficazes
Perguntas difíceis
A sogra

Mais populares de Dose de Ânimo
30 Pensamentos Diários
30 Pensamentos Diários: 1º dia
Parábolas inestimáveis: A parábola do carrinho de limpeza
Parábolas inestimáveis: A parábola das pedras
Parábolas inestimáveis: A parábola do cartaz sanduíche

Mais comentados de Dose de Ânimo
Deixe-o transformar sua mente
O que você tem?
Deus entrou no tempo
A preocupação é fútil
Parábolas inestimáveis: A parábola do carrinho de limpeza

"Aquele que começou uma boa obra em vocês irá completá-la até o dia de Cristo Jesus" Filipenses 1:6