Usuário: Visitante | Identifique-se | Cadastre-se
2 9

08/07/2011
O que fazer para o casamento valer a pena...


por Anderson Zem

O que fazer para o casamento valer a pena e não apenas durar a vida inteira.

Vivemos tempos de triunfo público e fracasso íntimo. A grande pergunta que todos os que já são casados deveriam fazer é essa “Como havemos de viver juntos?”. O verbo haver no lugar do verbo dever foi proposital, pois saber viver é uma questão de bom senso e não de dever. Nem sempre um casamento que dura tem valido a pena, mas com certeza aquele que vale a pena dura. Boa parte dos casais cristãos está junto por conveniência, medo, mas não por virtude (amor). Casar dentro da vontade de Deus não é garantia de sucesso. Se você pensa ao contrário, pergunte para Adão e para Oséias quando chegar ao céu (se é que você vai para lá!). Se submeter à vontade de Deus para casar é apenas metade do processo, é preciso se submeter a ela para continuar casado. Então, o que se deve saber, fazer e querer para que o casamento valha a pena? 

I. Abandonem todas as regras se quiserem que a relação de vocês dê certo – o casamento não é um problema, é pior que isso, é um mistério. Regras não têm o poder de transformar uma relação. Não somos behavoristas. Joguem fora os manuais, não somos máquinas que precisam de ajustes, mas seres humanos que precisam de graça! Vivam por valores e princípios e não simplesmente por regras! 

II. Desapeguem-se um do outro se quiserem viver sempre juntos – duas metades não formam um inteiro. É preciso três para se tornar um. Que não seja a necessidade, mas a liberdade que os mantenha juntos. Pratiquem a filosofia do “Eu te amo, mas sou feliz sem você”. Vocês precisam estar satisfeitos em Deus para poderem satisfazer um ao outro. A porta do amor está sempre aberta para ir e para voltar. É aqui que o sentimento de ciúme ganha um novo sentido e passa a ser parecido com o ciúme que Deus sente de nós. Você sentirá ciúmes do outro, não por medo de perdê-lo, mas por receio que ele se perca. O outro não determina sua segurança, é você que cuida para dar base a ele. Não seja a falta o motor da sua existência, mas a plenitude de Deus. Viver em função do outro não é amor, é idolatria! Amar não é apoderar-se do outro para completar-se, mas dar-se ao outro para completá-lo.

III. Ame seu parceiro apesar das qualidades dele – preste atenção que eu não errei não. Eu não disse para você amar seu cônjuge apesar dos defeitos que ele tem, mas apesar das qualidades. Afinal, sempre amamos algo e não alguém. Amamos o corpo (eros), mas daí vem uma doença, a velhice etc, e nosso amor perece junto. Outras vezes amamos seu discernimento, sua coragem, seu bom humor, sua sinceridade, seu romantismo (phileo), mas e se ele perder tudo isso? O que sobra? O amor de Deus (agapao) ama alguém e não algo, ele vai além do corpo e da alma, ele toca o espírito, onde está o ‘EU’ oculto. Há um amigo meu que casou há algum tempo com uma mulher mais velha, e hoje essa diferença de idade está pesando, e para piorar ela está doente e ele me disse que deixou de ser um marido para se tornar um enfermeiro. Mas na verdade ele nunca foi um marido, pois é nessa hora que ele deveria revelar-se como tal. Se amarmos somente a aparência ou as qualidades, estamos nos colocando em vulnerabilidade, pois sempre haverá quem seja mais belo ou mais virtuoso. Não é uma questão de compaixão, é uma questão de amor. Não ame seu parceiro porque ele é bom ou belo, mas para torná-lo bom e belo. O verdadeiro amor diz “preciso de ti, porque te amo”, o amor fraco diz “eu te amo, porque preciso de ti”. Não ames pela beleza, pois um dia ela acabará. Não ames por admiração, pois um dia desiludir-te-ás. Ama apenas, pois o tempo nunca pode acabar com um amor sem explicação. 

IV. Aprendam a morrer se quiserem saber viver - a lição de como viver não está nas escolas ou nas academias. E por mais irônico que seja, somente quem aprendeu a morrer, ou seja, orienta sua vida sob essa perspectiva do fim, pode começar a viver. Vivam cada dia, não como se fosse a primeira vez, mas como se fosse a última. Nosso maior medo não é mais o de morrer, mas o de morrer sem nunca ter vivido. Mas só viveremos intensamente quando tomarmos consciência da brevidade e transitoriedade da nossa existência.

V. É preciso mais do que tirar a roupa para fazer sexo no casamento, é preciso tirar as máscaras – entregar o corpo sem entregar a alma no casamento é prostituição legalizada. Aquele que conheceu apenas a sua mulher, e a amou, sabe mais de mulheres do que aquele que conheceu mil. Mais do que dividir a cama, é preciso dividir o coração. Pouca sinceridade é uma coisa perigosa, e muita sinceridade é absolutamente fatal. Ser verdadeiro não é o mesmo que ser sincero. Muitos maridos dividem a mesma cama, mas não o coração. O prazer do sexo é um efeito colateral, não alvo na relação. Quando o sexo é feito sem reverência e sem honra, ele se torna lascívia. 

VI. Pratiquem a aceitação inconformada – não é o perfeito que precisa de amor, mas o imperfeito. Amar é aceitar o outro como é, mas não deixá-lo como está. O amor é por natureza transformador.

VII. Casamentos acabam não pelo mal que fazemos um ao outro, mas também pelo excesso de bem  – cuidado com a necessidade de se sentirem necessários.  Não trate seu parceiro como um animal de estimação. A finalidade do doar no casamento, não é tornar o outro dependente de nós, pelo contrário, sua finalidade é tornar-nos supérfluos. Precisamos doar com a finalidade de alcançar a recompensa de que o outro não precise mais de nós.

Lembre-se que Deus pediu para você amar sua esposa, não para compreendê-la. 

 



[Comente]
9 comentários

O casamento só terá sucesso, a partir do momento, que passamos a viver em três: eu, Senhor Jesus e ele, unidos em oração e dependentes da graça do PAI...
(0) (0)

Neusa S. P. Degáspari
Piracicaba
08/07/2011, 00:49:09

Texto bastante profundo. Nele, paradigmas e regras são quebrados, a fim de que entendamos a vontade perfeita de Deus, e de que vivamos cada dia do nosso casamento, como se fosse o dia do primeiro encontro.
(0) (0)

Stellamaris Thame Alves de Oliveira
Potiraguá
08/07/2011, 16:53:29

"Que não seja a necessidade, mas a liberdade que os mantenha juntos."
"Precisamos doar com a finalidade de alcançar a recompensa de que o outro não precise mais de nós."
Caracol!! nunca tinha pensado dessa forma.Mais concordo.
(0) (0)

Graziely Tamara Santana Lage
Timóteo
08/07/2011, 20:51:03

Esse foi um dos melhores artigos que já i por aqui... contiune assim!!!

Papo aberto, verdadeiro, direto ao assunto, sem voltas!
(0) (0)

Silas da Silva Santos
Guarulhos
20/07/2011, 11:20:00

O artigo é direto e profundo. Traz a reflexão de "verdades" que o mundo secular ensina e nós levamos para um casamento santo. Me enriqueceu e vou levar a outros.
(0) (0)

Daniel Policarpo
Aguas Claras
26/07/2011, 20:49:03

não gostei da introdução, pareceu-me meio duro, amei a descrição VI.
(0) (0)

Alex Fonseca Silva
São Paulo
28/07/2011, 23:35:37

Mujito bom o texto e realmente, nao adianta seguir regrinhas e seguir livros de auto-ajuda. Na bíblia os homens não são de marte e as mulheres não são de venus, ambos são da terra.
(0) (0)

Carlos Stutz Zillner
São Paulo
30/07/2011, 12:53:00

Para um casamento dar certo, ele deve ser vivido "a três", o homem, a mulher e Deus.
(0) (0)

Cláudio Antônio da Silva
Timóteo
19/09/2013, 23:15:00

Vivemos em uma sociedade em que o casamento tem se deturpado a cada dia, as pessoas têm distorcido o sentido do casamento.
(0) (0)

Jônatas Barbosa
Taquari
07/10/2014, 11:41:43

Atenção! Você está deslogado.

Deslogado, seu comentário será moderado.
Identifique-se e comente sem moderação.

Todos os campos são obrigatórios

Seu nome:
E-mail:

(não será divulgado)
Localidade:
Comentário:

                                                          

Código de segurança:

CAPTCHA Image
Digite os caracteres acima:

Outros artigos de Anderson Zem:

50 razões pelas quais precisamos de um avivamento


Coluna: Articulando

Ver lista de artigos

Envie um artigo

  Add to Google


Últimos artigos de Articulando
Jesus e nada mais que isso
Danilo Santos
Uma geração que morre – mudando para mudar
Danilo Santos
Aflição e Glória
Alex Amorim
Sem partido político e sem denominação
Marcos Botelho
Ano novo sem vida velha
Pedro Pimenta

Mais populares de Articulando
Um amor eterno
Ronivaldo Moreira
Enganoso é o coração
Lidiane Saiol
O maior problema de Jesus
Adilson Junior
Não consigo chorar!
Antonio Porto
O triunfalismo cristão é de Deus ou do diabo?
Wallace Circuncisão

Mais comentados de Articulando
Eu fui traída!
Sara 8:)
Quero morrer
Giuliano Barcelos
Um crente político ou um político crente?
Marcos Botelho
A lei da tração
Sara 8:)
Minha religião não permite
Ronivaldo Moreira

"Aquele que começou a boa obra a aperfeiçoará até o dia de Cristo Jesus." Filipenses 1:6


 
Cheap Moncler Jackets Cheap Moncler Jakker Cheap Moncler Coats Cheap Moncler Down Jacket Cheap Moncler Down Coats Cheap Moncler Doudoune Cheap Moncler Jackets On Sale Cheap Canada Goose Parka Cheap Canada Goose Montebello Parka Cheap Canada Goose Jackets On Sale Cheap Canada Goose Chilliwack Bomber Cheap Canada Goose Montreal Cheap Canada Goose Jacket Sale Cheap Canada Goose Women Emilio Pucci Dress Emilio Pucci Dresses Emilio Pucci Sale Cheap Emilio Pucci Emilio Pucci Outlet Emilio Pucci Online Emilio Pucci Gown Cheap Parajumpers Online Shop Cheap Parajumpers Sale Cheap Parajumpers Damen Cheap Parajumpers Jakke Cheap Parajumpers Jacka Cheap Parajumpers Gobi Cheap Parajumpers Norge Cheap winter Coats Cheap Winter Coat Sale Cheap Winter Jackets Cheap Winter Down Jacket Cheap Winter Down Coat Cheap Winter Jackets Cheap Winter Jackets Outlet Cheap Woolrich Coats Cheap Woolrich Parka Cheap Woolrich Arctic Parka Cheap Woolrich Arctic Parka Cheap Woolrich Outlet Online Cheap Woolrich Parka Sale Cheap Woolrich Parka