Usuário: Visitante | Identifique-se | Cadastre-se
Moderna ou mundana?

Igreja moderna ou igreja mundana? Qual é a situação atual da igreja de Cristo na Terra? Como anda o comportamento dos crentes? Livres ou libertinos?

Tema encerrado


327 comentários

A Palavra de Deus permance Fiel, mas que os crentes mudam, ah?? Isso não há dúvida. Muitos chamam de modernismo, atualização, mas temos visto sim muitos confundirem as coisas e assumirem uma identidade que não condiz com o padrão pregado pelo Mestre. O que vemos é uma grande inversão de valores, crentes que ao invés de serem "imitados", ao invés de serem um símbolo, um ícone uma referência para o mundo acabam querendo "imitar" o mundo, e ao invés do pecador querer ter a nossa vida, uma vida de benção, nós é que queremos acabar como eles.
Quanto ao livre arbítrio infelismente muitos não sabem usar. Libertinos sim. Mas Graças ao Pai, temos visto muitos mudarem e muitos querendo voltar a ter o comportamento que cabe a nós cristãos. Sou nova aki no site e to adorando. Abraços a todos.
(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
20/11/2006, 13:31:09

O tema em pauta é muito sério. Atualmente o comportamento dos crentes, muitas vezes tem mais escandalizado que edificado as vidas das pessoas que não têm a Cristo.Os conceitos de que os tempos mudaram tem causado um esfriamento espiritual muito grande. E o mundanismo está sendo trazido para dentro da Igreja quando na verdade devemos levar a Imagem de Cristo em nossas vidas para o mundo lá fora. A verdade é que em nosso tempo a liberdade de adoração terminou virando libertinagem.
(0) (0)

Adilson Junior
Recife
20/11/2006, 13:33:49

Acho que todas as opiniões vão ser como as duas que já foram postadas. Todo mundo vai concordar que a igreja está entrando no mundo, que talvez, em alguns lugares a igreja tenha se modernizado, enquanto que a grande maioria tenho se mundanizado. Será que alguém vai discordar disso?
(0) (0)

Rafa
Araraquara
20/11/2006, 16:29:03

Gente, eu não sei se vocês concordarão comigo, mas eu não acho que os jovens de hoje façam coisas diferente do que os jovens de antigamente. Só que antigamente existia uma hipocrisia de nem questionarem. Coisas que eram feitas por trás dos panos e por lá permaneciam, hoje são mais explícitas. Até porque a postura do jovem cristão de hoje não é mais uma coisa alienada ou falsa. Mais e mais, os jovens cristãos são sinceros com as suas dificuldades. Então, quando eu fico sabendo de alguém que confessa ter dificuldade em alguma área da crítica da vida, por exemplo, eu não o vejo como uma pessoa mundana (pois isso sempre existiu). Eu o vejo como uma pessoa sincera e que assume os seus erros e tem dificuldade de deixá-los como sempre aconteceu. Repito: o que mudou foi que as coisas estão mais explícitas hoje do que antigamente. E de certa forma eu acho isso ótimo. Acabaram aquelas "figuras santas imbatíveis" da igreja. O próprio apóstolo Paulo disse que "aquele que está firme, cuide para que não caia". E não é o que era "vivido" nas igrejas até pouco tempo.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
20/11/2006, 17:08:50

[sarcástico] Eu, por exemplo, fui criado numa igreja com vários "heróis da fé". Se a Bíblia fôsse esxrita hoje, com certeza os nomes deles estariam lá! [/sarcástico]
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
20/11/2006, 17:09:38

Eu não acho que os jovens de antigamente eram tão mundanos como hoje, até porque, se analisarmos direitinho veremos que hoje em dia as "válvulas de escape" para o mundo são infinitamente maiores. O problema não está na divulgação dos que praticam o pecado, mas sim, na prática insistente dos que pecam.

Concordo com o Jaime quando ele diz que as dificuldades de alguns crentes em certas áreas da vida não os caracteriza como mundanos, afinal, todos pecamos e estamos sujeitos ao pecado. Esses crentes lutam contra essas falhas, e para mim, aí é que está a diferença.

A Igreja se torna mundana quando os interesses pessoais se colocam acima da vontade Deus. Quando eu peco conscientemente sem me sentir constrangido com isso, aí demonstro meu mundanismo.

Na minha opinião, até mesmo os "heróis da fé" de nossas igrejas demonstram terem permitido que o mundo entrasse em suas vidas quando agem hipocritamente como "heróis".

Esse assunto é vasto, porque o mundo entra em nossas vidas (e consequentemente na igreja) de infinitas formas. Todos estamos sujeitos.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
20/11/2006, 18:10:50

Concordo com o Jaime. Hoje em dia tudo é mais fácil, pois coisas que antigamente eram feitas por baixo dos panos, hoje em dia são consideradas normais. A facilidade de difundir as coisas é maior hoje em dia graças a tecnologia (tv, internet). O que acontece também é que cada vez mais a igreja deseja ser parecida com o mundo, (na falta de um neologismo melhor) “gospealizando” as coisas, para que possam parecer justificáveis.
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
21/11/2006, 08:30:25

Hoje em dia o poder de divulgar as coisas foi aumentado, graças à aprimoração da internet e outros meios, e junto com tudo, o pecado é divulgado mais facilmente.

Vivemos a revolução da informação, e a Igreja precisa se adaptar a esta revolução.
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
21/11/2006, 09:18:43

Creio que o X da questão não seja a adaptabilidade, e sim a não conformidade da igreja com os novos paradigmas, tidos como naturais para a sociedade.
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
21/11/2006, 09:21:30

Olha gente. Eu acho que tudo é questão de "foco". O pastor da minha igreja estava me contando uma vez que ele era DJ. Mas ele disse que se tornou DJ depois que se converteu, porque eles tinham alguns ministérios da JOCUM que faziam festas Raves aonde o evento não era divulgado como "gospel". Então íam muitas pessoas do mundo sem saber de nada. E no meio da Rave haviam muitos jovens cristãos que foram treinados para se infiltrar nas tribos dançando e trocando uma idéia. Eu sei que a música eletrônica é bacana para se dançar e que os cristãos também estariam dançando. Mas não vejo problema nisso, se for feito com "ordem" e "decência". E não vejo problema em cristãos dançarem. Detalhe: as músicas eram todas eletrônicas (de rave), mas cristãs.
Eu sempre achei isso um absurdo. Sempre achei que era uma grande desculpa para se parecer com o mundo. No entanto, conhecendo a vida e intenções do meu pastor, eu sei para quem ele está fazendo isso. E apoio!
Acredito que o mundanismo da igreja tem tudo a ver com o "foco". Se perder o foco, já era, é mundanismo!
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
21/11/2006, 09:47:59

FLÁVIO - Discordo de você. O que eu já fiquei sabendo dos "Bíblias" da igreja... Ihhhhhhh. Coisas que a gente pensava que naquele tempo eles jamais fariam, eles faziam e não ficávam em disciplina. Mas hoje, como eles são os "cabeças da igreja". Eles se colocam num papel de santidade crítica, acusando os que erram e esquecendo-se que um dia já erraram. Eu continuo batendo na mesma tecla de que o mundanismo sempre existiu, mas camuflado, hoje é mais explícito. A gente tem mania de achar que o mundo foi piorando. Mas existe depravação maior do que o que era feito na Grécia antiga? Coisas que hoje a gente cai o queixo de ouvir e eles faziam? Pra mim, são só fases...
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
21/11/2006, 09:51:35

A Bíblia diz que quem convence o homem do pecado é o Espirito Santo e acho pouco provável que Ele participe de uma Rave, existem outras maneiras de se evangelizar, mas o tema não é este neh?? Então como já disse anteriormente o que vejo não é nem questão de que antigamente existia ou não pecado, é claro q existia, ele existe desde a fundação. Mas hoje o que comparo é a diferença entre o que serve a Deus e o que não serve. Podemos notar isso, no falar, no agir, no vestir, no se portar, etc. Trabalho com o grupo de louvores jovens da minha igreja e o que vejo é uma grande dificuldade deles em assumir esse amor por Jesus, proclamar que servem a Cristo de "CORPO", "ALMA" e "ESPIRITO". Noto uma certa "timidez" e com isso a identidade cristã vai ficando de lado, o amor vai esfriando e o mundanismo e a libertinagem vão tomando conta dessas vidas. Não vejo interesse deles em ler a Bíblia ou um bom livro, mas se você procurar no MSN, orkut, site pornogr´ficos e la vai, todos os dias estão lá, n... [mais]
(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
21/11/2006, 10:42:53

[off] Calypso?! Ecaaaaaaa! Que isso? O inferno na Terra? Sai que esses ouvidos não te pertencem! [/off]
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
21/11/2006, 10:45:58

VIVIANE - Acredito que quando fala na Bíblia que Deus escolheu as coisas loucas do mundo, é justamente neste sentido. Em coisas e lugares que jamais poderia se achar uma oportunidade, Ele faz. Se um bêbado "mora" dentro de um bar, com um monte de prostitutas dançando nuas, etc... deve morrer lá porque jamais um cristão pode entrar lá? Sei que é um exemplo extremo, mas acho que isso não é mundanismo. Muito pelo contrário, é criar oportunidade. Esse lance de "existem outras formas de evangelizar" é muito bonito na teoria, mas na prática, qual seria a melhor forma de evangelizar um público de Rave, por exemplo, me diga?
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
21/11/2006, 11:19:39

Oi Jaime, to adorando este site e agora que descobri o Forum vamos longe, já add você a minha lista de amigos espero que me aceite. Então, quando Paulo diz que Deus escolheu as coisa loucas deste mundo para confundir as sabias (ICo 1:27) ele completa: - e as fracas para confundir as grandes. Não creio que esteja querendo dizer que devemos se fazer de fracos ou de loucos para ganhar e ou confundir os tolos e fracos, mas creio que está dizendo que Ele ESCOLHE e CAPACITA, mesmo aqueles que aos nossos olhos sejam fracos ou loucos. Nao importa o que os olhos humanos enxerguem, Deus ve o coração e a sinceridade, ainda que para nós Davi era pequeno diante o gigante (louco, fraco), Deus era com ele, quanto a evangelizar em bares, bordéis, etc, talvez não me expressei bem, podemos e devemos entrar nesses lugares e levar a paavra de Deus mas não significa que preciso me vestir - (ou me despir) como eles, me prostituir como eles, beber com eles, ou me parecer com eles, se não o camarada vai me di... [mais]
(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
21/11/2006, 11:44:45

Pois é Sara, sai mesmo que estes ouvidos não te pertencem. A questão é se fosse só (Calpyso) por trás vem bem mais. Muito mais.....Coisas profundas, escondidas.....Digamos ocultas...ou nem tão ocultas assim, mas vedadas a alguns olhos e ouvidos.
(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
21/11/2006, 11:48:39

Quanto a evangelizar em botecos, casas de prostituição e tal, deve-se ter em mente que será pregado que tais lugares não deveriam existir e que aquilo que tais pessoas estão fazendo não deveria ser feito. Deste modo não vejo como nos "infiltraríamos" no começo, parecendo-nos com eles pra depois nos revelarmos.

Não é exatamente isso que Jesus fazia com seus discípulos. Jesus era um homem santo e as pessoas temiam os homens santos naquela época. Então Jesus entrava nas casas onde tinha zona e todos ficavam em silêncio na hora, envergonhados. Ainda mais porque ele andava com doze guarda-costas que cobravam respeito e uma multidão de fanáticos religiosos o acompanhava também, :D

Agora fiquei imaginando como esses agentes infiltrados de Deus se infiltrariam em Woodstock naquele grande festival hippie pra pregar o evangelho...
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
21/11/2006, 13:38:07

VIVIANE - e tem coisa mais louca e grande do que uma Rave? hauhauhau. Desculpa a brincadeira, mas eu acho que se foram cristãos conscientes, é possível sim fazer este evangelismo. Agora, se é um cristão que vive nas baladas do mundo também, então não tem como. Mas não é isso que estamos discutindo. Estamos discutindo modernidade vs mundaneidade.
RODRIGO - é claro que nos dias de hoje, se fôssemos fazer show em um bordel, não seria para aprecisar as "moçoilas", né? Era só chegar lá e pegar as pessoas para conversar. Tem de ser alguém dinâmico. Este lance que você falou de Jesus é óbvio. Pô, Jesus era a sensação do momento entre o povo. E conhecido como Santo. E muito o reconheciam como filho de Deus. É claro que ao entrar num bordel ele causaria impacto. Agora se eu entrar num bordel, provavelmente não serei notado. Porque não sou famoso.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
21/11/2006, 14:00:57

Mas eu sou muito suspeito para falar deste tema, pois já fui criado num meio tradicional. E hoje já me trasnformei pela renovação da mente. Quero ver se experimento mais da boa agradável e perfeita vontade de Deus. Esse é o mais importante e o mais difícil.
Mas uma coisa que eu não duvido mais é da força de Deus. E todas as idéias possíveis que vierem dEle, serão bem sucedidas.
Quanto às igrejas mundanas olha, sabe que a minha conclusão é que: as que parecem mais espirituais são as mais mundanas, pois escondem os seus pecados e transformam-se em um palco de santidade. Onde um irmão após outro apresenta o seu "show de santidade". Pra mim igreja espiritual é a que tem os pecados sendo tratados, sem a irmã Fulana fomentando o caso, a irmã Beltrana comentando e escondida fazendo igual e a irmão Ciclano...
Eu reúno numa igreja que possui muitos pecadores. Mas acho que cada um é sincero com as suas franquezas (inclusive o pastor). E ele não nos trata como "o pior dos pecadores" quando voc... [mais]
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
21/11/2006, 14:11:53

Para meditar: (Romanos 12. 1 e 2) "ROGO-VOS, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.
E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus."
(0) (0)

Elisama
Volta Redonda
21/11/2006, 15:01:00

ELISAMA - Não sei o que tu quis dizer com o versículo. Mas se foi o que eu entendi, acho que tradicionalismo é mundano é totalmente mundano. Aliás, é uma das coisas que mais arrasa as igrejas. Tradicionalismo é quando a igreja vira uma seita. Onde ninguém precisa saber os porquês. Simplesmente siga e serás salvo! Digo isso porque na minha antiga igreja, sempre o tradicionalismo foi justificado com versículos como estes. Mas acho que a idéia de Paulo não era essa.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
21/11/2006, 17:02:18

O que é uma igreja moderna ou mundana?
Algumas pessoas podem confundir isso.
Novos estilos de musicas ou modos da reunioes seriam um modernismo?
E isso é ruim para igreja?

Os padroes culturais estao sempre mudando.
Nas igrejas existem muitos que querem conservar a tradiçao do "tempo deles" ...nao querem colocar nada de novo e falam que isso seria mundanismo ou modismo...
(0) (0)

Fabio
Araraquara
21/11/2006, 19:05:30

A igreja de antigamente, dos tempos dos apostolos era moderna, nao era? Ela era o que era naquele tempo... o interessante é que a igreja parece que evoluiu em algumas coisas e depois parou no tempo... pode ser em 1960 (exemplo) alguns acham que nao podem ter novas musicas, com novos ritmos... cantamos hinos de 100 anos...
Nao se pode usar roupas da moda...parece que querem que sejamos bregas e ultrapassados...ou parece que querem que vivamos nos anos 60 (exemplo) temos que parar no tempo... abedecer as tradiçoes dos novos "avos" crentes.

A obra de Cristo nao mudou!
Alguns costumes como a ceia nao mudou.(pelo menos nao deveria)
Mas a igreja muda... de geraçao em geraçao..

Cristo nao parou no tempo...
Nem os crentes devem parar..

É só nao confundir as coisas...


(0) (0)

Fabio
Araraquara
21/11/2006, 19:19:01

JAIME:

2 Tessalonicenses 2:15 Assim, pois, irmãos, estai firmes e conservai as TRADIÇÕES que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa.

2 Tessalonicenses 3:6 mandamo-vos, irmãos, em nome do Senhor Jesus Cristo, que vos aparteis de todo irmão que anda desordenadamente, e não segundo a TRADIÇÃO que de nós recebestes.

Claro que devemos discernir o que é esta tradição que deve ser guardada, e não nos prendermos em tradições dos homens, que em outros textos nos é advertido.
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
21/11/2006, 19:35:13

RODRIGO - eu não falei contra tradições, mas contra o tradicionalismo. Tradições que são instituídas pela Bíblia, existem para ser seguidas. Tradições humanas e infundadas devem ser descartadas. Mas os "Bíblias" das igrejas muitas vezes impõe tradições que nem eles gostariam de seguir. E fazem essas tradições ficarem em primeiro plano ao evangelho. E isso é mundanismo. Quando o desejo da carne (por mais boa intenção que o cara tenha) superabunda evangelho.
VIVIANE - eu não estou confundindo nada não. E também sou de uma igreja tradicional. Mas tradicional na forma de fazer valer o que está escrito na Bíblia e não tradicional na forma de ficar inventando regrinhas medíocres que só causam a ira das pessoas. Intriguinhas idiotas que acabam com a igreja. Por quê? São mundanas. Desejos da carne.
Ou vocês acham que mundanismo só está ligado em "tendências contemporâneas" para a igreja? O mundanismo é a coisa mais básica que vem acompanhando as igrejas a muito tempo. Desde a igreja primiti... [mais]
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
22/11/2006, 09:00:14

Bom, depois de ler todos os posts, vou comentar as coisas que mais me chamaram a atenção.
Primeiramente, eu acho que tanto os jovens de antigamente, quanto a igreja de antigamente criava uma raiz mais profunda, formava um caráter muito mais sólido nos cristãos, do que as igrejas de hoje...Hoje, é um muda-muda de igreja (não que eu seja contra, mas mudar a cada mês é que não dá), um inconformismo que está mto mais ligado c/ uma insatisfação pessoal devido a uma vida longe de Deus, do que c/ algo real dentro da igreja. Não se esqueçam..a igreja é VC e Eu..se ela não está conforme gostaríamos, um dos motivos pode ser a nossa vida c/ Deus, pq o culto de domingo é apenas o reflexo da semana toda, é o reflexo dos cristãos que estão reunidos em um mesmo local.

Agora, qnto ao tradicionalismo eu concordo piamente com o Jaime. O tradicionalismo é uma prisão, uma cadeia que nos impede de sermos livres na presença de Deus, engessa a mente e o coração, nos faz esperar sempre as mesmas coisas de... [mais]
(0) (0)

Thaíse
Gyn
22/11/2006, 10:18:29

Isso ta ficando pessoal é melhor parar por aki. Lógico que cada um vai defender sua tese até o fim, mas ao que sei não estamos em nenhum curso de mestrado. Sinto muito por vc achar que as tradições são coisas vãs e tiradas da cabeça de homens "pecadores", "homens biblias", como vc diz. Sou seguidora há dezoito anos de uma Igreja tradicional, formada num nível superior, leitora assidua de jornais e antenada em toda boa literatura, Biblia, bons programas, etc e tal, portanto não sou nenhuma ignorante pra seguir uma religião que não me faria bem, ao contrario estar nela por fingimento me enganando, achando que desta maneira vou ao céu. Que existe os tais homens pecadores que estão na frente de igejas não há dúvida. Mas tais como eu e você todos terão um dia que pestar contas ao grande Deus. E é exatamente isso que me alegra, pois Deus conhece nosso ser. Grande abraço. Não desiste, apenas se continuar vai virar uma discussão particular e creio que esse não é o propósito do Forum. IITess2:1... [mais]
(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
22/11/2006, 10:19:51

cont...
O que não significa dizer que temos que nos abster de todas tradições, pois muita delas estão na Bíblia, como a santa ceia. O tradicionalismo que condeno é aquele que nos impede de crescer em Deus, por julgar que está saindo do rito que criaram.

Já qnto a sairmos das quatro paredes e atingirmos quem está nas ruas, nos bares etc...eu concordo q deve ser feito. Não vamos alcançar muitas pss. se ficarmos só dentro da igreja nos tornando ovelhas gordas (leiam o livro de Ezequiel)..mas, p/ fazer isso devemos estar bem preparados e conscientes de q trabalhamos e vivemos por um Reino celestial e eterno..é loucura (Leiam a poesia do Mario Machado "Tô doido! Tô doido").
(0) (0)

Thaíse
Gyn
22/11/2006, 10:21:36

Viviane, [28]: "Sou seguidora há dezoito anos de uma Igreja tradicional".
Creio que você expõe dessa forma na melhor das intenções, mas devemos seguir a Cristo e não igrejas...
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
22/11/2006, 10:33:38

Oi Sara, a frase está no contexto da conversa com o Jaime e com certeza, Cristo. A placa da Igreja fica em segundo plano.
(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
22/11/2006, 10:49:20

VIVIANE - Eu sei que tu chegou agora aqui no irmaos.com, mas aqui no fórum a gente não leva pro lado pessoal não, minha irmã. Dá uma olhada nos temas anteriores e tu vai ver que "decemos a lenha" nas opiniões aqui. Eu sempre cito o nome da pessoa no começo, pra direcionar sobre o que estou comentando. Mas não é nada pessoal com ninguém não.
É que Fórum, já foi criado pra isso mesmo. Expor e debater opiniões... Grande abraço.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
22/11/2006, 11:04:08

VIVIANE - eu não falei nada contra as igrejas tradicionais. Mas sim contra os "Bíblias" que tanto gostam de invertar regrinhas. Criando essa regrinhas, eles colocam-se no lugar de Cristo e isso pra mim é mundanismo. Entende? Eu não generalizei e nem disse que a sua igreja é assim. Até porque nem conheço a sua igreja. Mas por experiência própria, eu percebo que os líderes que aparentemente eram tão perfeitos e radicais nessas tradições, na verdade tinham e tem uma vida podre e hipócrita. Eu digo podre, não porque eles pecam também, pois isso eu não teria moral de falar. Mas podre no sentido de que pecam, não se arrependem, e mesmo assim permanecem sentados nos seus tronos para ostentar a posição de "líder". E essas coisas eu vejo mais claras nas igrejas "extremas" de líderes que acham que só os fulanos da sua denominação vão para o céu, porque é a mais radical, porque é a que tu tem que sofrer mais para conseguir seguir as tradições impostas.
Isso pra mim é abominável. E é o mundanismo.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
22/11/2006, 11:12:25

Cansei de ouvir de líderes que falavam que a igreja dele não crescia por falta de santificação dos membros. E eu achava muito estranho, pois as pessoas se esforçavam bsucando a santidade. Mas de repente a gente fica sabendo que o tal líder "santificado" - e agora vem exemplos fictícios - era casado, mas tinha um caso com a irmãzinha fulana, pegava o dinheiro da igreja pra fazer viagens, era um carrasco dentro de casa com a família, tinha uma empresa que sonegava impostos, etc...
Isso pra mim é mundanismo! E quando os membros da igreja, vêem um líder arrogante a ponto de errar, não reconhecer o erro, e ainda ditar regrinhas idiotas, alguém permanece animado com essa denominação? É claro que não. Então eu concluo que o que acontece hoje na igreja não são somente os membros que não conseguem manter-se. Mas a maior parte são os líderes com as vidas podres e se achando enviados de Deus.
Me desculpe, mas Deus capacita as pessoas certas e para as coisas certas. Pena que ele não faz isso por escrito.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
22/11/2006, 11:18:09

Se fosse por escrito dariam um jeito de interpretar de formas diversas...
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
22/11/2006, 11:25:04

JAIME - Me permita expressar a minha opinião e ver se estou entendendo vc. 1º- A tradição Bíblica, q foi fundamentada pelos apóstolos a meu ver é a base e o modelo q o Senhor deixou pra Igreja q a Ele pertence e não aos homens e essas devemos seguir.
2º - Existe as tradições criadas por homens de epocas e custumes diferentes e o RODRIGO exemplificou bem isso, pois no mundo as coisas mudam e os valores também, os anos 60, são diferentes dos anos 70, dos 80..... 2006. O mundo é assim.
3º - O Sr. Jesus é o mesmo ontem hoje e sempre, não é?
4º - Cristo é o Senhor do novo, mais não daquilo que queremos q seja novo; mais Ele é aquilo de novo que tem q acontecer em nossas vidas.
5º - Hoje o q vejo estar acontecendo na igreja e q talves vc tem colocado como mundano e até certo ponto eu concordo; é o choque de gerações onde certos anciões se esquecem que um dia foram jovem e impõem um jugo sobre os mais jovem, querendo que esses pensem, acham e queiram com 15, 18, 20...anos, o mesmo que alg... [mais]
(0) (0)

José Augusto dos Santos
Sorocaba
22/11/2006, 13:26:30

Bom o que eu acho é o seguinte, independente da época, o cristão sempre cria desculpas para se parecer com o mundo.
A verdade é que sempre nos espelhamos no mundão, e nos esquecemos de nos espelharmos em Cristo.
Já notou que adotamos muitas coisas que o mundo cria?
Modas, tendências, gírias, comportamentos...
A verdade é que têm muitos crentes que querem ser aceitos pela sociedade, querem que o mundo veja que crente não é careta.
Com a desculpa de que “temos que fazer a diferença e não ser diferentes”,e acabam pertinho do pecado.
Pela falta de interpretação do versículo de ICor 6:12 ("TODAS as coisas me são lícitas mas nem todas me convêm.”),muitos crentes ,principalmente jovens com a desculpa de evangelizar,tem afundado no pecado.
Moderna,tradicional,renovada,seja qual for o título que queiram dar, a igreja deve ser,aquela que vive de acordo com a palavra de Deus,ou seja em obediência e santidade,a verdadeira noiva a espera do noivo...
O que temos ter em nossas mentes é que o mundo está de olho em nosso comportamento, criando situações para nos envergonhar.


(0) (0)

Lidiane de Souza Saiol
Macaé
22/11/2006, 13:47:22

Detesto opiniões pessimistas, sabe... mas fazer o que. Concordo com o que o Jaime disse, mas não posso deixar de ressaltar que toda essa fala de crítica à liderança eu já ouvi de muita gente que, em vez de reconhecer o seu pecado, acusa a liderança de estar "pegando no pé", de estar "inventando coisa" onde não tem, tudo isso para desviar o foco do seu próprio pecado. Isso faz parte do caráter humano, não assumir a culpa.

Ah! Jaime, não estou te acusando diretamente, mas acusando a TODOS NÓS, indiretamente.

Infelizmente, é isso o que eu vejo, no geral. Líderes fracos e sem visão, quando não na prática do pecado (como o Jaime mencionou), criticando pessoas na mesma situação, que não assumem suas falhas e voltam as críticas à liderança.

Odeio pessimismo, mas odeio ainda mais o cinismo e a hipocrisia, de ambos os lados.
(0) (0)

Rafa
Araraquara
22/11/2006, 14:12:09

Sobre o tema em pauta: depois de pensar nas opiniões dadas, minha opinião é de que as igrejas formavam cristãos melhores. Porque havia mais interesse na parte dos irmãos e mais seriedade na parte da liderança. Casos isolados sempre houveram, e sempre haverão. Mas, no geral, a própria Bíblia diz que com o passar do tempo, os dias serão piores.
(0) (0)

Rafa
Araraquara
22/11/2006, 14:13:56

JAIME

Qd citei Romanos 12. 1 e 2 de maneira alguma estava defendendo o "Tradicionalismo", sou de uma igreja Tradicional, onde fui nascida e criada... em uma localidade ou outra mas sempre estive na casa de oração. Pois bem, as tradições q temos não foram simplesmente criadas pelos "homens biblias" da igreja, mas são tiradas deste livro sagrado... e realmente se não sabemos o pq, não devemos fazer só pq dizem q tem q ser assim... se não tem fundamento bíblico, não tem sentido.
(0) (0)

Elisama
Volta Redonda
22/11/2006, 15:11:50

O problema é o legalismo que permeia muitas igrejas e acaba se tornando doutrina.
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
22/11/2006, 15:28:24

Gente, eu não estou colocando no lugar dos "Bíblias" não, rs... RAFA, eu sou pecador e graças a Deus, eu tenho perdão pelo nome dele. Me coloco no meu lugar, mas não consigo admitir um líder que erra tanto quanto eu, me julgar pelo erro que ele também comete. E muitas vezes o mesmo erro.
Mas que fique bem claro que eu reconheço que sou pecador sim. Mas aqui no FÓRUM eu tenho que expressar a minha opinião, mesmo sendo pecador, rs... Abraços!
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
22/11/2006, 16:22:59

O problema é a lei?? Que lei?? Que legalidade?? Justiça?? Do homem ou de Deus?? Nada do que conheço como doutrina é invenção humana, mas todas tem base Biblica. A menos que estejamos discutindo os costumes...ai o negócio muda.
(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
22/11/2006, 16:51:15

VIVIANE - Todas as vezes que eu discuti isso, deixei bem claro que eram coisas humanas. Se o cristianismo se baseia na Bíblia e nós não achamos que nem tudo é verdade, logo a nossa fé é NADA. Estamos falando de mundanismo que é o gosto pessoal e carnal.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
22/11/2006, 17:33:12

Eu disse o contrário?? Estamos falando realmente de mundanismo que é gosto pessoal e carnal de cada um, até mesmo dos "biblias", é que parece que assunto virou mais uma defesa de placa de igreja tradicional, neopentecostal, e tralálá, do que a pauta mundanismo em nossos dias.. Abraços.
(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
22/11/2006, 17:39:02

(início)

Eu sou da mesma opinião do Jaime. Antigamente se fazia as mesmas coisas que se faz hoje de um modo disfarçado. Os pecados eram os mesmos de hoje e quase sempre encobertos. Ainda falta em nosso meio a cultura de confissão mútua de pecados sem alguém para apontar o dedo e criticar e o acompanhamento pastoral aos que caem. Falta também de nossa parte submissão às autoridades instituídas por Deus aqui, por mais incapazes que elas pareçam ser. Não adianta criticar, respeito à forma de trabalho alheia é fundamental para que nossa opinião contrária seja ouvida.

Concordo que quem convence do pecado é o ES, porém se não conseguirmos atrair o pecador atual ele não poderá ser convencido de nada. Entendo que a igreja precisa se modernizar, adotando táticas atualizadas que atraiam as pessoas para que possam ser evangelizadas. Sejam danças, coreografias, peças de teatro, palmas, programas de rádio e televisão, eventos musicais nas ruas, festas, rock, funk(argh), samba(argh), pagode(argh), forró(argh), tudo isso voltado ao evangelismo.

(continua)
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
22/11/2006, 20:43:01

(continuando)

Mas não podemos esquecer dos que não gostam dessas modernindades, razão pela qual eu vejo grande necessidade da existência de congregações mais "tradicionais", pois não adianta nada termos todas as nossas igrejas ultra-modernas, ganharmos os "modernos" e perdermos os "caretas tradicionais". Estaríamos apenas trocando seis por meia dúzia, quando todos deveriam ser alcançados. O que falta é um pouco mais de respeito dos tradicionais em relação aos modernos e vice-versa.

Vejo também uma grande dificuldade nas igrejas em aceitar novas vestimentas. Aqui eu quero me ater principalmente à mulher usar calça comprida. Céus, eu tenho irmã e vocês não sabem como está difícil encontrar saias decentes para ela! O que é melhor? Que ela use calça comprida ou mini-saia na igreja? O argumento deles é que calça comprida é roupa de homem e que assim ela será confundida com homem. Acho que tem que ser muito doido pra confundir uma mulher com um homem apenas por estar usando calça, até ... [mais]
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
22/11/2006, 20:44:10

(continuando)

Cito aqui aqui uma frase da LIDIANE e em cima deste trecho, faço meu comentário por julgar oportuno:
"Moderna,tradicional,renovada,seja qual for o título que queiram dar, a igreja deve ser,aquela que vive de acordo com a palavra de Deus,ou seja em obediência e santidade,a verdadeira noiva a espera do noivo..."

O problema é o seguinte: as pessoas tem diferentes interpretações do que a bíblia diz. Então como saber se a igreja A ou B vive de acordo com a palavra de Deus? Quem garante que o líder da igreja interpreta a Bíblia de forma correta? "Pelos frutos conhecereis a árvore". Teoricamente o fruto do trabalho de uma igreja é, dentre muitos, a existência de membros fiéis. Será que a igreja mais cheia de gente é a que está mais de acordo com a Bíblia? Ou será que a mais vazia é a que está mais correta (tendo em vista que a maioria das pessoas não querem o evangelho do arrependimento e sim o do "venha a nós o Teu Reino")? Coisas complicadas de se analisar.

(continua)
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
22/11/2006, 20:45:29

(continuando)

Tradições bíblicas temos que seguir e crer, pois são nossas doutrinas(santa ceia, batismo, reunião de oração, evangelhismo, salvação pela graça por meio da fé em Cristo, trindade, etc). Agora tradicionalismo (hinário, mulher de saia, nao poder tocar instrumento musical, etc) NÃO!

(UFA! Terminou hauahuahe)
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
22/11/2006, 20:46:09

Dias atras eu estive em Piracicaba em uma conferencia e o preletor foi o nosso amado irmão Peter e nos trouxe um ensino sobre a musica e nesse ensino ele informou esclareceu e ensinou de um modo Biblico e cientico com estatisticas e pesquisas feitas a respeito da musica. Olha amados se vocês puderem convidá-los a ministrar esse ensino em suas igrejas muita duvida sobre musica e ritmo seriam esclarecidas e assim o conceito do q é mundano ou não na Igreja pelo msm relacionado a musica seria esclarecido, sobre Ritmo, Melodia, Harmonia e tudo o q envolve a musica. A dica tá dada.
(0) (0)

José Augusto dos Santos
Sorocaba
22/11/2006, 22:56:19

Concordo com o que o Rodrigo disse (e como disse! hehehe), mas vale ressaltar que nós como cristãos, como evangélicos, protestantes, crentes...seja lá qual nome vc achar mais adequado p/ nos diferenciar dos cristãos católicos romanos, nós somos o espelho do mundo. Podem observar. Somos os mais criticados, mas sempre os mais procurados qndo alguma bomba solta ao lado ou na vida de uma pss. próxima a nós e q saiba q somos crentes (nada de agente 007 hein!rs). Mas, se vc tem uma vida tal qual a da pessoa, como é q ela vai ter confiança em vc, como q ela vai ver vida de Deus em vc?! O caráter de Deus em vc?! Essas questões são delicadas e deveríamos pensar nelas todos os dias ao acordar..pq vc como embaixador de Cristo na terra tem mta responsabilidade sobre a imagem q as pss. passam a ter sobre Cristo a partir de vc.
Na revista Veja de alguns poucos anos atrás tem um estudo e uma estatística detalhada sobre jovens q fazem sexo antes do casamento..e pasmem, não há diferença entre os munda... [mais]
(0) (0)

Thaíse
Gyn
23/11/2006, 08:38:46

E aí alguém pode dizer que isso sempre foi assim, mas que agora é mais fácil de saber dada a facilidade dos meios de comunicação, a maior liberdade em falar de si s/ q tenham tanto preconceito assim etc...mas, queridos, a nossa responsabilidade é com a nossa geração. Se as passadas viveram o mesmo problema e taparam o sol com a peneira, nós não podemos fazer o mesmo diante da mesma facilidade utilizada p/ justificar, q tb a utilizemos p/ fazer alguma diferença. A igreja, repito, somos nós. E se ela está como está hj, parcela de culpa pertence a cada um q carrega o nome de Jesus.
(0) (0)

Thaíse
Gyn
23/11/2006, 08:41:16

Concordo com a thaíse, só ressaltando, na igreja que frequento não é costume mulheres usar calças comprimdas - hoje salvo algumas excessões - porém não discordamos de outra igrejas que usam como por exemplo, Batista, Quadrangular, etc mas eu estaria errada se quizesse deixar a minha igreja e ir para outra denominação só para poder usar calça. Se Deus me chamou onde estou, devo permanecer onde estou e ponto. Se Deus chamou Joaquina em outra denominação, deve permancer onde estáe ponto. E concordo mais ainda com a Thaise que devemos ter sim um padrão diferenciado do mundo para sermos reconhecidos como exército dos céus. Beijão. Agora já cancei!!!! Tchau.
(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
23/11/2006, 09:48:27

"E pra falar a verdade, se fôssemos analisar as pessoas em todos os seus aspectos, não creio que sobraria depois muita gente boa." (Frase Razumíkhin, no livro Crime e Castigo de Dostoiévski).

Se analisarmos as igrejas de hoje, provavelmente chegaremos ao mesmo resultado. Afinal, ela é composta de membros que individualmente são pecadores. A diferença é que os salvos são pecadores arrependidos (o que não significa que depois de aceitar Jesus ele seja um santo), que tem consciência do erro e em virtude te ter Cristo em suas vidas, tentam (ou deveriam) não errar.
Quando a vontade de fazer diferença e andar em santidade (não me refiro a andar de coque e saia arrastando no chão) não existe, a igreja vive em conformidade com o mundo e perde a sua função.
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
23/11/2006, 10:23:53

Rafa (retomando): Concordo com você - é a primeira vez hauhua - o grande número de igrejas cristãs e o grande número de "novos convertidos" não garante a qualidade da igreja como um todo. Cristo previu que a apostasia aconteceria no final dos tempos, e o que vemos são muitas igrejas (falo de seus membros que são igreja) apostatando-se da fé para viverem seu egoísmo e ainda assim, continuando a demonstrar uma santidade ilusória. Creio que a culpa é nossa, porque nós, os que evangelizamos, não nos preocupamos em formar discípulos, mas apenas em pregar um evangelho "reduzido". Agimos como se a conversão fosse o início e o fim do caminhar cristão, esquecemos que a partir de agora, a criança deve ser alimentada para que cresça forte e saudável.

Ao meu ver, todo o mundanismo que contemplamos com pesar é fruto de vidas infantis, de crentes que não receberam o alimento certo na época certa para o seu crescimento. A culpa é de quem então? Do Pastor, Missionário, Presbítero? Não, a culpa é de... [mais]
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
23/11/2006, 10:37:43

Quanto a questões tradicionais como calça ou saia, instrumentos ou não, homens assentarem-se junto das mulheres ou separados; isso é característica individual de cada congregação. Assim como somos diferentes e temos gostos diferentes, nos adaptamos da forma que achamos melhor, claro, sem ferir a Palavra de Deus. Usos e costumes se diferem, contudo, a fé deve ser única. Nenhuma mulher cristã tem sua santidade medida pelo tamanho da sua saia ou do seu cabelo, é no dia-a-dia que o caráter é aperfeiçoado para a glória de Deus.

VIVA AS DIFERENÇAS!!!!

Nem na época dos Apóstolos as igrejas eram iguais. O fato de gastarmos nossas forças discutindo esses costumes é que faz de nós crentes cansados. O problema a ser resolvido é outro.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
23/11/2006, 10:48:46

Pessoal,
Ao ler todas as postagens deste fórum, quero deixar a minha opinião e ninguém precisa concordar comigo. Faço parte de uma Igreja nas mesmas características da Viviane, e como tal, é rotulada como “rígida” pelos irmãos das Igrejas tradicionais e neopentecostais.
Durante seis anos lecionei para novos convertidos e sempre tive o cuidado de deixar claro com eles o que a Bíblia ensina e o que são os usos e costumes: pois estes mudam de uma hora para outra, de uma região para outra, de uma denominação para outra.
Entretanto, com toda essa “rigidez” que digo de passagem – não necessária – dia após dia novos jovens aceitam a Jesus e lá permanecem a ponto de dizer que HOJE, já são quase 50% dos membros da Igreja.
Não me sinto à vontade de julgar essa questão de mundanismo e evangelismo, mas todo mundo quer ganhar os pecadores num jogo de futebol, numa balada, etc. mas colocar a tradicional caixa de som na praça para evangelizar aos transeuntes, muitos não querem, por julgar “improdutivo, ultrapassado, etc.”... Porque será??? Não são todos pecadores??

(0) (0)

Gildenor José da Silva
ABC Paulista
23/11/2006, 10:50:23

Fiquei muito tempo sem ver o fórum, e sem ter lido estes posts recentes, quero complementar o post 36 que fala sobre TRADIÇÃO.

Lá está digitado: "1º- A tradição Bíblica, q foi fundamentada pelos apóstolos a meu ver é a base e o modelo q o Senhor deixou pra Igreja ..."

Complemento que não foi fundamentada só pelos apóstolos, mas também pelos chamados "Pais da Igreja" que foram os responsáveis por dizer qual escrito era canônico e qual escrito era apócrifo.

Aceitando a Biblia que temos, nós estamos seguindo também a tradição deixada pelos Pais da Igreja.
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
23/11/2006, 10:54:11

Gildenor

Sei muito bem qual é o alcance da tradicional caixa de som na praça: quase zero, pois nas praças escolhidas sempre tem um barzinho tocando pagode ou algum som MUITO MAIS ALTO que a caixa de som da igreja. Não sou contra a caixa de som, sou contra o local escolhido para se colocá-la. Aí temos dois problemas: 1 - Não dá pra competir com o som do bar. 2 - Se escolhermos um lugar sem barulho muito provavelmente não haverá pessoas próximas para ouvirem.

Eu entendo que se é pra atrair gente que gosta de barulho, a caixa de som com alguém falando não tem muito efeito, pois o barulho que as pessoas gostam de escutar é música.

Até tem um ou outro que aproveita alguma coisa do que é falado na caixa de som, mas em termos quantitativos é um trabalho dispendioso que dá pouco resultado(pense bem, procurar tomada pra ligar o som, convencer os membros da igreja a irem ao ar livre, levar a caixa de som, montar tudo, etc pra alcançar 2 ou 3 pessoas que escutam algo do que é dito). Melh... [mais]
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
23/11/2006, 11:43:03

Poxa, vcs falam muito!! Estou com maior preguiça de ler tudo isso pra entrar no papo... poxa vida!!
(0) (0)

Lucas Neto
Rio de Janeiro
23/11/2006, 12:33:14

Não acredito que li isso de você. Faça que nem eu. Cheguei em casa ontem, li tudo e fiz meu comentário individual, sem responder opinião por opinião dos outros hahaha
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
23/11/2006, 12:38:48

Não, Flávio, não é característica individual da igreja local. São proibições sem fundamento bíblico.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
23/11/2006, 13:22:14

Rodrigo,

Gostei da sua opinião, sobretudo naquele trecho “convencer os membros da Igreja a irem ao ar livre” (SHOW!), mas se fôssemos preocupar com a quantidade de pessoas que alcançaríamos num evangelismo, certamente estaríamos saindo fora da Bíblia.
Jesus evangelizou multidões, mas também evangelizou individualmente, como foi o caso da mulher samaritana, Nicodemos, etc. Entendo seu ponto de vista que poucas pessoas são alcançadas, mas se apenas uma única vida for salva (ex.: Ló) valeu a pena todo o esforço que você mesmo descreveu.
Por diversas vezes evangelizei “nessa modalidade” em favelas, praças, etc. e sempre notei que as pessoas fecham as portas, fingem que nem estão ligando para o que acontece, mas na realidade estão ouvindo a mensagem – e por diversas vezes as deparei escondidas, olhando pelo cantinho da porta e/ou janela o andamento do culto.
Independentemente da “modalidade de evangelismo” as pessoas estão carentes de ouvir a Palavra... Pena que o nosso empenho é se ... [mais]
(0) (0)

Gildenor Silva
ABC Paulista
23/11/2006, 15:17:45

Concordo com o Gildenor. Se apenas uma alma se salvar o céu todo, TODO, se alegrará, e já participei de alguns cultos ao ar livre em pracinhas e vi muitas vezes pessoas se achegando a Deus e entregar suas vidas com muitas lágrimas nos olhos. Como o Gil falou não importa a forma temos que levar a Palavra do Pai. E de forma sã.
(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
23/11/2006, 15:28:43

Alma santa, mente sã. Gostei, vou usar no meu próximo estudo na igreja hauhaua.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
23/11/2006, 18:36:27

São usos e costumes Rodrigo, cada um tem o seu, cada igreja local também. As proibições muitas vezes entram na questão do "todas as coisas me são lícitas, mas nem todas me convém". Cabe a cada um julgar, porque cada um responderá individualmente, PORÉM, estamos sujeitos aos líderes da igreja e devemos lembrar que foram instituídos por Deus. Muitos cristãos estão afrontando esses líderes por simples capricho, para "aparecerem" como sabidinhos, "santinhos", não estão interessados em exterminar heresias de verdade, são impulsionados pela carne e não pelo Espírito.

Mas uma coisa eu sei, os crentes de verdade estão interessados em coisas muito maiores que discussões sobre usos e costumes, eles não perdem tempo com isso, discutem estratégias de evangelismo e coisas desse tipo, porque não estão interessados neles mesmos, são atuantes do "Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé no filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim." Gl 2:20
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
23/11/2006, 18:51:32

Gildeonor: Concordo com você. O pregar em praça pública causa muito impacto. Aqui em Muriaé, tem um senhor cristão que todos os sábados prega e canta (na maioria das vezes sozinho) numa pracinha que fica de frente para dois pontos de ônibus muito movimentados. Idosos se assentam próximos dele para ouví-lo, as pessoas esperando o seu ônibus também escutam e admiram a coragem e a disposição daquele crente. Seu exemplo é comentado em toda a cidade. Quer maior impacto que esse? E mesmo que ninguém jamais se aproxime dele para dizer que creu na sua mensagem, suas palavras, no mínimo, estão incentivando as pessoas a desejarem conhecer mais a Palavra de Deus.

Os resultados não são para serem contemplados por nós, o que deve nos alegrar é o simples fato de participar.

Que Deus te abençoe irmão, continue seu ministério, ele é digno de aplausos.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
23/11/2006, 18:59:00

Flávio,

Havendo uma pessoa que toque um instrumento musical sendo proibida de utilizar seu talento, a questão deixa de ser uso e costume e passa a ser legalismo. É disso que estou falando.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
23/11/2006, 19:56:01

Gildenor,

Creio que você utilizou esta técnica sem competir com outros ruídos bem mais altos. Aí ela surte efeito, mas não é o que acontece aqui no Rio. O que vejo aqui são irmãos indo a um ponto movimentado, quase sempre com música alta, achando que as pessoas vão ouvir o que estão falando. Sendo assim, continuo dizendo que uma distribuição de folhetos é muito mais proveitosa.

Eu prefiro movimentos que possam alcançar uma maior quantidade de pessoas, pois as chances de êxito são maiores. Ir a uma praça barulhenta é praticamente não ter êxito algum no trabalho. Que há uma festa no céu pelo arrependimento de 1 eu sei que há, mas as chances de 1 se converter são maiores num universo de várias pessoas abordadas que num universo de 1 pessoa abordada.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
23/11/2006, 20:01:47

Acredito que estamos numa fase transitória. As Igrejas buscando copiar modelos estrangeiros de investir em número, tem deixado de lado as verdades que atacam o pecado para não haver abandono de fiéis. Logo, muitos deixam de ter o bom senso ou melhor dizendo, discernimento daquilo que é bom e agrada a Deus. Crentes espelhos de pastores que tudo é preciso que ele diga que não pode, senão tudo pode. Com isso as igrejas estão ficando cheias de modismos e ritualismo, que mostra que a libertinagem se acerca e Deus vomitará todo este povo.
(0) (0)

Cleilton Pessoa Amaral
Brasiléia
24/11/2006, 09:11:29

Flávio,

Obrigado pelo incentivo. Já tive a oportunidade de conhecer Muriaé. Shalom!

(0) (0)

Gildenor Silva
ABC Paulista
24/11/2006, 09:53:13

Rodrigo,
Já participei de diversas modalidades de evangelismo. E o culto estilo “ar livre” ao qual eu citei, sempre acompanha a distribuição de folhetos.
Aqui em São Paulo, na Praça da Sé, local onde milhões – repito milhões – de pessoas transitam, somados com ruídos dos carros, sons e manifestações públicas, vejo irmãos pregando ali (mesmo dividindo o espaço com ‘artistas de rua’) e não são poucas as pessoas que param e ouvem a mensagem.
Muitos dizem que Naquele Dia será um dia de muitas surpresas, sempre enfatizando o lado negativo – das pessoas que imaginávamos que estivesse lá e não estarão...
Isso tem sua verdade, mas o que eu costumo ensinar nas minhas pregações é exatamente o contrário: será um Dia de surpresas mesmo, no sentido de que muitos de nossos atos, ainda que ocultos para nós nessa vida – serviram para ganhar almas para Jesus e ficaremos surpreendidos com os resultados de levar uma vida de testemunho para com Deus.
Não se preocupe com números, estatísticas e indi... [mais]
(0) (0)

Gildenor Silva
ABC Paulista
24/11/2006, 09:53:53

Gildenor

Então só me resta louvar a Deus por sua experiência ter sido positiva, pois as minhas não foram nada agradáveis rsrsrsrs

E eu sou um cara muito numérico, não tenho como deixar para as empresas a preocupação com estatísticas. Falta profissionalismo em nosso meio. Todo mundo faz as coisas como se fosse favor, por isso os resultados são desanimadores.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
24/11/2006, 12:25:49

"Todo mundo faz as coisas como se fosse favor"... Concordo em partes, Rodrigo, pois não posso generalizar "todo mundo". Existem evangelistas e equipes de evangelismo que fazem toda uma programação e estratégia para alcançar almas.
Eu, particulamente quando disse que não me preocupava com estatísticas, refiro a isto pois entendo que não estou pregando denominação e sim o Senhor Jesus Cristo.
Muitas almas que são abordadas até mesmo num "show gospel" acaba indo para uma denominação que não tem nada a ver com a organização do evento. Por isso, creio que as estatísticas são falhas, rsss
Rodrigo e demais amigos-irmãos, sei que é anti-ético dizer isso, mas eu fui por dez anos Testemunha de Jeová e o Senhor me tirou dali... Antes eu me preocupava com os relatórios estatísticos que entregava todo final do mês, mas hoje não; não é a homens que devo prestar contas e sim a Deus.
A Obra é dEle, mas confesso: quando minha esperança era morar no "paraíso na terra", trabalhava muito mais do que hoje. Daí, pergunto novamente: Porque será???
(0) (0)

Gildenor Silva
ABC Paulista
24/11/2006, 13:37:00

Pessoal, cheguei agora novamente. Dei uma lida por cima de tudo. Não tem como ir a fundo.
GILDENOR - Em um dos teus posts tu citou a "tradicional caixa de som na pracinha". Olha cara, eu não sou nada contra isso e a minha igreja até faz isso. Mas faz de forma diferente. Eu te diria que a "tradicional caixinha de som na pracinha" já estrá extremamente ultrapassada. Pois aqui em Curitiba às vezes eu vejo umas igrejas que fazem isso e ninguém para para escutar uma só palavra. Muito pelo contrário. Causa revolta em quem quer ficar sossegado (até porque na época de Jesus não tinha caixinha nenhuma. Era no gogó mesmo). Enfim, o lance não é este.
A minha igreja faz esse lance na pracinha, mas para tudo se deve ter uma estratégia. No nosso caso, o pastor é norte-americano. Então geralmente ele pega o violão e começa a cantar algumas músicas em inglês. Com isso, as pessoas chegam ali por perto para escutar algo "diferente". Enquanto as pessoas chegam perto, os jovens, que estão ali por perto ... [mais]
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
24/11/2006, 13:53:04

Sobre as estatísticas gostaria de dizer alguma coisa. A grande maioria das igrejas locais de hoje estão preocupadas com estatísticas, pensam que a qualidade do serviço está no número de conversões mensais ou anuais. Isso é um erro. Estamos tratando a igreja como uma empresa. Numa empresa, o funcionário é avaliado por seu rendimento, e por mais que qualquer patrão venha dizer que a empresa dele é uma "família" isso não é verdade. Deixe de produzir e veja o que acontecerá: "Rua!!!" ele dirá. Numa família, as pessoas são valorizadas por serem pessoas e membras da família, independentemente da sua produção. Um pai e uma mãe amam seu filho mesmo antes dele poder fazer qualquer coisa para agradá-los. A alegria dos pais está vinculada à felicidade do filho. Assim é a igreja que Cristo sonhou. Lugar de valorização, crescimento, companheirismo, e tudo isso independente de produção. Lembram do pastor? Ele deixa as 99 ovelhas no campo para ir atrás da que se perdeu, o que ela produziu? Dor, sofri... [mais]
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
24/11/2006, 13:57:18

O que acontece com o "tradicionalismo hipócrita" é que os presbíteros já fazem uma reuniãozinha com os jovens dizendo o que eles podem ou não fazer, do tipo: "Garotas vão de saia e véu e os garotos, nem pensar em bermudão. Quem tiver brinco, que tire. Se algum membro tiver cabelo comprido, é melhor não ir para não escandalizar. E blá blá blá...". E como são tantas regrinhas idiotas e infundadas, acaba desanimando a todos. Falo isso porque já vivi essas situações.
Mundanismo pra mim é quando os pré-requisitos se tornam mais importantes que a essência.
Eu só acho que crentes não são quadrados e o evangelho também não. A própria Bíblia fala que as palavras se renovam a cada dia. É mais ou menos como as parábolas. Sabe quando um pregador vai pregar e fala que "no seu coração exite um lugarzinho vazio que é exatamente do tamanho de Jesus"? Isso todo mundo já escutou. E eu acredito que pessoas realmente inspiradas por Deus são criativas na forma de evangelizar também.
Os jovens sentem ver... [mais]
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
24/11/2006, 13:59:11

Bem, dependendo da breguice eu também tenho. Mas não pode ser num evangelismo. No geral, se eu for obrigado a fazer algo que não tem nada a ver comigo, eu tenho vergonha, é óbvio.
Só pra citar a JOCUM tem um lance de uns jovens que entortam ferro, cospem fogo e coisas malucas do gênero. Isso também para impressionar as pessoas a chegarem perto. Depois disso é meio caminho andado.
O maior medo das pessoas em "virar crente", é o fato de serem ridículos depois. Quando a gente mostra que ser cristão não é isso, uma grande barreira está quebrada!
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
24/11/2006, 13:59:25

O Jaime falou em JOCUM e eu me lembrei que na última vez que fui em Teresópolis me levaram para assistir um treinamento de jovens (curso inspirado no da JOCUM [o diretor era de lá e resolveu fazer um trabalho semelhante em Tere]).
Me arrepiei! Não era nada careta. No ensaio eles fizeram peças, danças, mímicas... E tudo perfeitamente inteligível.
Quando os meninos voltaram e contaram os testemunhos, nós ficamos boquiabertos com os resultados (eles vieram aqui por Rio e traficantes desligaram o "proibidão" pra poder ouvir as músicas e ver as peças). Fiquei até com vontade de ir pra JOCUM depois disso. O trabalho é maravilhoso!

[off] Repararam que às vezes o fórum formata os posts de uma forma que o espaçamento entre uma palavra e outra parece maior? [/off]
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
24/11/2006, 16:03:24

Ser crente não é ser ridículo, ser crente (cristão) é ser diferente. entenda-se isso por, pensar diferente, falar diferente, agir diferente, etc. A forma de se evangelizar nada tema ver com caixinha de som, bater palma na porta, entregar folheto no beco ou no boteco, evangelismo pessoal etc e tal, temos apenas que anunciar a palavra de Deus a quem sofre e precisa e creio que um bom começo é dando exemplo de vida diferente.
(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
24/11/2006, 17:26:18

Gente, quando eu falo em números, não é pra aumentar a minha denominação nem agradar os outros não. É pra agradar a Deus (e a mim mesmo tb :D). Deus quer qualidade, mas também quer quantidade sim!

Por que não podemos agir na igreja como agimos nas empresas? Empresas capacitam seus funcionários, exibem balanços, prestam contas, enfim, mostram o que produziram e avaliam se a capacitação de seus funcionários foi bem empregada. E na igreja não tem que ser diferente. O que não precisa haver é a competitividade entre os funcionários(membros).

Números? São importantes sim hehehehehe É pelos números que vemos se o objetivo está sendo atingido. Mesmo que os convertidos não se liguem à nossa igreja, sabemos que pessoas se converteram e isso é o bastante.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
24/11/2006, 17:47:09

Igreja moderna...Eu penso que se a igreja continuasse como antes, muitas pessoasnão iam querem passar nem perto!!!E a igreja moderna nos permite adorar a Deus com liberdade, eu creio que somos livres para adorar a Deus como quisermos...E em Rm 12 Paulo nos diz não nos conformeis com esse seculo, eu creio que ele n estava falando de adoração, e sim de carater!!!Muitos crentes não tem sido exemplo, muitos deles vão a igreja colocam uma mascara e dissem EU AMO A DEUS, e quando vão embora ficam, chingam, e n dão o exemplo....Liberdade e Libertinagem eh diferente, temos a liberdade de dizer NÃO para as coisas do mundo, que a sociedade eh presa e não consegue falar n!!
bom..
essa eh minha opinião...

IGREJA MODERNA!!!
(0) (0)

Daniela Oliveira
Uberlândia
24/11/2006, 18:20:15

Rodrigo: Pra você que é adepto da igreja-empresa eu recomendo que leia um bom livro chamado "A Igreja que você sempre quis" (aliás, tem uma resenha desse livro no site). Não estou dizendo que você está errado, mas, analisando uma idéia diferente da sua você pode tirar suas próprias conclusões.

[off] Um outro livro muito bom também é "Igreja S/A" [/off]
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
24/11/2006, 18:26:04

Tem também "O marketing na igreja"
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
24/11/2006, 19:08:46

Na verdade existem Igrejas renovadas que buscam santidade e comunhão com Deus, e não as maneiras que temos que nos mostrar ou simplesmente confundir Doutrinas com Uso e costume de uma determnada Igreja.
(0) (0)

Welington Nogueira Nunes
Volta Redonda
25/11/2006, 17:34:16

Rodrigo,

"O que não precisa haver é a competitividade entre os funcionários(membros)."
Tem como nao ter isso?
Se é natural do homem querer sempre estar e ser melhor do que o outro.

Da um exemplo de: "O marketing na igreja"?

Nao é do tipo da igreja Universal ou Internacional da Graça, ne?


(0) (0)

Fabio
Araraquara
25/11/2006, 19:37:53

"O Marketing na Igreja" é um livro rsrsrsrsrs eu não li. Meu pai que tem aqui, mas nunca tive curiosidade.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
25/11/2006, 20:36:25

Creio que não seja desse tipo, senão meu pai teria abominado o livro, porém ele nunca falou mal.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
25/11/2006, 20:37:13

Jaime – Eu já tive banda e já evangelizei no estilo que classificaram, neste post, como “moderno”. E também já preguei com a tradicional caixinha de som; enfim, já participei das duas situações.
As situações podem parecer paradoxais, mas o objetivo é (ou deveria ser) o mesmo: ganhar almas (Mateus 28:19, 20).
Sugiro e incentivo aos que lêem este fórum que participem das mais diferentes maneiras possíveis de abordar as pessoas e evangelizá-las... Afinal, para mim, evangelismo “brega” e evangelismo “moderno” não existem.

Daniela – Não entendo o que você quis dizer como Igreja moderna. Só sei que os resultados de uma tal ‘modernização’ nas Igrejas dos Estados Unidos e da Europa surtiram resultados desastrosos. Cito templos onde grandes pregadores difundiam a mensagem do evangelho (por exemplo, em Londres) e que hoje são teatros, casas de espetáculos, etc. E, infelizmente, PARTE dos que sobraram são cristãos que lêem horóscopos, participam de rituais de bruxaria, etc. Oremos para que isso não chegue em nosso país.

(0) (0)

Gildenor Silva
ABC Paulista
25/11/2006, 22:55:08

Gildenor,

"E, infelizmente, PARTE dos que sobraram são cristãos que lêem horóscopos, participam de rituais de bruxaria, etc."

Mas voce nao acha que se tiver que modernizar, nao deve passar por cima dos ensinos biblicos?
E nao acho que modernismo tem a ver com desobediencia.
Mas alguns ainda acham que a "cultura" esta sempre mudando e que a igreja deve acompanhar essas mudanças da sociedade.
Isso seria modernizar?
(0) (0)

Fabio
Araraquara
26/11/2006, 18:52:46

Agora estou em casa de amigos e só tenho Bíblia em espanhol mas, a Bíblia diz em eclesiaste 3:1 "Todo tiene su tiempo, y todo lo que se quiere debajo del cielo tiene su hora. Muitas vezes esquecemos de levar em conta o propósito de Deus. Nossa línguas são manipuladas pelas circunstâncias para analisarmos as coisas segundo o prisma de nossa razão e do período em que estamos. A década de 90 foi uma paralisia para as igrejas conservadoras. A maioria não soube conduzir uma transição sábia para a era globalizada e abriram espaço para as heresias e explosão de igrejas renovadas sem contéudo. Apesar de tudo, nota-se que mesmo com todas as críticas que fazemos eles se esforçam de pregar o evangélio ainda que mantenham os maus costumes dos "novos convertidos". Em sua palavra ele que até as pedras clamarão. Essa confusão está bem clara na parábola do trigo e joio. Os fiéis caminham de uma para outra e passam a filtrar aquilo que é melhor. Deus tem usado diversas formas de convencer os homens da ... [mais]
(0) (0)

Cleilton Pessoa Amaral
Rio Branco - AC
26/11/2006, 19:49:54

O verdadeiro evangelho apresenta Cristo e a sua morte. E é isto que o pecador precisa ouvir, só essa mensagem pode mudar seu destino eterno se uma igreja oferece 1001 entretenimentos já não é digna de ser chamada de igreja está muito longe disso virou um parque de entretenimentos ou uma casa de massagens para as conciências endurecidas!
Nós grandes avivamentos da inglaterra e da europa havia esse tipo de coisa? Não!!! Deus não precisa da nossa ajuda para converter pecadores ! Ele precisa que a sua palavra seja aberta e precisa de servos dedicados que amem o puro e simples evangelho!!
(0) (0)

Leonardo
Novo Hamburgo
27/11/2006, 07:43:07

[off] Cleiton: esses são 2 links de Bíblias virtuais. Versículos em português. De repente te ajuda aí quando você estiver sem uma bíblia "física" em mãos:
go.irmaos.com/i5
go.irmaos.com/i6 [/off]
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
27/11/2006, 08:28:19

GILDENOR - Eu não disse que existe "evangelismo brega". Eu quis dizer que tem coisas que fogem ao nosso hábito normalmente. Um exemplo: se alguém me fala pra me fantasiar de palhaço, eu já tenho vergonha. Então se me falassem que fariam evangelismo com crianças e todos vestidos de palhaços, eu não me sentiria bem, entende?
A mesma coisa acontece com os caras que ficam gritando com uma caixa de som no meio da rua. Eu não faria isso nem que achasse a coisa mais bonita do mundo e não será num evangelismo que eu vou fazer.
Agora, como citei o caso do David que fica cantando músicas em inglês na praça e as pessoas chegam para ver e os jovens chegam neles. Isso eu já acho bacana.
Modernismo sempre existiu na Bíblia, mas de formas diferentes. Acredito que a forma que Noé e os outros profetas falávam com o povo no velho testamento mudou e muito para os tempos de Paulo. Talvez se alguns "bíblias" que tivéssem vindo da época dos profetas não aceitasse a forma contemporânea de Paulo de evangel... [mais]
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
27/11/2006, 09:32:47

[off] Com efeitos pirotécnicos cegantes ainda por cima! Pois é, acho que até eu desconfiaria... [/off]
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
27/11/2006, 13:59:58

Lembram da purificação do templo feita pelo senhor Jesus? As influências do mundo haviam entrado no templo, refiro-me as pressões exercidas pelas idéias daquela época de comercializar e de entreter as pessoas. Havia pessoas que estavam vendendo cordeiros selecionados para sacrifícios. Você podia se dirigir a uma mesa para comprar um carneiro ou um pombo para o sacrifício por um determinado preço, ou iria a outra mesa e encontrava a mesma coisa por um preço um pouco menor, e se você fosse para uma terceira mesa, eles até lhe ofereceriam crédito. Ou seja, havia negócio lá dentro, havia comércio e entretenimentos ali dentro do próprio recinto do templo. Neste momento Cristo relembra o que diz o profeta Jeremias e o peso que o profeta sentia ao dizer aquelas palavras "eles transformaram a minha casa de oração num covil de ladrões". E a reação de Jesus foi de pegar um chicote e expulsar aquele pessoal de dentro do templo na base da chicotada e virou as mesas com chutes. Mas não compreenda ... [mais]
(0) (0)

Leonardo
Novo Hamburgo
27/11/2006, 14:19:45

LEONARDO - Concordo contigo que muito se perdeu da simplicidade do evangelho. Mas Cristo jamais colocou regras de como pregar o evangelho. Acho que era justamente para nos dar liberdade. A essência é pregar. O que acontece é que alguns acham que o fato de se expôr numa praça é mais nobre do que o outro que faz evangelismo pessoal dentro da própria casa da pessoa. Isso inclusive foi citado aqui no começo deste FÓRUM e nem lembro quem escreveu. Mas acho ridículo pensar assim. Isso pra mim é vaidade! E me lembra a passagem aonde estávam orando o farizeu e o pecador, aonde o farizeu gritava para todos ouvirem e o pecador simplesmente confessava os seus pecados.
Mas se alguém acha que é bacana pregar numa praça com caixa de som. Que faça. Deus irá julgar as atitudes e intenções de todos nós.
Abraço...
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
27/11/2006, 15:09:17

Jaime, não quero ser chato, só estou dizendo isso pra ninguém entender errado o que vc falou! O fariseu não estava pregando o evangelho, estava adorando a si mesmo. Eu sei que vc não quis dizer que quem prega na praça faz isso pra aparecer, mas só reforçando...

Leonardo - Jesus tirou o mundanismo de dentro do templo. Ele disse covil de LADRÕES. O que havia de errado ali não era o entretenimento como vc disse, não era o comércio. Mas era a forma como isso era praticada, com ganância e desejo de lesar, financeiramente, o próximo. Esse é o mundanismo. Não a "estética" do mundo, mas a intenção do mundo! Não é usar brinco que torna um jovem mundano, mas é o seu modo de vida, que o faz ser ou não mundano. Jesus não abominou o comércio, nem o entretenimento (na verdade, nem consegui ver de onde, nesta passagem, podemos tirar que havia entretenimento no templo, mas, como vc mencionou o assunto, eu estou comentando...). Jesus não disse que transformaram o templo numa casa de COMERCIANTES, porque o problema não era o comércio, mas a forma como ele era praticado. (continua)
(0) (0)

Rafa
Araraquara
27/11/2006, 15:35:09

O que eu quero dizer com isso é o seguinte. Se o comércio fosse praticado sem ganância, sem "ladroíce" (hehehe, como dizemos num jogo de futebol) ... ele poderia ser praticado ali no templo. Isto se aplica ao tema aqui discutido, na minha opinião. Tanto com relação à santidade pessoal, quanto com relação ao método de evangelismo. A maneira de se pregar, o lugar, a ocasião, etc, etc... são fatores meramente circunstanciais. A essência, como o Jaime mencionou, é a palavra.
(0) (0)

Rafa
Araraquara
27/11/2006, 15:39:10

se uma pessoa vai a um templo por causa
da música
das reuniões de jovens
das atrações teatrais
por causa de X ou de Y
seja lá como for ,etc, estes podem vir a ser seus interreses dentro de um templo, logo Cristo o centro da pregação foi posto de lado , Deus já não tem prazer nesse testemunho. Seu precioso filho foi trocado por outras coisas , estas coisas promovem a falta de espiritualidade entre os genuinamente salvos !
VocÊs conseguem imaginar paulo usando esses métodos?

Mas nós pregamos a Cristo crucificado
(I Coríntios 1 : 23)

(0) (0)

Leonardo
Novo Hamburgo
27/11/2006, 15:52:58

Vocês citando estas cousas, fez-me lembrar de um famoso cantor gospel que ao ir num programa de entrevistas, o entrevistador perguntou:
- Então você é evangélico?
E ele respondeu:
- Não, sou cantor de música evangélica.

(0) (0)

Gildenor Silva
ABC Paulista
27/11/2006, 16:57:40

Eu fiz o meu cadastro recente,mas tenho gostado bastante do diálogo dos irmãos. Agradeço ao irmão Gildenor pela resposta que concordo plenamente que diz: "...eu traduzo essa inquietação dos cristãos ultimamente como um sinal da volta de Jesus. Agradeço também a irmã Sara que fiz a indicação de dois Sites deBíblia On-line. Eu estava tão eufórico em aproveitar o fio da meada do meu pensamento no momento que peguei a primeira Bíblia que estava a minha frente. Espero que a gente possa crescer com as boas idéias expostas aqui sem enfrentamento e sem fisiologismo e sem estrelismo que agrada mais ao diabo e provoca divisões entre nós.Um abrãço para todos.

(0) (0)

Cleilton Pessoa Amaral
Brasiléia
27/11/2006, 19:01:16

Tenho que concordar com o Leo, o ponto que ele citou que muitos tem ido a igreja apenas por causa (principalmente) da música é realmente um problema que temos enfrentado. Trabalho com música na igreja que frequento (grupo de jovens) e hoje temos este problema, período desses tinha uma moça amasiada participando do grupo, ai fica dificil neh?? A jovem senhora casada não queria participar do grupo de senhoras nem do coro mas queria ficar na mocidade...por que será hein?? Tivemos que conversar e resolver o problema. Antes que alguém pergunte...acho importante sim que estas pessoas venham para igreja (mesmo que atraidos por algo que não o evangelho) mas permancer na mesma condição de pecado não dá.
(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
27/11/2006, 22:11:42

Não, Vivi, o que o Leonardo disse não foi isso. Vou ctrl+c ctrl+v aqui:

"se uma pessoa vai a um templo por causa da música, das reuniões de jovens, das atrações teatrais, por causa de X ou de Y, seja lá como for, etc, estes podem vir a ser seus interreses dentro de um templo, logo Cristo o centro da pregação foi posto de lado, Deus já não tem prazer nesse testemunho".

Isto está ERRADO!! O fato de existir alguém que freqüente a igreja por causa desses motivos NÃO significa que Cristo foi posto de lado (talvez por ela, não pela IGREJA), e portanto, também NÃO significa que DEUS NÃO TEM PRAZER NESTE TESTEMUNHO. As músicas, os teatros, tudo o que vc mencionou, estão ali por causa de Cristo. Se alguém não vai por causa dEle, problema INDIVIDUAL desta pessoa, mas daí a dizer que Deus não tem prazer nesse ministério... me perdoe Leonardo, mas vc está enganado. Estas coisas NÃO promovem a falta de espiritualidade. O que promove a falta de espiritualidade é o farisaísmo de alguns que querem ver pecado em tudo, DESEJANDO parecer santos, mas não o sendo, de fato. (continua)
(0) (0)

Rafa
Araraquara
27/11/2006, 22:27:19

Esses dias eu li um texto que achei na net que fala sobre como as igrejas estao "trabalhando" para converter as pessoas a cristao.
Nao estou com o texto aqui, entao nao posso dar detalhes.
Ele fala como nos dias de hoje a influencia da hipnose está forte dentro das igreja...
Mexendo profundamente com o lado emocional das pessoas... por isso nos vemos tantas curas (que sao mto questionadas)...
Pessoas emocionalmente se convertendo, movida por forte emoçao, mas que depois de algumas horas, nem querem saber de igreja...

O que eu percebo nos dias de hoje com toda essa ciencia se desenvolvendo...
Vai ser dificil saber quem é realmente cristao...
...


(0) (0)

Fabio
Araraquara
27/11/2006, 22:33:04

Sobre Paulo usar ou não estes métodos, isso não interessa. Ele viveu em outra época. A responsabilidade dos cristãos é entregar a mesma MENSAGEM. Agora, quando ao método pelo qual ela será entregue, o fato de Paulo não ter usado este método não quer dizer absolutamente nada. Ele viveu em outra cultura, em outra época. O problema é que nem todos conseguem entender isso, mas acham que se o método não for o mesmo que Paulo usou, isso significa que a pregação é desprovida da bênção de Deus.
(0) (0)

Rafa
Araraquara
27/11/2006, 22:33:21

sobre paulo não usar estes metodos interressa sim!!! Se Deus desejasse que o evangelho fosse pregado assim ele daria meios para isso! Ele proveria tudo o que fosse nessesário!
O fato é que Deus atuou usando homens no passado de forma incrível sem necessidade das invenções humanas. Eu sei que você vai querer me responder que voÇê é a favor e tal! Mas no fundo você sabe que essas são coisas que fazem com que a verdadeira salvação deixe de ser pregada! A salvação pela fé unicamente em Cristo como o grande atrativo, pela morte sacrificial que sofreu ,pela obra que consumou e não pelas coisas que tiram de foco a Cruz! E que tornam a permanencia de um pecador muito agradável num ambiente solene da igreja que precisa ser apresentado o pecado e a solução para o pecado!
Seja como for ..... estou convicto de que ficarmos nos degladiando aqui não vi adiantar muito , eu espero que todos os que participam do fórum já gozem do perdão dos seus pecados , já valorizaram a Cruz, já depositaram sua fé em Cristo, descansando na sua morte!

Desculpem se enchi alguém ! Tudo de bom pra vocÊs
(0) (0)

Leonardo
Novo Hamburgo
28/11/2006, 07:58:10

sobre a afirmação do rafa !! Pobre de mim eu não pretendo parecer um hiper espiritual! Sou um coitado e só posso dar méritos ao senhor jesus Cristo pelo que ele fez por mim sobre a cruz!!!

Se o filho do crente deseja estar na reunião por causa da sua banda ! isto já está promovendo falta de espiritualidade , se um música muito linda foi tocada a ponto de emocionar alguém por causa da melodia , e tal pessoa se confessou convertida a partir disso , essa conversão pode ser comparada a vida de uma mariposa que aparece nos dias quentes de verão e ao fim do dia some e ninguém houve mais falar! A igreja pode virar um point!
(0) (0)

Leonardo
Novo Hamburgo
28/11/2006, 08:06:03

"sem necessidade das invenções humanas."
E como é que Paulo conseguiu escrever as cartas?!
No princípio criou Deus a escrita, o papiro e seus aprimoramentos?

Ow, sem contar que Jesus usava parábolas. Sem dúvida era um método.
[off] Rafa: gostei dos comentários! Vê se não some! [/off]
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
28/11/2006, 08:16:01

Eu não li tudo o que vcs andaram discutindo ultimamente, mas algo aqui me chamou a atenção.
*Métodos humanos*
Pois bem...alguém aí pode me dizer, como pregar p/ alguém utilizando algum método totalmente divino?! Somos homens! Somos as mãos, os pés, e a boca de Cristo aqui na terra, então meus queridos é meio complicado...claro que a direção deve ser de Deus, mas os meios são humanos, até pq vivemos em um mundo terreno.
Qnto à utilização de músicas, teatro e dança, tenho a dizer, que já trabalhei com isso..e podem crer, existem pessoas que só são alcançadas assim. Artistas que vivem nesse meio e que não vão p/ um culto em alguma igreja, mas vão a alguma amostra de teatro e dança por exemplo. Eventos culturais, artísticos.
Além do mais, quem foi que disse, q as artes não podem ser utilizadas para a obra de Deus, ou quem foi que disse q as artes não podem ser um suporte ou mesmo um acréscimo no ministério de alguém?! Claro q os 5 ministérios estão descritos na Bíblia, mas as artes fazem parte da nossa vida, e podem ser usadas p/ obra de Deus.
[Cont....]
(0) (0)

Thaíse
Gyn
28/11/2006, 08:49:44

[Cont...]
Qndo Lúcifer era o anjo q cuidava da adoração, ele estava diretamente ligado às artes. Claro que adoração é mto mais um estilo de vida do qquer outra coisa, mas querendo ou não, envolve músicas e danças...A Bíblia é cheia de louvor e adoração com danças. À frente de um exército sempre iam os levitas...o louvor tem um grande poder. Deus opera no meio dos louvores.
Então, as artes não são a inserção do mundo na igreja, mas diria que a restauração da concepção artística do povo de Deus.
O que faz a diferença, já disse e repito..é uma consolidação eficaz dos que chegam à igreja, e tbem dos que nela já estão há muito mais tempo. É o ensino, o devocional, a leitura da Palavra, a oração, a persistência. O que importa não é o motivo que levou alguém a ir para a igreja, mas o motivo que a motiva a permanecer. Isso que importa!

(0) (0)

Thaíse
Gyn
28/11/2006, 08:50:06

LEONARDO - Se s cultos normais são trocados por "eventos" como você cita, eu também acho que isso quebra a espiritualidade. Mas convenhamos, os evangelismos que são feitos fora da igreja quase nunca ocorrem no mesmo horário das reuniões.
Mas conheço igrejas como essas que tu citou, que cada domingo tem uma "parada" nova. Neste caso, a igreja vira tipo um clube social, aonde as pessoas vão para saberem qual é a "surpresa" deste domingo, he he he.
Cara, mas eu não estou falando disso. Eu acho que fui bem explícito e objetivo nos meus argumentos. Mas parece que algumas pessoas insistem em interpretá-los de forma diferente, mesmo eu explicando detalhadamente. Aí eu já não posso fazer nada. Senão vou ter que ficar explicando 3 vezes cada idéia que eu expor e isso é sacal. Eu acredito que todos estejam entendendo os meus argumentos. Pelo menos espero acreditar que sim, pois estou usando o português claro, básico e objetivo para escrever! (mas não estou falando de ti não, Leonardo).
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
28/11/2006, 09:12:19

LEONARDO [post 108] - Me desculpe cara, mas se na tua igreja é usado retroprojetor ou até mesmo Hinos e Cânticos, Cantor Cristão ou Harpa Cristã, jogue-os tudo no lixo. Porque na época da igreja primitiva com certeza eles não tinham hinário com capa de couro e nem projeções na parede. Ah, e acho que se for assim o Paulinho poderia "deletar" este site, porque Paulo sequer sabia o que era um mouse. E quanto ao Marcos gravas estudos em podcast, o que Paulo acharia, não é mesmo?
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
28/11/2006, 09:20:38

LEONARDO [post 109] - Cara, e a mulher que foi curada simplesmente por tocar nas vestes de Jesus sem ninguém perceber? Ela também depois de uma semana caiu no mundão? Se a música é inspirada por Deus, ela pode ser até instrumental, que se for da vontade dEle, a pessoa irá se converter.
E quando Deus falou com Ezequiel (acho que foi ele) através de um vale de ossos secos que renasceu, ah também não dava certo né. Pois deu não pegou um pergaminho do velho testamento e começou a pregar?!!!!!!!!
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
28/11/2006, 09:25:19

Jaime, foi Ezequiel. O texto está em Ezequiel 37.
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
28/11/2006, 09:29:49

O que mais tem hoje nas igrejas são conversões de diferentes formas. Mas com esta mentalidade tu faz me lembrar de um presbítero da igreja que eu reunía. Ele achava que a juventude inteira, nem convertida era, mas não falava na cara de ninguém. E quando as pessoas pediam batismo, ele batizava na boa, hauhauhauhuahuahuhauha. Só era espiritual, quem fôsse evangelizar no postinho de saúde ou que fôsse visitar os velhos com ele. Isso eu chamo de mediocridade!
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
28/11/2006, 09:30:02

Valeu sara, eu sabia que começava com "E", hauhauhauhauhauha. Ah, mas eu gosto mais da Bíblia On-line, he he he. go.irmaos.com/i7
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
28/11/2006, 09:30:41

[off] ;) Eu também gosto, mas ela ficou um tempo fora do ar. [/off]
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
28/11/2006, 09:33:47

caramba todos estes posts eram para mim jaime? aff

Bom retroprojetor e hinário eles não tinham mesmo aquela época mas instrumentos eles tinham naquela época e não usavam nada! estuo fora dessa discussão !!!! Esse tipo de discussão nunca leva a lugar nenhum por ninguém nunca vai seder !

Só uma pergunta dai estou fora? porque não é citado o dom de musicalidade? em 1cor cap 12 a 14 por exemplo? já que é algo tão importante para a vitalidade da igreja?

a música na opinião de vocês traz ou não traz mundanismo? Pra mim visivelmente traz. Bom esta é a minha opinião!

THE END

fui....................

(0) (0)

Leonardo
Novo Hamburgo
28/11/2006, 10:40:57

LEONARDO [post 120] - Simples, porque não existe o dom da musicalidade. Mas ninguém aqui disse que existia. Isso não quer dizer que Deus não possa atuar em meio a música. Aliás, na Bíblia existem várias formas que Deus atuou e que não necessariamente eram dons espirituais. Eu também sou contra este lance dos "dons espirituais" não catalogados na Bíblia. Ou de pessoas que dizem que o seu dom é o ministério "tal". Acho isso errado. Pois essas coisas estão na Bíblia. Agora, Deus nunca limitou as formas de pregar o evangelho. Pô, se tu pegar as epístolas de Paulo, ele constantemente exortava as igrejas da época de erros que são comuns até hoje. Ou seja, a palavra se renova a cada dia. Eu acredito que a Bíblia é a verdade. E se algo ficou fora da Bíblia é porque temos a "liberdade no Espírito" para discernir o que é certo ou errado. Mas acho extremamente precipitado fazer julgamentos do tipo: "Deus jamais agiria em meio ao louvor musical". E acho que este meio é muito usado hoje porque torn... [mais]
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
28/11/2006, 10:59:47

E se Deus não age em meio às músicas, logo não devemos mais cantar na ceia do Senhor em adoração. E em nenhum culto. Pois Cristo não cantou na última ceia.
LEONARDO - Se Deus quisesse que a gente vivesse na idade da pedra, ele não teria criado tantos recursos naturais, passíveis de mudanças para nos atender nos dias de hoje. Se eu for interpretar a Bíblia desta forma que tu quer, faremos reuniões somente com luz de lamparinas, porque energia elétrica é modernidade. Eu sei que é uma comparação grotesca, mas é a merma idéia do louvor que tu falou. Que na época eles tinham instrumentos musicas mais não usávam. Se bem que essa sua afirmação é errônea também. Quantas e quantas vezes o Rei Davi compôz músicas para expressar os sentimentos? Quantas vezes ele dançou? Quantas vezes ele citou os intrumentos músicais?
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
28/11/2006, 10:59:54

:( :( larguei de mão........... :( :(
(0) (0)

Leonardo
Novo Hamburgo
28/11/2006, 11:24:14

Leo post 120, sou obrigada a discordar de você ai querido, o forum acaba sim tomando uns temas que num tem nada a ver com o sugerido mas tudo bem, gosto mesmo assim, como um dos participantes aki - que quase não se procunicia diz- to amando ver isso aki pegar fogo, no bom sentido, aki tb tudo que se tc tem que explicar, Pois bem, as músicas - prefiro usar louvores - podem alcançar vidas sim, foi num culto com os jovens que estavámos cantando um hino do DT que uma irmã foi curada de uma enfermidade que necessitava cirurgia. E na maioria dos salmos - principalmente 148 e 150 - vemos a necessidade em se louvar a Deus. Ana louvou, Mirim cantou e dançou e muitos outros. Música sacra, o estilo da igreja, lógico que hoje já tem até forró que louva a Deus, rappe, rock etc. Mas o perfeito louvor não é a melodia que conta e sim o que se fla e quem fala. Deus conhece os nosso corações e se sabe se estamos louvando -o realmente. Cada um fique onde foi chamado, creia no que quiser, sabendo que um ... [mais]
(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
28/11/2006, 11:24:54

"a música na opinião de vocês traz ou não traz mundanismo? Pra mim visivelmente traz."

E você é a favor que não haja música na igreja?!
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
28/11/2006, 11:27:13

Cabelinho bonitinho nada de chiclete na boca, etc e tal e diante do Dono do Universa queremos nos apresentar ridiculos, o quanto mais desmantelado melhor?? Ai num dá neh?? Vamos cuidar um pouquinho da nossa imagem, cultivar um bom custume, sermos mais santificados, adoradores de verdade, deixar de lado a hipocrisia e tirar a trave do nosso olho pra dai sim poder ajudar nosso irmão com seu cisco....acho que não tenho que explicar neh????Abração.
(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
28/11/2006, 11:27:56

[off] "somente com luz de lamparinas".
Deixa de ser mundano! O negócio é friccionar uma pedra na outra, Jaime. [/off]
(0) (0)

Sara 8:) Martins
Ri-ó-
28/11/2006, 11:30:42

"...mas instrumentos eles tinham naquela época e não usavam nada!

Só uma pergunta dai estou fora? porque não é citado o dom de musicalidade? em 1cor cap 12 a 14 por exemplo? já que é algo tão importante para a vitalidade da igreja?

a música na opinião de vocês traz ou não traz mundanismo? Pra mim visivelmente traz. Bom esta é a minha opinião! "

Leonardo

Você acabou de desprezar uma das poucas coisas que eu faço pela obra de Deus. Se você fosse meu pastor, se eu tivesse mente fraca e estivesse na igreja apenas pela emoção, com certeza eu me desviaria.

A bíblia não diz que usavam instrumentos, porém também não diz que não usavam, o que torna o uso facultativo. Como você praticamente rasgou seu Velho Testamento com esta afirmação, resta-me dizer que não há proibição expressa no Novo Testamento.

O dom da musicalidade não é citado simplesmente porque não é um dom. É um talento humano.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
28/11/2006, 11:43:24

[off]
Vendo

Guitarra Ibanez RG350DX Branca 3 meses de uso
Guitarra Golden GH20 Preta
Baixo Condor BX12
Amplificador Wattsom Cube 60 - 30W RMS
Pedal Zoom 505-II
Pedal Boss Super Chorus CE-1 - 3 meses de uso
Pedal Boss Flanger BF-3 - 3 meses de uso

Ah, vendo também uma meia lua, um capotrasto, 5 cabos de 5m de comprimento, 2 cabos com 2m de comprimento e 3 cabos com 20cm de comprimento pra ligar os pedais entre si.
[/off]
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
28/11/2006, 12:19:39

SARA - Pedras támbém são mundanas. Ou tu acha que eles jogaram o quê quando apedrejaram Estevão?
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
28/11/2006, 14:02:30

[off] Jaime: Ai, cacildas! É verdade. E o ato de friccionar pedras foi uma invenção humana. Perdão. Sugiro cultos na luz solar e lunar.
Rodrigo: se não serve pra você não serve para ninguém! Quebre tudo e jogue fora. [/off]
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
28/11/2006, 14:06:04

Rodrigo, Leonardo,

Na igreja de voces usam instrumentos?
Voces sao do tipo que pensam que: "se na biblia nao ta falando, entao nao é necessario" ou "se na biblia nao ta dando importancia e porque tanto faz tal uso"?

O mundanismo entra de varias formas, nao somente pela musica.
O mundanismo pede vir atravez de hinos que que a "maioria" nem presta atençao na letra, que ficam com sono quando escutam?

O que acontece é que buscamos sentir a emoçao... ninguem quer ir a igreja e dormir qdo escuta uma musica ou ouve o pregador... mas querer se sentir mais firmers e adoradores...

Quem nao gosta de se emocionar com uma musica ou mensagem?
Eu gosto, mas faz muito tempo que isso nao acontece comigo!

(0) (0)

Fabio
Araraquara
28/11/2006, 14:55:44

LEONARDO e GILDENOR - Aqui no Fórum nós damos a nossa opinião baseada no que vemos na Bíblia. Ninguém ridicualizou ninguém. Mas eu considero algumas opiniões totalmente infundadas. Na minha antiga igreja eu entrava em atritos com a liderança direto por causa de todas as coisas impostas e que não eram sustentadas pela Bíblia.
Concordo com algum post abaixo aí que falou que se Deus não cita nem prós nem contras, é ponto facultativo ou não tem tanta importância assim. Todas as coisas decisivas estão bem claras na Palavra.
Aqui no Fórum as pessoas tem que entrar meio que sabendo que serão "malhadas" com as suas opiniões. Geralmente a minha opinião é diferente e todo mundo me critica também e eu tenho que ficar quieto. E a pessoa que neste tema pensa igual a mim, no próximo tema pode se opor. Isso é normal. Fórum é pra isso...
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
28/11/2006, 15:07:49

Conheço pessoas que acham que roupa descente pra mulher é usar saia. E que calça é indescente. Acho que tal pessoa parou no tempo. E que mulher nao deve usar maquiagem, bricos, etc... essas coisas que as mulhers adoram..
Elas sao mundanas se pensam diferente disso?

Acho que o cristianismo se tornou em uma religiao como qualquer outras... cheias de regrinhas de conduta e coisas para o agrado de homens.

Dizem que cristo é o Centro, mas parece que a vontade do homem está acima da de Cristo. pelos menos agem dessa forma e falam de outra...

(0) (0)

Fabio
Araraquara
28/11/2006, 15:09:22

Sim, la na congregação usamos instrumentos. 99% delas usam...

Outra coisa. Tb fui bombardeado qdo falei da avaliação de rsultados na igreja e não saí do fórum. É direito dele postar, mas é direito nosso rebater. As pessoas tem que escrever aqui sabendo que estão se expondo e correndo risco de que os outros participantes discordem delas.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
28/11/2006, 15:26:03

JAIME – Pode ser que eu esteja interpretando o verbo “malhar” como “ridicularizar”. Não concordei em tudo que o Leonardo falou, por isso prefiro ficar nas palavras de Voltaire (1747): "Posso não concordar com uma só palavra do que dizeis, mas defenderei até a morte vosso direito de dizê-lo."

Mas, vamos voltar ao fórum...


(0) (0)

Gildenor José da Silva
ABC Paulista
28/11/2006, 15:26:18

FABIO

I pedro 3 e 2 se alguns não obedecem à palavra, pelo porte de suas mulheres sejam ganhos sem palavra;
2 Considerando a vossa vida casta, em temor.
3 O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de jóias de ouro, na compostura dos vestidos;

O corpo de uma mulher salva é sagrado não deve ser mostrado por ai com roupas decotadas e calças apertadas

v5 Porque assim se adornavam também antigamente as santas mulheres que esperavam em Deus

I Cor 11 :15 Mas ter a mulher cabelo crescido lhe é honroso, porque o cabelo lhe foi dado em lugar de véu.

A calça foi difundida entre mulheres no século 20 ,era roupa de homem, essa é a moda , a moda é mostrar o corpo , mostrar a bunda! essa não é a moda para pessoas salvas ! mostrar o corpo por que o mundo mostra

Deuteronomio 22 :5 Não haverá traje de homem na mulher, e nem vestirá o homem roupa de mulher; porque, qualquer que faz isto, abominação é ao SENHOR teu Deus.


Se isso é ser moderno !! Prefiro agradar meu Deus da forma brega santificando-o até na maneira de se vestir!
(0) (0)

Leonardo
Novo Hamburgo
28/11/2006, 15:31:47

Leonardo,

Sua igreja é da forma que vc pensa?
Pregam coisas que vc disse aqui?
Ou é apenas um pensamento seu segundo seu entendimento das escrituras?

Você tem um pensamento pouco radical, por isso as pessoas aqui estao criticando.
Mas defenda seu ponto de vista, até qdo vc acreditar que é certo.


(0) (0)

Fabio
Araraquara
28/11/2006, 15:31:57

pensar diferente é normal , mas ridicularizar é ofensivo!
(0) (0)

Leonardo
Novo Hamburgo
28/11/2006, 15:34:52

impresssão minha ou esse fórum tem 5 pessoas participando?
(0) (0)

Leonardo
Novo Hamburgo
28/11/2006, 15:36:12

Leonardo,

É fácil encontrar roupas decentes pra mulher hoje em dia? Você prefere uma mulher na igreja de calça ou mini saia? Eu prefiro de calça.

Você usaria uma calça que a mulher está acostumada a usar? O corte da calça feminina é diferente do da masculina.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
28/11/2006, 15:42:13

Minha irmã quando sai pra comprar saias volta pra casa com no máximo duas, pois não consegue encontrar roupas decentes pra ela.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
28/11/2006, 15:45:09

Mais tarde os outros aparecem hehe
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
28/11/2006, 15:46:26

[138] "A calça foi difundida entre mulheres no século 20 ,era roupa de homem, essa é a moda , a moda é mostrar o corpo , mostrar a bunda!"

Leonardo, uma dúvida atroz me consome: como alguém consegue mostrar as nádegas usando uma calça?

Com relação a "O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de jóias de ouro, na compostura dos vestidos;", significa que o que vale é o que está dentro, e não fora. A beleza da mulher não deve se focar em enfeites, mas isso não quer dizer que seja pecado usar.

Ô Léo, tu usava uniforme no colégio?
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
28/11/2006, 15:52:08

LEONARDO - Ridicularizar é coisa totalmente pessoal. Aqui não estamos levando para o pessoal, pois nem o conheço. E estou criticando construtivamente a sua forma de pensar, de acordo com o que eu acredito. E não ridicularizei. Só expus exemplos semelhantes aos que tu citou para fácil compreensão. Mas se tu sentiu-se ofendido, talvez seja hora de repensar seus conceitos, pois tudo que eu citei era semelhante ao que tu citastes também.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
28/11/2006, 15:53:47

Se a calça eh pra mostrar a bunda, o homem , ao usá-la, tb mostra a sua. Deveria ele parar de usar calça? O que usaremos?
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
28/11/2006, 15:54:18

"impresssão minha ou esse fórum tem 5 pessoas participando?"

Pois é, poucas pessoas participam do fórum.
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
28/11/2006, 15:56:23

Leonardo,

"A calça foi difundida entre mulheres no século 20 ,era roupa de homem, essa é a moda , a moda é mostrar o corpo , mostrar a bunda! essa não é a moda para pessoas salvas ! mostrar o corpo por que o mundo mostra"

A calça jeans existe ja a muito tempo. Era algo só de homem, mas hoje é coisa de mulher tambem!! E com uma diferença bem notavel, ano é mesmo?

Se uma irmã estiver usando uma saia, termo, camisa e grava e ir a igreja, ela está pecando?

Antigamente os homens nao podiam ver um canela que ficavem excitados,hoje é diferente, é normal!
Os indios vivem nus e eu nunca ouvi falar que um indio ou india tenteu abusar do outro por ver seu corpo nu!! srsrs

O que eu quero dizer que usar uma calça apertada e um "decotinho" é coisa normal.

Se a mulher tem um corpo bonito... ela pode usar o que for, vai dar pra saber se o corpo é bonito ou nao!

E´por isso que eu acho que certos custumes "cristaos", nao baseados corretamente na biblia afastam muitas pessoas da igreja, outras nao entram por causa deles.

Eu tb sou contra abusos...
(0) (0)

Fabio
Araraquara
28/11/2006, 16:00:10

Acho que só o leonardo nao gosta de calça jeans aqui...

Leonardo,
Vc provavelmente deve usar calça social com suspensório!! rsrsr!! bem antigo isso!

Mas assim tb deve mostrar o "bumbum".
Se vc pode pq as mulheres nao podem?

(0) (0)

Fabio
Araraquara
28/11/2006, 16:11:13

Leonardo,

O que é mais indecente:

Uma mulher usar uma calça jeans de cintura bem alta ou usar uma calça de ginastica, bem coladinha e fina?
Qual vc prefere ver?

Vc acha elegante irmãs que usam saias escocesas com a cintura acima do umbigo ou prefere irmãs as que usam saias com cinturas mais baixas, pouco mais justas e compridas ?

Acho saia uma roupa elegante (nem sempre).
Nao sou contra quem usa!

(0) (0)

Fabio
Araraquara
28/11/2006, 16:27:31

eu estou tc bem sério mas daqui a pouco parece que estou tc com uma cara de 10 anos! Puxa se flagra!
(0) (0)

Leonardo
Novo Hamburgo
28/11/2006, 16:59:41

Sobre essa questão de calça, quero contar rapidinho o que aconteceu na igreja local em que me reúno:

Há alguns anos a trás, vários irmãos e irmãs apresentaram uma peça no período da Mocidade com a intenção de chamar a atenção dos jovens. Então, a frente da igreja (estou falando do Templo) foram colocadas algumas luzes para fazer um efeito bonito, sabem como são essas coisas. Tudo estava correndo muito bem até que.... uma das irmãs vestindo um lindo vestido branco entrou para falar algumas palavras e o que aconteceu? A luz que estava no fundo mostrou através do vestido mais do que ela queria mostrar. A atenção foi toda desviada da palavra de Deus. Não sei se a irmã estivesse trajando uma calça o efeito seria diferente (creio que sim), mas o que sei é que mesmo uma saia ou vestido, em certas ocasiões se tornam mais "ousados" do que uma calça jeans.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
28/11/2006, 17:48:54

Flávio,

Interessante seu exemplo.
Foi um descuido dessa moça.

Acredito que ela tambem nem imaginava que pudesse acontecer isso.

Eu nao sou contra o uso de saia, acho uma roupa muito elegante. Tambem nao sou contra a uso de calça.
Nem por isso devemos ser contra o uso de saia.
Poderia ser uma calça branca que marca...

Minha critica é contra quem proibe e diz que é indecente. Qualquer roupa pode ser indecente, concorda? Desde que nao tome os devidos cuidados.
Conheço igreja que proibem até que as moças mostres os ombros... absurdo isso!

Vc nao acha que deviam proibirem as mulheres de serem bonitas e de irem bem arrumadas/vestidas a igreja? Isso desvia a atenção!
Qualquer coisa pode desviar a atençao! é só vc usar a imaginação.


(0) (0)

Fabio
Araraquara
28/11/2006, 21:35:39

Realmente Fábio, qualquer coisa pode desviar a atenção.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 07:53:51

Olha eu discordo deste lance de "desvia a atenção". Isso é muito falado por aí para justificar o extremismo. Eu acho uma babaquice, pois se todas essas roupas desviassem a atenção, os homens nem poderiam andar nas ruas. E se eu fôsse mulher e a minha igreja obrigasse a usar saia, eu usaria aquelas mini-saias ou aquelas bem grandes de rippie. Só pra mudar conceitos, conforme já foram citados. Porque tem casos que uma atitude fala mais do que anos e anos de discussões.
Eu acho que esse lance de "desvia a atenção" é só para quem quer desviá-la. A não ser que tenha alguém muito tarado. Mas se eu quisesse ver corpos, a igreja seria um dos últimos lugares que eu iria.
A igreja (prédio), antes de mais nada, deve ser um lugar agradável e encarada como casa de Deus. Não deveriam existir regras. Só deveria ser ensinado que Deus está presente lá. O resto, cada um faz o que o Espírito Santo mandar. É isso!
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 08:44:23

Mas que desvia, desvia.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
29/11/2006, 10:29:58

Pessoal, virando um pouco o disco, recebo uma Newsletter de uma importante editora evangélica e, e segundo informações lá, conta que fizeram uma pesquisa e chegaram a conclusão que, em nenhuma outra época, tantos evangélicos têm retornado à sua Igreja de origem (no caso, a Igreja Católica).
O perfil desses cristãos são das Igrejas vulgo "modernas"... Acho que no site deve ter essa matéria também... Pois bem, pergunto: o que vocês acham disso?

(0) (0)

Gildenor Silva
ABC Paulista
29/11/2006, 10:36:54

Eu nunca vi cristãos que saíram da igreja evangélica pra ir pra católica. Eu só vi crentes que se desviaram por namorarem pessoas de fora e acabaram casando-se na igreja católica. Mas daí a freqüentar existe um grande abismo! Eles se transformam nos famosos católicos não-praticantes, ou seja, em nada.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 11:38:57

Quanta confusão!! Eu concordo com saia. Eu não concordo. Affff! Quem tem que concordar é quem usa. Se a mulher não gosta de usar saia e frequenta uma igreja cujo custume é usar, troque de igreja. Se frequenta uma igreja que libera a calça e não gosta de usar calça toque de igreja. Devemos usar aquilo que nos sentimos bem, eu uso saias, adoro, tenho um monte, tons pastíes, coloridas, cores fortes e escuras, rodadas, evase, etc, etc, etc. É gosto meu. Gosto de usar saia, fico linda de saia. Uma dica pra irmã do Rodrigo, vai na Renner que ela acha saia, tem um monte lá. Na Riachuelo tb. e Leo continua tc que gosto de algumas opiniões tuas. Algumas viu? sou meio do contra, não concordo com tudo que me dizem e acho que eu sempre tenho razão, quem me conhece que o diga. Quanto a ridicularizar, hã?? O pessoal aki tem que explicar tudo neh?? Qd se fala igreja tome cuidado pra q não confundam "templo" com "igreja- nós", quando se fala que "calça mostra o bumbum" tome o cuidado pra se explicar q... [mais]
(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
29/11/2006, 12:32:11

Viviane,

Quer saber uma coisa que aprendi aqui no Fórum? CUIDADO COM AS PALAVRAS. É como se estivéssemos num tribunal rsrs.

De certa forma estamos mesmo.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 12:53:03

"Leonardo, uma dúvida atroz me consome: como alguém consegue mostrar as nádegas usando uma calça?"

Ué, Sara, calças um tanto apertadas.

Sobre esse assunto de roupa, quem tá certo então, os índios que viviam nus, ou os talibãs, cujas mulheres usavam burca?

Os missionários devem por roupas nos índios e tirar burcas das mulheres dos talibãs?
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
29/11/2006, 12:54:40

Jaime,

Conheço gente que há anos frequentou Igrejas, batizadas e trocaram tudo pelo budismo e, acredite, pelo candomblé também.

Coisas de SP...
(0) (0)

Gildenor Silva
ABC Paulista
29/11/2006, 13:05:29

"Ué, Sara, calças um tanto apertadas."
Apertadas e transparentes, né? O que uma calça apertada mostra é o contorno e não as ditas cujas em si.
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
29/11/2006, 13:05:49

Obrigado pelas dicas, mas ela já procura em todas essas lojas. E o que é decente pra você pode não ser pra ela, daí um dos possiveis motivos de você encontrar e ela não...
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
29/11/2006, 13:05:59

"em nenhuma outra época, tantos evangélicos têm retornado à sua Igreja de origem (no caso, a Igreja Católica)."

No mínimo as pessoas se desviam e intitulam-se como católicos porque é tradição no Brasil a pessoa não ter religião nenhuma e dizer que é católica. Agora, duvido muito que um salvo de verdade faça isso. O que pode ocorrer é ele se desiludir com a igreja e sair. Agora, virar um adorador de ídolos?!
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
29/11/2006, 13:12:28

Sara, sei que esta questão é polemica, mas o seu ultimo comentário me fez lembrar do Rei Salomão. Ele edificou o templo, gozava no inicio de seu reinado de intima comunhão com Deus, mas seu fim foi triste, devido a influencia de suas várias mulheres , Salomão edificou tempos e fez sacrificios a outros deuses. E aí?? Salomão não era salvo?? será q o veremos no céu? Ou será que tem aspectos na vida de Salomão que precisamos observar e que o próprio apostolo Paulo nos adverte;"Quem está de pé cuide para que não caia".
(0) (0)

Marco Aurelio de Rezende
Rio de Janeiro
29/11/2006, 13:19:29

Huuuum... Verdade! Tudo bem que combinamos que não se perde a salvação, mas será que um salvo pode de fato fazer essas coisas?
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
29/11/2006, 13:21:44

Eu acho que o salvo pode cair e fazer estas coisas sim. E pode também arrepender-se depois.

Sara, mostrar o contorno já basta.
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
29/11/2006, 13:51:22

VIVIANE [post 160] - Não concordo que se a minha igreja não aceita calça e eu quero usar, devo mudar de igreja. Ou o mesmo para saia. Eu acho que o fato está em estar ou não na Bíblia. Temos que discutir isso na igreja, e o que não está na Bíblia e está atrapalhando a igreja deve ser lançado fora. Por mais que eu ache que deve ser daquele jeito, não tem nada na Bíblia que me diga que é daquele jeito. E trocar de igreja é um tanto quanto traumático para alguém que foi criado em determinada igreja. Eu fiquei muito tempo sem ter coragem de fazer isso. Porque de certa forma a gente ama aquelas pessoas e aquele local. Sei lá.
Pra mim seria mais fácil se o presbítero/pastor me falasse: "Cara, eu gostaria que tu não usasse brincos, porque tem pessoas que se escandalizam com isso dentro da igreja e eu gostaria muito que tu entendêsse isso, mas você é livre" ao invés de "Irmão, aqui na igreja não entra brinco. Isso está errado. Aonde já se viu um homem de brinco dentro da casa do Senhor". Daí ... [mais]
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 14:04:39

Jaime,

O uso de calça ainda é coisa nova para alguns irmaos, senhores (que eu respeito muito), mas que acham que é moda, que nao é roupo de crente.
Principalmente brinco!! Qto tempo faz que uso de brinco é comum entre homens? Vao se passar mais 50 anos e o uso de brinco entre homens para a igreja vai ser um escandalo!
Mundanismo!
Eu nao uso, tambem nem tenho interesse, mas eu pai discrimina e nem crente é.

E a tatuagem, hoje é comum vc ver alguem que tem uma, principalmente entre as mulheres. Na sala onde eu estudo a cada 10 mulheres, 5 tem tatuagem!
Tatuagem nao é mais considerada coisa de marginal.

Agora vai um crente fazer uma tatuagem!
Pode ser escrito uma frase biblica. Vao criticar, reprovar, senao, tirar até fora da comunhao da igreja.
(0) (0)

Fabio
Araraquara
29/11/2006, 14:51:14

Oi Rodrigo (o que vende guitarra), decente é decente e ponto. Do ponto de vista de um cristão, decente é uma saia que pelo menos fique pelos joelhos, foi o que entendi quando falou em outro post que tua irmã não achava saias para comprar por certo disse isso se referindo ao fato de ela só achar saias curtas, ok?? Então lá na Renner tem sais mais cumpridinhas irmão, é só procurar que acha. Jaime, se estou em uma igreja que sou a única a descordar do custume porque estou lá?? Causar polêmica, ser a do contra, não é mais fácil que eu procure um lugar onde me identifico melhor, como você fez???
(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
29/11/2006, 15:10:25

Gildenor,

Muitos que abandonam a igreja evangelica e voltam para catolica, nao iam a igreja evangelica porque acreditavam ser verdadeira, mas pq gostavam, ou porque algo lhe interessava la dentro. e quando desistem dos seus interesses abandonam.

Alguns deixam de ir por causa das cobranças e limitaçoes impostas pelas evangelicas. A igreja catolica é liberal demais, e tambem a palavra de padre parece nao ter autoridade.

Mas como alguem disse ai...

Um crente de verdade nunca iria voltar para uma igreja catolica... olhar e rezar para imagem!
É tamanha ignorancia um "cristao" ter uma atitude dessa!

(0) (0)

Fabio
Araraquara
29/11/2006, 15:15:50

Fabio,

Tatuagem não tem nada a ver com as vestimentas que estamos falando. A Bíblia condena veementemente o uso de qulaquer marca no corpo. Leia:

"Não fareis lacerações na vossa carne pelos mortos; nem no vosso corpo imprimireis qualquer marca. Eu sou o Senhor." Lv 19:28

"Não façam cortes no corpo por causa dos mortos, nem tatuagens em si mesmos" NVI

Isso não é uso e costume, é doutrina.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 15:16:23

Flavio, estas marcas pelo corpo que a lei de Moisés proíbe tinha um significado pagão, relativo aos mortos. Não é o caso de alguém tatuar um texto biblico.

Agora, c temos que observar os costumes da lei de Moisés, então por favor, o irmão explique isto:

"Levítico 19:27 Não cortareis o cabelo, arredondando os cantos da vossa cabeça, nem desfigurareis os cantos da vossa barba."

Não podemos raspar a barba? Por mim eu deixava, hehe.

"decente é decente e ponto." Antes fosse assim. Mas decência parece ser algo relativo, pois para os índios é decente viver nus como eles viviam, e vivem.
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
29/11/2006, 15:47:01

Rodrigo,

Não é minha intenção discutir esse assunto até porque sai do tema proposto. Acontece meu irmão, que marcar o corpo está intimamente ligado a questão de posse. Como exemplo é só citar a marca da besta que será na mão direita ou na testa e testificará os que pertencem ao anti-cristo. No entanto, os crentes recebem uma "marca" espiritual que é o Espírito Santo, este testifica que pertencemos a Deus.

Só porque é um texto bíblico não exclui o problema. O próprio diabo usou de textos bíblicos para tentar Jesus.

Não quero aprofundar nesse assunto até porque poderemos tratar dele numa outra oportunidade (tá aí a sugestão para o próximo fórum rsrsrs).
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 15:55:37

FLÁVIO [post 174] - Vou ter que discordar dos teus argumentos bíblicos quanto à tatuagem e brincos. O texto que tu usaste é do Velho Testamento e faz parte da antiga lei que já não impera mais em nós. Quando Cristo morreu na cruz, e lei já era (não significa que é errado seguí-la hoje. Mas não é mais lei). Pra exemplificar, peguei outros versículos do mesmo capítulo 19 de Levítico. E olha só o que diz:

19 - Guardareis os meus estatutos. Não permitirás que se cruze o teu gado com o de espécie diversa; não semearás o teu campo com semente diversa; nem vestirás roupa tecida de materiais diversos.
23 - Quando tiverdes entrado na terra e tiverdes plantado toda qualidade de árvores para delas comerdes, tereis o seu fruto como incircunciso; por três anos ele vos será como incircunciso; dele não se comerá.
26 - Não comereis coisa alguma com o sangue; não usareís de encantamentos, nem de agouros.
27 - Não cortareis o cabelo, arredondando os cantos da vossa cabeça, nem desfigurareis os c... [mais]
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 15:59:23

Nada melhor do que tatuar "sou de Jesus" então, hehe.

Acho q isso cabe ao tema Moderna ou mundana.
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
29/11/2006, 16:00:56

[off] Retirei o link pq deu erro. E o Jaime e o Rodrigo já responderam. [/off]
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
29/11/2006, 16:03:11

Jaime,

Trataremos desse assunto numa outra oportunidade, como já disse, não quero aprofundar, mas, se a lei não é para ser praticada entre os crentes temos vários problemas em relação à vida cristã. Paulo várias vezes disse de uma lei que habita em nós e nos faz realizar a vontade do Pai. A Palavra de Deus, mesmo no AT, traz condutas e modos de vida que são a tradução do desejo de Deus para nós. "Amar a Deus sobre todas as coisas", e outras coisas afins. Fazem parte da lei mosaica e servem de condução à realização do desejo de Deus para nossa vida.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 16:06:28

Rodrigo, não se esqueça da carne de porco, do sábado e de muitas outras coisas que pra nós hoje são normais.

Me parece que o Velho Testamento hoje em dia só é utilizado na hora das proibições. Ele não foi citado quando falávamos a respetio de música, mas é citado a respeito das tatuagens.


Jaime, se não devemos usar mais o VT, a música não pode existir na igreja, já que o NT não cita instrumentos musicais hehehe.

As coisas tem q ser analisadas com discernimento e eu até hoje não tenho uma opinião formada a respeito de tatuagens.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
29/11/2006, 16:07:21

Xará Rodrigo, não é que pra nós Hoje são normais, é que para os gentios sempre foi normal, e nós somos descendentes dos gentios. Nem nós nem nossos ancestrais observaram a lei de Moisés.

(0) (0)

Rodrigo
Campinas
29/11/2006, 16:10:55

Flávio, não sei se o Paul colocará o tema de volta, mas de qualquer forma, ele já foi discutido aqui.

go.irmaos.com/i8
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
29/11/2006, 16:14:26

FLÁVIO [post 180] - Leia o que eu escrevi antes de responder. Eu coloquei entre parênteses que a lei não é obrigatória. E não é mesmo! Agora se você quer seguir, bom pra você. Mas é hipocrisia seguir metade da lei e não seguir a outra metade, pois você nunca poderá dizer que estás seguindo a lei. Eu coloquei os versículos no post anterior justamente pra tu ver como tem um monte de coisas que fazíamos e que são proibidas na lei.
A lei que Paulo cita é o novo mandamento de Cristo: "Amarás ao teu Deus sobre todas as coisas e ao teu próximo como a ti mesmo".
Só pra terminar discordando mais um pouco, eu acho que este assunto tem tudo a ver com "Moderna e Mundana". Pois a tatoo é MODERNA e se tu acha que não é de Cristo, logo é MUNDANA, também!
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 16:15:28

RODRIGO [post 181] - Eu não falei sobre o Velho Testamento. Eu falei sobre a lei. É como eu sempre falo: "Não vejo nada que era certo no VT se tornar errado no NT. São pontos facultativos na minha opinião. Que não influem nem contribuem". Ou seja, a respeito deles, ninguém nunca terá base pra aceitar ou discordar a não ser que o mesmo ponto tenha sido citada no NT.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 16:19:02

Flavio, veja esta lei de Moisés:

Êxodo 22:18 Não permitirás que viva uma feiticeira.


(0) (0)

Rodrigo
Campinas
29/11/2006, 16:21:59

Sara,

Um outro link interessante tb.

go.irmaos.com/i9
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 16:22:33

Já li. To relendo o fórum e continuo com a mesma opinião que eu tinha há 3 anos atrás (achei minha opinião no fórum de 2003).
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
29/11/2006, 16:30:47

Nossa, Flavio, de acordo com este texto q o c passou não posso usar brinco pq é tido como mutilação do templo do Espírito Santo. Neste caso não posso passar por cirurgias também, nem tomar vacinas.
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
29/11/2006, 16:31:07

Quero só fazer uma pergunta: Um crente usando tatuagens estará escandalizando?

Se é uma prática do mundo porque vamos copiar? Somo chamados para sermos diferentes, termos atitudes e gostos diferentes. Como o mundo nos diferenciará?

“Será que vocês não sabem que o corpo é o Templo do Espírito Santo, que vive em vocês e foi dado por Deus? Vocês não pertencem a vocês mesmos, pois Deus os comprou e pagou o preço. Portanto, usem os seus corpos para a glória Dele.” (1Co 6.19,20)

"É bom não comer carne, nem beber vinho, nem fazer qualquer outra coisa com que teu irmão venha a tropeçar ou se ofender ou se enfraquecer." (Rm 14:21)

Meus irmãos, estamos insistindo em viver para nós mesmos em detrimento da vontade de Deus. A nova vida recebida de Cristo é minha ou agora é de Cristo?

Ao invés dos irmãos estarem preocupados em como servir MELHOR a Deus, em como ser mais FIÉIS, estão preocupados em como viver da forma que EU quero e ainda ser crente.

Para mim, essa é a apostasia predita por Cristo. Vidas egoístas preocupadas em justificar suas vontades e não em agradar a Deus.

(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 16:33:32

Rodrigo de Campinas,

Não tente distocer as coisas.

Quer levar ou pé da letra então corte sua mão direita se ela pecar, porque é melhor entrar no céu sem uma das mãos do que ir para o inferno com as duas. (Mt 5:30)
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 16:34:21

FLÁVIO - Como o mundo nos diferenciará? Pela nossa conduta! Até porque se for seguir este seu padrão, um cara totalmente tatuado, caso se converta, jamais poderá ser visto como cristão.

Lembre-se:
Deus não vê como vê o homem. O homem vê o exterior, mas Deus o coração.
Pelos seus frutos os conhecereis...
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 16:40:19

Olha Jaime,

Cada um enxerga as coisas pelo ângulo que mais convém.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 16:41:20

Não estou distorcendo, amado irmão.

Acontece que a Igreja arrebanha pessoas do mundo. No princípio os seguidores judeus de Cristo queriam que os gentios obedecessem todos os costumes da lei de Moisés, assim como eles, judeus, obedeciam. Mas isso era algo desnecessário, por isso o concílio dos apóstolos reunidos em Jerusalém decidiu que os gentios não precisavam obedecer à lei de Moisés.

Não estamos, pelo menos eu não estou, pensando em como viver da forma que EU quero e ainda ser crente. Estou pensando como pessoas com costumes do mundo possam ser aceitas e integradas na Igreja. Exigindo delas obediência em coisas que realmente fazem a diferença, coisas do coração. Mudança e limpeza interior, e não somente exterior.

E também não estou vendo as coisas pelo ângulo que convém, porque não tenho tatuagem e não pretendo fazer.
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
29/11/2006, 16:41:36

Qual a intenção ao se tatuar, é engrandecer o nome de Deus? Então tá bom, tatue.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 16:43:02

O maior argumento contra a tatuagem é que "escandaliza" o irmão. Olha, tem gente que faz questão de falar que os jovens o estão escandalizando. Eu acho que tudo tem que ter um bom motivo. E eu já falei uma vez pra um presbítero que que eu também me escandalizo com a idosa fofoqueira que ama falar da minha vida e é esposa dele! E o que ele fez? Adivinha?!
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 16:43:51

Rodrigo,

Conheço muitos descrentes escandalizados por causa dos crentes que se vestem como os satânicos, vc sabe como. Claro que a mudança tem seu início no interior, é onde ela começa, contudo, ela não pára por aí.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 16:45:19

FLÁVIO - Não é questão de ângulo, cara. É questão de: tenho argumentos bíblicos para ir contra? SIM - então não será feito. Não - Então não posso falar nada.

Eu gosto de coisas práticas. No caso do cara tatuado que se converte e que eu citei. Qual é a tua resposta? Ele não pode ser visto como crente nunca?

Só pra avisar (rs...), eu quero fazer uma tatuagem de Salmo 139:9-10 em hebraico nas minhas costas. Pois é a passagem que mais me ajuda em toda a minha vida.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 16:46:45

O mundo espera ver essa mudança em alguém que se converte. Se roubava, não rouba mais, se usava saia curta, não usa mais, se falava palavrão, agora só fala da Palavra de Deus. E assim por diante.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 16:47:10

Em hebraico? Para louvar a Deus ou para aparecer?

Desculpe se estou sendo grosso, estou sendo sincero com o que penso.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 16:48:10

FLÁVIO - Um pouco de cada. Primeiro porque eu acho bonito e não vejo proibições. E o tema da tatoo é porque é uma passagem que me marcou e me marca! E agora eu quero que ela literalmente me marque! hauhauauah. Desculpe a brincadeira.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 16:49:36

Agradar a Deus e aparecer estão intimamente ligados...
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
29/11/2006, 16:50:42

Jaime,

Quer fazer algo que agrade a Deus? Pega o dinheiro que você gastaria com a tatoo e envia para um missionário, ou então, alimente um pobre. Do que Deus agradaria mais?

Repito a pergunta: Interessado na glória de Deus ou no egoísmo próprio?
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 16:52:36

Rodrigo,

Discordo. O que deve aparecer é a Cruz de Cristo e não EU.

"É necessário que ele cresça e que eu diminua." Jo 3:30
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 16:54:31

Jaime, pegue tudo o que Vc tem, venda, e o dinheiro dê para os missionários.

Então vou tatuar a cruz de Cristo.
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
29/11/2006, 16:54:42

Os discípulos fizeram isso.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 16:56:43

Vc já fez?

Os discípulos ou apóstolos continuaram tendo suas vidas, visto que eram casados, como Pedro, que continuou no ofício da pesca, para sustentar-se e à sua família, e claro, ajudar os necessitados da igreja.
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
29/11/2006, 16:59:07

Rodrigo,

Qual é a sua denominação mesmo?
Não vi no seu perfil.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 17:01:44

FLÁVIO - Se tatuagem é algo que eu gosto, o que há de errado em eu poupar um mês para fazê-la? Se for pensar assim, pegue as roupas de marca, venda tudo e dê para os missionários. E compre só no cestão que é mais barato.
Pegue o seu Golzinho e venda, dê o dinheiro para os missionários e compre um Fusca.
E blá blá blá.

Enfim, argumento furado. Até porque eu posso ganhar essa tatoo de graça. E daí? Não é errado?!
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 17:02:34

Sou cristão, irmão, isso é o que importa, não é?

Mas conheci a Deus na igreja presbiteriana.
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
29/11/2006, 17:03:37

Então Jaime, responda a pergunta:
Interessado na glória de Deus ou no egoísmo próprio?

(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 17:06:09

Realmente é uma questão de cultura. Mas tatuagem não dá, a Biblia diz em Salmo 119:11 "Escondi a tua palavra no meu coração para não pecar contra ti", e não diz que é pra marcar, tatuar, pintar seja lá o que for na pele ou epiderme pra quem não souber o que é pele.
Sinto muito, é o que o seminarista falou a nós numa reunião, estamos querendo parecer cada dia mais com o mundo ao invés do mundo querer se parecer conosco. Porque será hein??

E no caso de pessoas que dizem que não vão para a igreja porque os que estão lá são iguaizinhos a eles????

Quer dizer eles não vêem motivos (diferença) pra mudar, tá tudo igual mesmo.

(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
29/11/2006, 17:06:16

Somos egoístas, meu irmão, não temos como negar.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 17:06:42

Ps.: E eu ainda posso evangelizar com a minha tatuagem. Quando alguém perguntar o que está escrito, eu digo e já prego o evangelho. É uma tática! he he he
Ok, não descarto a hipótese, mas aqui foi em tom de brincadeira, e algo para pensar!
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 17:06:56

Como já disse Viviane:
"Cada um enxerga as coisas pelo ângulo que mais convém."

Infelizmente é isso o que acontece.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 17:09:04

VIVIANE [post 213]
1º que se o cara é seminarista, isso não quer dizer que seja o dono da verdade. É só dar uma andada pelas igrejas que tu sabe do que eu tô falando.
2º que eu falei que quero tatuar o versículo porque eu acho bacana. Mas se eu quisesse tatuar uma borboleta eu faria do mesmo jeito. Então a questão não é "aonde eu vou esconder a Palavra".
3º e no caso das pessoas que falam que não vão pra igreja porque as pessoas de lá são iguais, talvez seja a hora da igreja ir até eles!
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 17:10:45

Sinceramente, nunca vi ninguém dizer que não quer ir pra igreja porque lá todos são iguais a eles.
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
29/11/2006, 17:11:44

FLÁVIO [post 216] - Cara, o fato não é o ângulo que eu quero ver. O que acontece é mais ou menos assim:

Pergunta: O que eu quero fazer?
Resposta: Tatuagem.

P: Alguma restrição bíblica?
R: Não encontrei

P: Tenho dinheiro pra isso?
R: Não.

P: Vale a pena economizar?
R: Acho que sim.

É como qualquer outra coisa que eu quisesse. Uma câmera digital de 18.9 MegaPixels. Um Nike Shox. Uma viagem. Enfim...
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 17:13:49

Tatue o que quizer só disse que uma questão de cultura, meu irmão que não é evangélico tem uma quinhenta e ai?? Ninguém é dono da verdade mas que o que ele disse é verdade, ah?? isso é. Não vi sentido nenhum na frase: 3º e no caso das pessoas que falam que não vão pra igreja porque as pessoas de lá são iguais, talvez seja a hora da igreja ir até eles!

Você é inteligente sabe o que eu quiz dizer, as pessoas não vão para igreja porque em muitas delas existem pessoas que não sofreram mudanças nenhuma, não há algo que a aproxime da igreja pelo bom testemunho de alguns. E to falando de vestes, comportamento, etc etc. Não há diferença... Ta tudo igual, Repito ta tudo igual.
(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
29/11/2006, 17:15:38

VIVIANE [post 221]
Eu quis dizer que se as pessoas não querem ir pra igreja porque na igreja elas acham que todos são iguais a ela, é hora da igreja ir até essa pessoa e mostrar que não é bem assim.
Eu já ouvi comentários assim, mas sempre ligados a cristãos "salafrários". Sempre com relação à atitudes dos cristãos e não na forma de agir.
E se a igreja está assim tão ruim, a culpa é minha, é sua e de todos nós!
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 17:19:02

Jaime,

Eu perguntaria diferente:

P: O que eu quero comprar convém?
R: Não.

P: Por quê?
R: Porque vai escandalizar outros irmãos (pra variar isso é bíblico, não devo escandalizar meu irmão).

P: Então o que faço?
R: É melhor agradar a Deus, desista disso.

P: Poxa, vou ficar deprimido, Deus é tão ruím assim?
R: Você não vive mais sua vida, mas Cristo vive em você.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 17:19:13

Rodrigo, desculpe mas vc evangeliza? faz visitas?? entrega folhetos sei lá, alguma coisa que te aproxima dos não "crentes". Se faz deve ser uma excessão não ter encontrado alguém que te diga isso. E alguém que te diz eu vou pra aquela igreja porque tem um crente abençoado que quero ter a vida igual a dele, abençaoda, isso você já deve ter ouvido alguém falar neh?? Então é só o inverso do que eu disse no outro post. Se não ouviu nada disso não sei de que galáxia você é???
(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
29/11/2006, 17:20:37

Meu irmão, não fique deprimido huahuahau. Desista disso ou vai levar umas palmadas hehehe.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 17:21:48

FLÁVIO [post 223] - O irmão se escandaliza por quê? Porque é anti-bíblico. Porque na sociedade é visto como marginal? Ou por quê?

Eu acho que tem pessoas na igreja que parecem te o "dom do escândalo". Geralmente são as idosas fofoqueiras que eu citei outrora. Eu acho que pra todo tipo de escândalo, há uma justificativa. E se eu fizer uma tatoo e alguém vier falar comigo sobre, eu vou pedir que me mostre na Bíblia aonde está o erro.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 17:22:37

VIVIANE e FLÁVIO - Vocês ainda não responderam a minha pergunta hiper prática: Se um cara totalmente tatuado se converter, ele sempre será visto como inferior por vocês? Vocês não o colocariam num evangelismo, por exemplo, porque as pessoas vão se escandalizar? Hein?
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 17:24:58

Então porque nunca vi nenhum homem usando saia na igreja? Não é anti-bíblico. Ou será que se você resolver usar saia na igreja alguém vai dizer que vc está errado? ESCÂNDALO??? POR QUÊ??? ONDE NA BÍBLIA FALA QUE NÃO PODE????

[off] Se essa moda pega... rsrs [off]
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 17:26:52

VIVIANE [post 224] - Eu conheço pessoas com tatuagens, brincos e piercings (todos juntos na mesma pessoa) e que são vistas como exemplos de crentes a serem seguidos e até pessoas do mundo reconhecem o seu ministério. Isso é postura de cada um, minha irmã.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 17:27:19

FLÁVIO [post 228] - Já está pegando. Essa moda está chegando no Brasil inclusive. Aqui em Curitiba já tem uns caras de saia nas ruas. E falo sério mesmo! Mas, qual o problema?
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 17:28:39

Jaime:

Respondendo a pergunta. Esse cara seria o crente mais santo da igreja, ele veio do mundo, "o que deve mais ama mais" - assim disse Cristo. Sabe o que o mundo oferece: ILUSÃO. Coisa que quem "nasceu crente" não sabe porque nunca vivenciou. Ele, no mínimo, usaria aquela marca que não pode ser tirada (a não ser em casos de cirurgia) para demonstrar que aquilo é o que ele era quando era do mundo. Testemunharia mais do que qualquer um aqui porque teria O PRAZER em servier a Deus.

Tenho certeza que ele diria: "Chega de mundo! Eu quero é evangelizar!"

Isso é o que eu acho.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 17:30:51

eu colocaria sim um tatuado pra evangelizar e ai ele diria fui do mundo mas hoje sou salvo, estou liberto é diferente alguém vir pra igreja com as marcas do "Egito" do qeu vc estar na igreja e querer voltar ao "Egito". Pra que??? Vamos ter as marcas de Cristo que ficam melhores. Na igreja mesmo tem uma mocinha que tem umas 8 tatoo, mas também tem algumas marcas que revelam que ela tentou retira-lás porque será?? ela quer ser diferente.

O apostolo diz; I Jo 2:15 - Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo o amor do Pai não está nele.


(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
29/11/2006, 17:33:03

FLÁVIO - E com base no quê tu associa as tatoos à velha vida?
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 17:34:01

E sai fora esse negócio de homem usar saia, prefiro meu marido de calças. Ainda bem que moramos no sudeste. Desculpe a brincadeira.
(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
29/11/2006, 17:35:40

VIVIANE - Mas eu acho que essa moda só vai chegar em Sampa. Sei lá se combina saia na praia. Porque as saias que estão chegando aqui são do estilo escocês. Sabe como? Mas eu aposto que esta moda será enredo de discussões dentro das igrejas.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 17:36:36

meninos o papo ta bom mas tenho que me retirar, o culto vai começar daqui a pouco e tenho que me arrumar. Como vcs colocam tudo em off!!! Abraços, a noite eu do mais uma olhada. Abraços.
(0) (0)

Viviane Damares Pimenta Henrique
Sorocaba
29/11/2006, 17:36:59

Então Jaime,

Que mal há em usar drogas? A Bíblia não fala que o crente não pode "dá um tequinho".

Se usarmos o seu argumento do "Não tem na Bíblia" onde vamos parar? Oportunistas é o que não faltam.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 17:37:03

FLÁVIO - Drogas são ilegais. Este é o único argumento que eu posso usar. Pois a Bíblia me fala para eu seguir os meus governantes...
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 17:38:34

Mas o cigarro não é ilegal. E como fica?
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 17:40:05

FLÁVIO [post 239] - Sim, mas eu não disse que as tatoos eram erradas. Eu só perguntei a postura de vocês. Pra mim, se o cara tem tatoo ou não tem, não vem ao caso. Vocês colocaram as tatoos como problema e eu criei um enredo pra saber a atitude de vocês perante ele. Eu jamais associei as tatoos a alguma coisa.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 17:42:20

FLÁVIO [post 240] - Pois é, como fica? E se eu te falar que não tenho base para proibir o cigarro também? Alguns citam o versículo de que nós somos templos do Epírito e devemos cuidar deste templo. Existem irmãos que não estão nem aí para o colesterol, também? E daí? Estão cuidando do templo?
De certa forma o irmão que não tá nem aí para o colesterol é igual ao irmão que não tá nem aí para os males que o cigarro trás. Então eu não teria base para proibir também. Eu falaria para pessoa o que eu penso, mas com base na minha cabeça e não na Bíblia.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 17:44:35

Antes que você diga qualquer coisa:

Idolatria: 1. Adoração de ídolos. 2. Amor cego, paixão exagerada ou descontrolada por algo ou alguém. (Dic. Michaelis)
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 17:51:59

FLÁVIO - Eu não estou fazendo apologia ao fumo. Eu estou dizendo que não tenho base bíblica para ser aplicada neste caso. E nem to falando de um versículo com relação ao fumo. Eu estou falando que não tem um versículo que eu poderia aplicar. Eu tenho culpa disso? Não. Não tem na minha Bíblia e não tem na sua Bíblia também. O que eu posso fazer. Inventar e dizer que tem?
E citei o caso do irmão com colesterol que não está nem aí pra cuidar da alimentação. Ou o irmão com diabetes. Enfim, acho que tu entendeu o que eu quis dizer. Cara, a intepretação que nós precisamos ter da Bíblia é independente da nossa cultura ou do que nos foi ensinados por homens. Nós temos que saber ler as coisas e interpretar sem pender para o melhor lado que nós queremos. Eu já tive várias coisas que eu achava legal, mas que a Bíblia me falou e fala diferente. Mas no caso da tatoo eu não vejo base bíblica. E no caso do cigarro eu já te falei a minha visão.
Bem, eu não sou um revolucionário da Bíblia. Sou um rev... [mais]
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 17:57:30

FLÁVIO [post 244] - Ok, olhando por este lado, tu até poderia interpretar desta forma em um estudo. Eu acho bacana. Mas algumas pessoas poderiam falar que o Michaelis não é inspirado por Deus. Isso abre precedentes. Enfim, no post anterior eu acho que fui mais claro. E já cansei de Fórum por hoje. Abraço cara!
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
29/11/2006, 17:59:52

Ser viciado em cigarro, Jaime, é ser idólatra, assim como ser viciado em vídeo-game e outras coisas, isso é bíblico, está implícito ao texto, é isso que eu quis dizer. Não precisa estar lá 11º mandamento: Não Fume. Porque, na verdade, já está lá que devemos adorar apenas a Deus.

Assim também não precisa estar lá: Não faça tatuagens (até que tá em Lv), mas está lá: SEJA DIFERENTE DO MUNDO, e também, "Não vos conformeis com este século".

Deu pra entender? A idéia do "cadê o versículo?" é furada quando se percebe implícito ao texto. Consulte um bom professor de portugês e verá que estou dizendo a verdade.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
29/11/2006, 18:03:38

Flávio e Jaime

Vcs discutem em rumos diferentes, mas chegam no mesmo lugar!

"...já cansei de Fórum por hoje" (Jaime)

Achei que vc nao fosse cansar! rsrs...

Ta bom esse assunto! Mas chega! Ta na hora de mudar!


(0) (0)

Fabio
Araraquara
29/11/2006, 19:27:35

Depois desse assunto de estar ou nao na biblia, me veio uma duvida:

É certo o cristao flertar?

Nunca vi nada que fale sobre isso na biblia.

Seria algo interessante de ser discutido entre os jovens.

A biblia é contra ou a favor ao flerte?

Ou o flerte é algo moderno/mundano.
(0) (0)

Fabio
Araraquara
29/11/2006, 19:34:04

Ai se o cara quer por uma tatoo problema é dele...Deus deu uma vida pra cada um cuidar da sua...no final de contas ele que vai resolver com o todo poderoso neh?
entaum se quiser colocar coloque!!
fuiiiii

(0) (0)

Vlad
Sampa
29/11/2006, 20:26:06

Tenho acompanhado o Fórum e gostaria de comentar algo que o Flávio e o Jaime estão discutindo sobre o uso do cigarro e bebidas. Em vários países da Europa ( Belgica, alemanha entre outros) é comuns cristãos fazerem uso de bebidas e cigarro, sendo plenamente aceito, inclusive no movimento dos irmãos. Uma irmã minha conhecida foi participar de um projeto missionário num acampamento dos irmaos na Alemanha e lá ao final do acampamento os pais foram recebidos com um belo churrasco com cerveja. Já recebi em minha casa irmãos da CO que fumavam e que me relataram que lá em muitas igrejas os crentes saem para fumar fora do templo. E esse costume não é moderno como alguns poderão dizer , pois quem ler livros históricos dos grandes missionários e que fundaram tanto o movimento dos irmaos como de outros movimentos foram homens que seguiam a tradição local , como fumar um cachimbo ou charuto após as refeições e também o uso de bebidas alcoólicas. Não quero com esse comentário justificar nada, apena... [mais]
(0) (0)

Marco Aurelio de Rezende
Rio de Janeiro
29/11/2006, 21:05:32

Fabio, acho que o cristão pode sim flertar. E muito mais, defendo que o casamento possa ocorrer o mais cedo possível, evitando a impureza, como disse Paulo.

Quanto a bebidas alcoólicas, Jesus transformou água em vinho para que as pessoas na festa de casamento continuassem se alegrando com o vinho. E não me venham dizer que era um vinho sem álcool.

Quanto ao cigarro, a Bíblia não menciona. Mas a pregação contra o tabagismo é coisa recente. Antigamente não havia.
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
30/11/2006, 09:21:52

O vinho não era industrializado. Mas não ser industrializado e conter o álcool da forma que contém hoje não significava que não embreagasse.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
30/11/2006, 09:59:22

Não sou um conhecedor de vinhos, mas o álcool do vinho surge pela fermentação natural da uva nos barris onde eles eram guardados e quanto mais velhos, mais alcoólicos, certo?

Que embriagava, Noé que o diga.
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
30/11/2006, 10:59:37

Creio que atualmente as indústrias devem colocar um adicional...


ô! hauahauauahaahe
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
30/11/2006, 11:14:36

Às vezes queremos ser mais santos do que Deus. Acabamos sendo como os fariseus, e atando fardos pesados aos que querem conhecer a Deus.


Viviane, entendi o que vc quis dizer agora. Mas muitas pessoas não acham que têm que mudar, por isso que eu disse que ninguém nunca respondeu para mim daquela maneira que vc disse "não vou porque lá todos são iguais a mim".
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
30/11/2006, 11:41:37

Em Romanos 1;20, Paulo nos afirma que Deus se manisfesta de forma clara e que todos os seres humanos são capazes de ver e compreender o poder e a natureza divina do nosso Deus, portanto qualquer desculpa que o ser humano use para não voltar-se à Deus torna-se INDESCULPÁVEL. Quando continuamos a ler os outros versículos desse texto entendemos um pouco da natureza pecaminosa do homem que o leva a não buscar a Deus. Quando estamos evangelizando nos deparamos com muitas justificativas, entre elas, as do tipo: "não vou porque lá todos são iguais a mim". ou "ser crente igual ao fulano, prefiro ser do jeito que sou", temos que ter discernimento espiritual para compreender que mesmo que aquela pessoa possa ter uma fundamentação lógica, isso não retira dela a responsabilidade de se apresentar diante do tribunal de Cristo e que a luta nesse momento, não é contra o testemunho de certos Cristão, mas de apresentarmos um evangelo que demonstre o poder de Deus capaz de fazer com que a Natureza pecam... [mais]
(0) (0)

Marco Aurelio de Rezende
Rio de Janeiro
30/11/2006, 12:15:11

Pessoal,

Ufa! Voltei! Sabe como é... Correria Facul / Empresa / Casa / Igreja etc. Estive lendo a última centena de posts e vi que o assunto rendeu, né?

Lamento não estar aí nas discussões... Mas quero deixar claro que, por mais que as pessoas dizem que “este tipo de debate não leva a nada”, creio que leva assim. Por mais que não concordemos com A ou B, é nas idéias antagônicas que percebemos as diferenças e a complexidade de opiniões.

Quanto ao vinho, eu não sou formado em enologia, rsss

Um abraço a todos, volto no próximo fórum...

(0) (0)

Gildenor Silva
ABC Paulista
30/11/2006, 13:35:21

É verdade, Marco Aurélio, gostei do q o c disse no post 258.
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
30/11/2006, 13:35:58

Bom, também to mais off nesse fórum do que o normal (é a correria.rs).
Mas, li os últimos e esse negócio de cigarro, bebidas alcóolicas, usos e costumes, etc. me chamou a atenção.
A Bíblia nos adverte para não nos embriagarmos com o vinho, mas do ES (isso já foi assunto de outro fórum, inclusive). Ademais, tb nos diz "Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas me convém..todas as coisas me são lícitas, mas não me deixarei dominar por elas".
Bem, não acho que tomar vinho seja pecado. Mas, o embriagar, dar vexame e ser igual ao homem mundano é pecado, porque o que mais conta é o nosso testemunho, é ser luz onde há trevas, é ser sal..mas, se o sal for ínsipido, com o que há de se salgar?!
Outra coisa, por mais que em outros países seja comum o uso de cigarro entre os cristãos, por um costume que vem de tempos remotos, como o Marco citou, temos que ter em mente que aqui é diferente, e q utilizar desse argumento p/ se justificar é um erro.
Jesus morreu na cruz p/ que fôssemos livre... [mais]
(0) (0)

Thaíse
Gyn
30/11/2006, 14:03:03

MARCO - Exatamente. Eu fiquei sabendo desse lance do cigarro na Europa. Isso é só pra nós, cabecinhas fechadas, percebermos que a questão é mais cultural do que tudo. O que acontece é que primeiro nós pensamos no que queremos fazer e depois pegamos a Bíblia e muitas vezes distorcemos para nos justificar. Isso é errado.

FLÁVIO - Esse lance de que se eu fizer uma tatuagem vou parecer com o mundo, bem eu ahco que o versículo não quer dizer bem isso. Até porque se tu for subentender que tudo que o mundo faz eu não posso fazer, tu deixarás de fazer muitas coisas que hoje são normais. Este versículo para mim fala mais de caráter cristão do que necessariamente de coisas externas. São as suas atitudes que devem mudar. Não necessariamente a casca que é corruptível e que não vai ao céu. Flávio, a Bíblia fala pra cuidarmos do que é eterno, independente de tatoos, brincos, piecrings, cigarros, bebidas, etc... Tudo com ordem e moderação, mas tudo é lícito meu caro. E não podemos confundir as tra... [mais]
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
30/11/2006, 14:53:18

TODOS - Mas eu acho que a cultura brasileira que até pouco tempo se concentrava nos glúteos das garotas do É o Tchan está mudando. Pesquisa INFOEXAME mostra que nunca houveram no Brasil tanto intelectuais per capita como existem hoje. E o que isso tem a ver com os cristãos? Bem, eu acho que até pouco tempo as igrejas eram repletas de pessoas inspiradas pelo pastor e não por Deus. E isso está mudando. Eu vejo que nas igrejas cada vez mais há pessoas pensantes e não simplesmente fiés tapados. Eu comecei o meu processo de questionamento pessoal e individual sobre a Bíblia, após um acampamento do Marcos Soares aqui em Curitiba. Não estou falando que ele pense igual a mim. Mas o Marcão foi um cara que não se contentou em ser e fazer somente o que fôra ensinado. Ele foi um cara que pegou a Bíblia e tentou "neutralizar" o que se havia aprendido até então, para ler a Palavra e ter a sua própria interpretação vinda do Espírito Santo. Nós muitas vezes não deixamos a Palavra se renovar nas nossas... [mais]
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
30/11/2006, 15:00:50

Viviane,

Qualquer sentimento de "esmagar", degolar, enforcar... alguem daqui, é algo muito normal!! ahah...
Quem nunca deve vontade disso?
A nossa atitude deve ser "suportar-vos uns aos outros" ... é dificil isso, mas...
Assuntos polemicos causam sentimentos de irritaçao...
Principalmente qdo alguem fala pra vc: "Vc está errado!", " nao concordo com vc".

Mas é isso ai!...
Vc tem bons pensamentos...
Contribui para a edificaçao de todos...
E nao se irrite com as discordias de alguns,
acho que o LEONARDO ficou chateado.

O interessante é pensar diferente... senao a conversa nao rende. Tb nao é sempre bom pensar diferente.

Cansei desse assunto tb...
Acho que isso todo mundo concorda.

(0) (0)

Fabio
Araraquara
30/11/2006, 22:22:20

"Consei desse assunto tb...
Acho que isso todo mundo concorda."


Idem!
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
30/11/2006, 22:25:21

Antes de encerrar o assunto, vamos ver se todos concordam com o texto que eu vou tatuar, hauhauhauhauh

"Se tomar as asas da alva. Se habitar nas profundezas do mar. Ainda assim, Tua mão me guiará e Tua destra me susterá."

Não é bacana?
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
01/12/2006, 10:26:40

Que isso? Enquete?
Sim, é bacana.
Apesar de não querer fazer uma tatuagem, não acho que é pecado.
[off] Agora estou com uma música do Vencedores por Cristo sobre esse versículo (acho que é do VC, sim. É tão antigo que eu ouvia em disco) na cabeça. [/off]
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
01/12/2006, 12:06:47

Me auto copiarei:

“Olá! Acho q nós gostaríamos (pelo menos eu gostaria) q a Bíblia tivesse um versículo (quem sabe entre os 10 mandamentos) assim: "E não usareis tatuagem, nem piercing esteja em vós". Acho estranho as pessoas que usam um monte de metais e fazem milhares de tatuagens, mas tb acho alguns sapatos estranhos... Acho q Romanos 14 esclarece um pouco o assunto... Sinceramente, gostaria de saber o q Deus realmente acha disso... Além do +, podemos fazer mal ao nosso corpo sendo obesos, pois poderemos desenvolver uma série de doenças, e ninguém fala q gordura vai contra a criação de Deus...”

Post de 31/08/2003, desse mesmo batfórum.
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
01/12/2006, 13:37:22

Jaime, em Rm 14. 12,13 diz assim: "Assim, pois, cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus.
Portanto não nos julguemos mais uns aos outros; antes o seja o vosso propósito não pôr tropeço ou escândalo ao vosso irmão"
Eu não conheço vc, mas veja bem: se o fato de vc apenas dizer que vai colocar tatuagem está causando esse debate, imagina quando vc colocar? Como vai ser isso na sua igreja ou em lugares que vc for e tiver o povo cristão lá?
Mesmo q vc não ache errado, isso vai escandalizar vários irmãos. Pense nisso!!!
(0) (0)

Elizabeth de Paula
Rio de Janeiro
01/12/2006, 13:40:34

Pegando o gancho do post da Beth, eu gostaria de saber quem pode me dizer o que significa esse "escandalizar" na língua original. Porque o que escandaliza A não escandaliza B e vice versa. E coisas insignificantes para nós podem ser um choque tremendo pra o outro.
Tenho uma blusa camuflada que eu gosto muito (não é decotada, nem apertadíssima nem de alcinha porque não uso roupas assim). Fui com ela na igreja e um irmão ficou chocado, dizendo que eu não podia usar um símbolo do exército, que na ditadura as pessoas eram presas por isso e blá blá blá. Parar de usar é que eu não vou. Mas e aí, estou pecando?
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
01/12/2006, 14:04:04

Ah que beleza, eu coloquei o post só pra ver os irmãos voltando ao fórum, rs... Então ELIZABETH, conforme a gente falou nuns scraps passados, tem muitas coisas que são mais culturais do que espiituais e são confundidas. Este lance de escandalizar é cultural e não espiritual. Tudo tem que ter um porquê. E neste caso, a pessoa teria de ter base bíblica para escandalizar-se.
Concordo com a SARA.
ADILSON isso é só questão de tempo, rs... Eu sou louco pra fazer uma tatoo. Mas ainda não fiz. Mas não acredito que a tatoo é errado. Na verdade entra algumas coisas em jogo que nada tem a ver com o tema do fórum. Mas um dia eu faço.
FLÁVIO - eu queria fazer em hebraico justamente porque fica com uma estética bacana. Em português fica muito grande pra tatuar isso. Em hebraico são 4 palavrinhas.

TODOS - Eu só escrevi pra galera voltar a postar opiniões porque tinha dado uma parada, rs...
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
01/12/2006, 14:05:17

Voltando ao assunto da "Igreja Moderna vs Mundana". Eu acho que as igrejas por muito tempo estacionaram no tempo. Até o começo da desta década nós estávamos estacionados nas tradições humanas (não que isso fosse ruim ou bom) de 1960. Inclusive na forma de nos vestir e tudo mais. O que na minha opinião está acontecendo, é que a igreja está evoluindo muito rápido, todo este tempo que ficou parada e isso tem assustado várias pessoas que associam esta mudança à coisas que não vem de Deus. E eu acho isso ridículo!
Como a Sara citou, os hinos dos tradicionais hinários sacros amados idolatrados salve salve, eram músicas executadas nos pubs europeus no início do século. É só assistir uma copa do mundo que logo se identificam vários hinos no início dos jogos. A copa do mundo seria sagrada? Acho que não. Foi a evolução da época...
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
01/12/2006, 14:10:12

[off] Colocando a cabeça a prêmio só pra ver os irmãos digitando freneticamente? Hehehehe. [/off]
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
01/12/2006, 14:11:44

Um PLIM retumbante em minha mente:
"Portanto não nos julguemos mais uns aos outros; antes o seja o vosso propósito não pôr tropeço ou escândalo ao vosso irmão." Rm 14:13
Interessante que ninguém cita veementemente a primeira parte do versículo, porque é peculiar ao ser humano julgar tudo...
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
01/12/2006, 14:20:23

SARA - lembra o lance que eu falei da cultura? É cultura em várias igrejas fazer fofoca. Mesmo estando dentro do 10 mandamentos e ter várias passagens falando disso, qual é o líder que trata este pecado? Na minha antiga igreja, isso era quase que uma tradição. Igreja de família, já viu né? E era o que destruía a igreja.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
01/12/2006, 14:25:18

Só complementando vou citar um exemplo: Tu chega na igreja com a tua blusa camuflada e a "veiarada" (he he he) já se escandaliza. Te julgam e tudo mais. Você realmente é uma anti-espiritual. Mas você não está pecando por estar com a blusa. Mas a "senhora" que falou da tua blusa, é uma fofoqueira de primeira, mas vai nos cultos de oração. Como ela é mais espiritual que tu (ironia), fica implícito na mente de todos (inclusive na sua) que você é inferior a ela, espiritualmente falando. Sendo que o caso é bem ao contrário. É a hierarquia de santidade. A igreja de aparências. Semelhante às igrejas do Apocalipse. Mas a gente sempre lê sobre essas igrejas pensando que serve para os outros. Nunca associamos as igrejas do Apocalipse às nossas igrejas...
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
01/12/2006, 14:30:00

Pois é, foi o que eu disse uma vez para uma amiga: pecado por pecado, cada um escolhe o que mais agrada e lhe parece justificável...
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
01/12/2006, 14:34:15

Pois é, e as pessoas gostam de reclamar que é difícil alguém ir até a igreja e tal. Mas uma vez, na minha antiga igreja, levei um amigo que tinha brinco, cabelo estranho e ainda foi de boné e um calção jeans rasgado. Cara, a igreja parou para vê-lo entrar (1º erro). Depois, um dos irmãos mais velhos pediu pra ele tirar o boné porque ali era a casa de Deus (2º erro). Santa ignorância, lembra o que Jesus fazia? As pessoas aceitam e depois mudam se acharem que tem de mudar. Mas uma visita?! E eu queria só ver se o visitante perguntasse aonde está na Bíblia a base para não ficar de boné, he he he. Enfim... Depois daquele dia, surgiram vários comentários na igreja sobre o tipo de amizades que o irmão Jaime tinha (3º erro). Esse nem preciso comentar, certo? Por isso, essa igrejas fazem por merecer ver as suas portas a ponto de fechar, pois não estão fazendo a vontade de Deus...
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
01/12/2006, 14:49:19

Mas Jaime, do mesmo jeito que a igreja tradicional repara no punk, metaleiro, etc que vc levar lá, a sua igreja vai reparar em mim se eu chegar todo social...
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
01/12/2006, 15:40:45

E sobre a blusa do exército, saia curta, brinco aro 27, vestido que mostra as costas, cabelo comprido, cabelo roxo, batom vermelho, etc., que as pessoas reclamam contigo quando vc chega na igreja:

Você sabe que vão reclamar qdo c chegar na igreja assim. Tá usando porque quer. Não acho que deva deixar de usar, mas tem que ser adulto e aguentar a pancada sem ficar reclamando depois nos foruns da vida, já que a reação dos outros é perfeitamente previsível.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
01/12/2006, 15:46:54

Perae! Tu conhece a blusa que eu estou falando. Qual é o problema dela?! E eu não estou reclamando. Estou narrando um fato pra exemplificar uma questão.
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
01/12/2006, 16:07:20

Eu concordo com o Rodrigo.

As pessoas estão querendo "popularizar" tudo quanto é lugar, acham que na igreja é lugar de desfile de moda e tudo mais. Alguns vão vestidos de maneira que parecem estar indo a um cabaré. Tudo bem que cada um faz o que quer, mas, o fato de não poderem entrar trajando qualquer coisa em um Fórum não desrespeita ninguém. Se em um Fórum é exigido respeito no traje porque na igreja pode-se ir de qualquer jeito? No Fórum uma mini-saia não passa da porta, mas a igreja tem que aceitar tudo.
No meu ponto de vista, é essa idéia que está quase levando as igrejas a serem obrigadas a aceitar homossexuais como membros, se não aceitarem estarão sendo preconceituosas.
Devemos ter cuidado.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
01/12/2006, 16:14:45

RODRIGO - e no caso do visitante que eu citei? Ele não sabe que vem pancada. Ele acha que os crentes são o espelho de Deus na Terra. E as pessoas o tratam assim.
Quanto a alguém chegar de social na minha igreja, isso tem várias pessoas que vão assim. Não é uma igreja moderna neste sentido. Aliás, lá na igreja isso nem é levado em consideração. O mais importante é o seu coração e estar bem com Deus. Como as pessoas tem essa mentalidade, uma tatuagem exposta ou um brinco aro 27 ou cabelo multicolorido, não é o mais importante e não causa escândalo.
E o problema não é eu saber que vão falar de mim. O problema é que eu me sinto bem com as minhas roupas e não posso usá-las, mesmo não sendo pecado. Enquanto os mais velhos que gostam de vestir-se de social, o fazem sem mais problemas. Mas é tudo questão de vaidade e coisas que devem ser mudadas, pois eu repito: NÃO TEM BASE BÍBLICA!
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
01/12/2006, 16:22:55

FLÁVIO - A resposta é simples. Porque no Fórum uma mulher de mini-saia, pode usar disso para seduzir o juiz que a irá julgar. E tem mais. O Fórum, segue as regras do Fórum. Para a igrejas, as únicas regras estão na Bíblia. E se não estão, logo não são regras. Não tem comparação para essas coisas. Existe somente o bom senso. Tanto de quem se veste, quanto de quem gosta de julgar. Mas o que os menos favorecidos sempre tem que "engolir sapos" pela maioria tradicionalista dominante. O que é errado. Afinal, quem tem razão na igreja? A maioria ou os que seguem a Bíblia?
E o mais engraçado é que geralmente esses que enchem o saco pelos detalhes, são os que parecem que estão na igreja só pra atrapalhar. Nunca se ouviu uma única coisa boa que a pessoa fez. Sempre é ela julgando fulano, atacando ciclano, etc...
E a Bíblia fala que pelos seus frutos os conhecereis...
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
01/12/2006, 16:28:28

Sara
Quando falei da blusa e etc eu quis dar um exemplo que se aplica a todos, naofalei diretamente de vc.

Jaime
Tudo bem, devem ser mudadas, concordo, mas vc sabe que vão falar isso. Tem que aguentar a consequência, por mais errado que pareça.

"Ele acha que os crentes são o espelho de Deus na Terra" >> Não, ele não acha isso. Definitivamente. Se achasse, teria conhecimento bíblico suficiente e seria um irmão nosso.

Flávio
Mas aí, Flavio, quanto ao Fórum, conforme me disse o Lucas outro dia, há um regulamento sobre o traje. Nas igrejas não há. Mas não é por isso que vou me vestir indecentemente.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
01/12/2006, 16:29:50

RODRIGO - Como eu falei o último post, deve haver um bom senso das duas partes. E eu não acho que deve-se "ir e agüentar a pancada". Pancada por quê? Tem que ter motivo. Eu sempre enfrentei e defendi o meu ponto de vista pela Bíblia. Agora, simplesmente ir e todos falarem e eu fingir que não é comigo, não é a postura correta (e isso é Bíblico também). O que acontece é que em algumas igrejas as pessoas acostumam a "aguentar as pancadas" a vida toda. Se tornam coitados, mal-falados e mornos. E isso é complicado, cara! Não deve ser esse o papel da igreja. Hoje o maior trabalho da igreja, ao invés de evangelizar, tem sido, manter os membros atuais, pra não precisar fechar as portas. Isso é admissível pra você? Se é, então beleza. As igrejas intransigentes só sobrevivem se existirem somente membros intransigentes e da mesma opinião. Por isso igrejas acabam.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
01/12/2006, 16:35:38

Não se deve ir e aguentar a pancada, mas se um líder chega pra você e reclama de algum hábito seu, por mais que vc leia a bíblia e entenda diferente dele, a interpretação dele pra regra da bíblia aquela. Ele lê a bíblia e enxerga desta forma rs
Por isso eu disse "não deixe de usar, mas tb não fique chorando pelos cantos".

E além disso, ficar de fora reclamando é fácil, quero ver ter disposição pra administrar pessoas diferentes dentro de uma congregação.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
01/12/2006, 17:22:22

Jaime,

Quer saber o que é bíblico? Foi Deus quem instituiu a liderança (diáconos e presbíteros), no período apostólico eles eram os líderes e os concílios eram feitos por eles, depois, com a morte dos apóstolos novos líderes surgiram e estes passaram a ter a responsabilidade de liderar. Quando a Bíblia diz que a mulher (estou apenas tomando um exemplo) deve se portar decentemente abre margem para muita coisa, porque o que é indecente para mim pode não ser pra você, mas e aí então, como resolver isso? A liderança resolve, interpreta, e se ela acha que usar calça é indecente os membros devem respeitar, se não, pra quê liderança? Esse é o papel dela. Eles responderão diante de Deus pela decisão que tomaram, agora, criar uma revolução que chegue a dividir a igreja, para mim não é a solução. E outra coisa, se a vontade do crente é servir a Deus de verdade, essas coisas de calça ou saia e outras coisas afins passam a estar em segundo plano.

Rodrigo,

Concordo, quero ver ter peito para liderar tantas cabeças pensando diferente.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
01/12/2006, 17:32:29

RODRIGO - O problema é que às vezes eles nem a Bíblia enxergam. Eu digo isso porque eu já fiz reunião com a minha antiga liderança em que eu mostrava versículos bíblicos e ele não tinha o que mostrar contrário e me disse que seria feito assim, porque sempre foi assim e continuaria sendo. Ps.: Eu graças a Deus não vivo mais problemas com a liderança. Mas citei aqui no Fórum porque conheço bem esta realidade. Passei a maior parte da minha vida numa igreja assim.

FLÁVIO - Aí que está Flávio. Se a decência é relativa, eu acho que não cabe ao líder estipular o que será ou o que não será. Cabe ao Espírito Santo tocar em cada pessoa. Pois qualquer regra que o líder fizer, não irá agradar 100% das pessoas. E só pra constar, eu acredito que tem muito líder hoje que não foi instituído por Deus. Pessoas que se acham ungidas por Deus pra este ministério, mas que não o são de fato. Eu digo porque vivi isso também.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
01/12/2006, 17:50:29

Sim Jaime, concordo que muitos líderes não deveriam ocupar este lugar, mas como podemos julgar? Como já disse, eles responderão diante de Deus por isso.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
01/12/2006, 17:56:41

Olha

Aviso logo que não li tudo, na verdade nã li nada. hahaha
Mas...


Rodrigo, realmente liderar, comandar, ensinar uma cabeçada não é fácil, mas eu me pergunto: Será que temos visto isso nas CO? Temos visto presbíteros que comandam, que lideram e que ensinam, ou apenas quem quer mandar e que quando vc pergunta simplesmente o pq das coisas não sabem dizer?
(0) (0)

Lucas Neto
Rio de Janeiro
01/12/2006, 18:01:06

Flávio, é verdade, mas isso tb é muito cômodo, não é mesmo?
(0) (0)

Lucas Neto
Rio de Janeiro
01/12/2006, 18:04:03

Aí...

Jaime o Rodrigo, será que rola um resumo dessa bagunça pra mim. Agora vou entrar de férias e vai dar pra discutir a noite, pelo menos a noite. hahah
(0) (0)

Lucas Neto
Rio de Janeiro
01/12/2006, 18:05:40

Lucas,
Mais difícil que encontrar quem lidera, é encontrar quem quer ser liderado. Porque ser liderado significa abrir mão de opiniões que são quase lei pra nós.

Jaime
Se vc como líder de igreja deixar em liberdade pra pessoa fazer o que acha que o ES mandou ela fazer... não quero nem pensar rs
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
01/12/2006, 20:03:12

Jaime,

Por que vc tatuaria algo em hebraico?
Pra quem ler? Quase ninguem lê em habraico aqui no Brasil.
Seria pra vc falar as pessoas que perguntarem o que está escrito?
E vc acha que a mensagem teria algum significado pra quem saber (essa que vc escolheu)?
(0) (0)

Fabio
Araraquara
01/12/2006, 22:24:50

Jaime,

Essa sua antiga igreja é mto parecida com uma que eu conheço.
Nao acredito que essas igrejas tem a bençao de Deus. Por que ela nunca cresce... os membros vao embora... está cada vez menor...


(0) (0)

Fabio
Araraquara
01/12/2006, 22:39:01

[1ª Parte]
(...) “Restabelecido, lembrou-se dos sonhos que tivera enquanto estivera com febre e delirando. Sonhou que o mundo inteiro fora assolado por um flagelo terrível e sem precedentes que, vindo das profundezas da Ásia, caíra sobre a Europa. Todos deviam morrer, salvo um pequeníssimo número de privilegiados. Surgiram uns seres microscópicos, uma triquina de uma nova espécie, que se introduziam no corpo das pessoas. Mas esses seres eram espíritos dotados de inteligência e vontade. Os indivíduos infectados ficavam no mesmo instante loucos furiosos. Todavia, coisa singular, nunca os homens se tinham julgado tão sábios, tão seguros da posse da verdade, como julgavam estar esses que eram contaminados pela doença. Nunca tinham tido mais confiança na infalibilidade dos seus juízos, na solidez de suas conclusões científicas e dos seus princípios morais e crenças. Aldeias, cidades, povos inteiros eram atacados por aquela moléstia e perdiam a razão, não se compreendendo uns aos outros.
(Continua...)
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
02/12/2006, 00:43:02

[2ª Parte]
Cada um julgava saber, ele só, a inteira verdade e, contemplando os seus semelhantes, afligia-se, batia no peito, chorava e torcia as mãos. Ninguém se entendia sobre o bem e sobre o mal, nem sabia quem se havia de condenar e quem se havia de absolver. Matavam-se uns aos outros, movidos por uma cólera absurda. Reuniam-se formando grandes exércitos, mas, começada a campanha, as tropas dividiam-se bruscamente, as fileiras rompiam-se, os guerreiros atiravam-se uns aos outros, assassinavam-se e devoravam-se entre si... Nas cidades tocava-se a rebate todo dia, mas por quê, a que propósito? Ninguém sabia, e toda gente andava alarmada. Abandonaram os ofícios mais corriqueiros, porque cada um propunha sua idéia, as suas reformas e nunca havia acordo; a agricultura também foi abandonada.
(Continua, mas falta pouco pra acabar).
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
02/12/2006, 00:43:52

[3ª Parte]
Aqui e acolá homens reuniam-se em grupos, combinavam uma ação comum, juravam não se separar – mas um instante depois começavam a fazer outra coisa completamente diferente daquela que acabavam de acordar, punham-se a acusar uns aos outros, a bater-se, a apunhalar-se. Houve incêndios e fome. Homens e coisas pereciam. O flagelo estendia-se cada vez mais. No mundo inteiro só podiam salvar-se alguns homens, predestinados a refazer o gênero humano, a renovar a terra, mas ninguém via esses homens em parte alguma, ninguém ouvia suas palavras.”
(Texto extraído do livro Crime e Castigo, de Dostoiévski)
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
02/12/2006, 00:45:34

DOMINGO É DIA DE DESCANSO AQUI NO FORUM?
NINGUEM ESCREVE NADA!
(0) (0)

Fabio
Araraquara
04/12/2006, 01:09:33

DISCUTEM OUTRO ASSUNTO....
EUTANÁSIA É UM ASSUNTO INTERESSANTE.

(0) (0)

Fabio
Araraquara
04/12/2006, 01:16:19

LUCAS - Aqui nós estamos discutindo sobre tatuagens (que eu defendo). Sobre vícios (que eu tenho uma visão extremamente moderna, mas com algumas bases lógicas). E agora chegamos na liderança. Mas as tatoos foram as que causaram maior rebuliço. Cara, mas tu sabe que resumir o Fórum é bem complicado, né, rs... Mas eu queria que tu tivesse lido meus argumentos. Senti a tua falta neste tema, hauhauhauhauha. Mas continue daqui. Escreva a sua opinião que a gente vai evoluindo. Abraço cara!
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
04/12/2006, 09:08:26

RODRIGO [post 297] - a liberdade de Espírito que Deus nos deu é justamente para cada um responder pelos seus atos. Cara, o pastor deve pastorear quem quer ser pastoreado. Ele pode ir atrás dos desviados. Pode se esforçar ao máximo. Mas quando a pessoa tem que querer. E eu acredito que essas coisas que nós não temos como das o veredicto final, rs..., temos que deixar o Espírito falar. O que acontece é que a maioria das COs gostam muito de falar do Espírito Santo e fazem as reuniões de Ceia, deixando o Espírito guiar, mas na verdade não acreditam na ação do Espírito. Digo isso, porque tive problemas com a liderança uma vez que citei que num determinado assunto, eu não sentia que o Espírito me dizia para fazer diferente. E eles quase riram da minha cara. O que eu acho é que muitos líderes preferem ser líderes para não precisarem ser liderados. O que o Lucas citou é muito evidente nas COs. Presbíteros que só tem o título e estão lá na hora da exortação. Mas no acompanhamento, assiduidade, discipulado, etc... Isso eles quase nunca fazem.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
04/12/2006, 09:13:49

FÁBIO [post 298] - Eu quero fazer a tatuagem em hebraico porque eu acho bacana. É gosto pessoal meu. Eu não tenho que ficar "gospelizando" as coisas. Cara, eu não acho errado fazer uma tatuagem por estética. Mas é claro que as pessoas vão perguntar e eu vou responder. Mas um dos motivos de eu querer em hebraico é porque o texto fica bem menor. Tu viu como é grande o trecho. Se fôsse em português, seria muito grande. Em hebraico são umas 4 palavras. Porque eles tem uns risquinhos que expressam as vogais e tal. Fica bem bacana.
Mas o motivo de eu querer fazer é justamente porque este texto me vem à cabeça em muitas situações da minha vida. E eu jamais quero esquecê-lo. E também porque eu quero fazer uma tatoo.
Por mais que eu não vá fazer a tatuagem para sair evangelizando com a minha pele (ahuahuahah), eu acho que essa passagem nos fala e muito. Sou suspeito, pois amo essa passagem!
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
04/12/2006, 09:19:21

"Cara, o pastor deve pastorear quem quer ser pastoreado."

Mais um motivo pro cara reclamar quando alguém chegar de vestido curto, cabelo longo, piercing, etc(se o pastor for contra isso), afinal ele já sabe quem do rebanho quer ser e quem não quer ser pastoreado. E o pastoreio inclui a imposição de limites.

Eu ainda não tenho uma opinião formada sobre arte no corpo em geral, mas se o pastor já tem uma opinião contrária ele deve impor o limite que ele julgar necessário. Acredito que o pastor tem uma certa discricionariedade para resolver este tipo de assunto, já que a bíblia não expressa claramente todas as regras de conduta, dando margem à diversas interpretações.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
04/12/2006, 12:58:15

Jaime, pra vc não esquecer um texto vc tem q ter guardado no coração, "Escondi a tua palavra no meu coração pra não pecar contra Ti". No braço não adianta nada. O argumento da estética me parece adequado, mas o de lembrar-se do versículo olhando pra tatuagem não.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
04/12/2006, 13:00:40

RODRIGO [post 308] - Cara, eu não ligo que o pastor imponha limites. Mas toda regra deve ter um motivo. No caso do cristinanismo, toda regra deve ter a Bíblia. E se não tiver, me desculpe, mas ou o cara me fala que não gostaria que eu fizesse porque ele não quer. Ou ele me permita fazer.
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
04/12/2006, 13:47:36

RODRIGO [post 309] - Pô, cara eu já repeti um monte de vez a mesma coisa neste tema e vou repetir novamente pra você. O fato da tatuagem ser de um assunto cristão é mera coicidência. Eu não to fazendo a tatuagem com o intuito de evangelizar ninguém não. EU QUERO FAZER A TATOO PORQUE ACHO BONITO. E que isso fique bem claro. Eu não sou do tipo que fico achando um meio "gospel" de fazer as coisas do mundo. Mas o caso das tatuagens eu não vejo base bíblica para não fazer e é uma coisa que eu acho bacana. Acho moderno e eu curto coisas modernas. É isso.
Resumindo pra você e para todos do fórum: Eu quero fazer tatuagem porque eu gosto e não vejo base bíblica contrária. Ok?
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
04/12/2006, 13:50:28

310 - Então você não pode namorar, já que não está na bíblia. Portanto, vá ao pai da garota por quem você se interessa e tome-a trabalhando 7 anos como Jacó. E se liga, pra ele não te dar a irmã dela só de sacanagem.

311 - E eu não disse q vc quer gospealizar nada, vc q disse q quer fazer pra se lembrar do versículo. E eu respondi com base no que você disse.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
04/12/2006, 14:31:19

RODRIGO [post 312] - Bem, quanto à primeira parte do teu post, nem preciso comentar. Isso também já foi discutido aqui e eu já coloquei a minha opinião um monte de vezes sobre todas as coisas que não estão na Bíblia. Sinceramente, você entendeu o que eu quis dizer, mas respondeu como quem não tivesse entendido. Então, não preciso dizer mais nada, rs...
Quando à segunda parte, eu disse sim que quero tatuar a passagem bíblica porque é algo que eu gosto e que está presente nos momentos da minha vida que eu preciso. Agora, daí a falar que eu tenho que esconder a Palavra no coração, eu acho que não tem nada a ver. Já que em inúmeros posts eu falei que queria fazer a tatuagem porque EU ACHO BONITO. E eu já tinha falado isso no post 307. Tem que ler as opiniões antes de concluir alguma coisa cara. Senão quem já está no assunto fica repetindo a mesma coisa um monte de vezes.
Abraço...
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
04/12/2006, 15:08:38

Eu só quis dizer que tem coisas que devemos fazer que não tem base bíblica e tem coisas não devemos fazer que tb não tem base bíblica. Não ter uma orientação bíblica direta pra não fazer as coisas não é justificativa pra fazê-las. É, conforme eu disse, discricionário, depende da sua vontade e do bom senso.

"Mas o motivo de eu querer fazer é justamente porque este texto me vem à cabeça em muitas situações da minha vida. E eu jamais quero esquecê-lo."

Além da estética, vc disse q quer fazer pra não esquecê-lo. O motivo do esquecimento cai por terra justamente pela base bíblica do "Escondi a tua palavra no meu coração pra não pecar contra Ti".

Li todas as suas opiniões anteriores, pois estou acompanhando este fórum desde o primeiro post.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
04/12/2006, 15:16:22

Eu acho bonito tatoo, mas sei que se eu fizer a igreja vai cair em cima de mim.
Mas tem grupo s evangelicos que usam tatoo e brincos, etc...
...Entao cada um deve fazer o que acha... e se sentir discriminado, mude de igreja.
DEPOIS QUEM VAI ACERTAR AS CONTAS COM DEUS E QUEM FEZ, MESMO!

(0) (0)

Fabio
Araraquara
04/12/2006, 22:25:21

Eu tava vendo esses dias uma notícia na internet que há uma turma lá dos E.E.U.U. que fazem tatuagens, e outras transformações corporais, e curtem se pendurar em ganchos, fundaram uma igreja. Pena que naõ tenho o link no momento, mas quem quiser ver pesquise na internet. Claro, esta igreja não é cristã, foi chamada de igreja porque os caras querem tirar alguma espiritualidade do que fazem.

Esse assunto de tatuagem já encheu, hein. O cara do site podia mudar o assunto do fórum.
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
05/12/2006, 10:43:22

Não è a igreja que esta mundana e sim os irmãos que estão querendo trazer o mundo pra dentro da igreja. como pode ser isso se ja não somos mais do mundo!!! as coisas velha ja passaram eis que tudo se fez novo.II: corintios 5 :17.portanto temos que ter todo esse cuidado em querer trazer algo do mundo pra dentro da igreja de CRISTO. Alimpai-vos, pois do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque CRISTO, nossa pàscoa, foi sacrificado por nòs. cuidado irmãos vamos ter prudencia.
Abraço a todos
(0) (0)

Vera L C Santos
Sorocaba
05/12/2006, 22:03:53

Essa questao de mundaninsmo ou modernismo e muito subjetiva na minha opinião.
Cada um pensa de um jeito, mas o que acaba falando mais alto é a tradição dos homem, a cultura.
O que é mundanismo pra mim pode nao ser pra outra pessoa e vice-versa.

Por isso penso que o que deve prevalecer sempre é o fundamento biblico de Cristo: Morto, Ressuscitado, Pecado, Arrependimento, Fé para Salvação.
Isso que realmente importa.
O homem sempre anda querendo "mexer" nas coisas de Deus, por isso hoje o Cristianismo perece essa "bagunça", cada um diz uma coisa diferente se taxando os "CORRETOS".

E se cada um diz uma coisa diferente, quer dizer que o cristianismo/Biblio nao é um livro de leis e regras. pois se fosse, seria inconstestável.

Entao cada um deve fazer aquilo que a sua consciência ( c/ DEUS) julgar ser verdadeira.
De qualquer forma nós vamos viver as consequências das decisões tomadas.

Me revolta ver "irmaos" quebrarem a comunhao com outro por se acharem mais certos do que outros, segundo a interpretaçao biblica de cada um.
(0) (0)

Fabio
Araraquara
06/12/2006, 21:34:48

mundanismo é a prática dessas pessoas que infiltram ensinamentos desnecessários com o apelido de G12. Misturando de forma inescrupulosa o trigo com o joio. Essa técnica adotada pelo diabo agora é mais eficaz do que essas discussões pequenas de "pode ou não pode na igreja". Esse método de nos dividir com a mentira dentro da própria igreja é mais poderoso.
(0) (0)

Cleilton Pessoa Amaral
Rio Branco
06/12/2006, 22:46:56

Rodrigo. Existe base bíblica EXPLÍCITA... e existem os princípios (a base IMPLÌCITA, por assim dizer...) que a Bíblia ensina...

Muuuuuuuuuuuuuuito pouca coisa fica fora de análise sob essas duas óticas.... só não digo que "NADA" fica fora, pq sempre é complicado ser tão absoluto em dizer "nada" né? .... mas eu não me lembro de alguma exceção à essa regra...

(aliás, talvez essa regra que eu falei seja a excessão à regra que diz que "toda regra tem sua excessão... deu pra entender? rsrs...)
(0) (0)

Rafa
Araraquara
07/12/2006, 01:14:04

Rafa e Fabio, a pluralidade de pontos de vista pode ser vista mesmo dentro da própria Bíblia. Me parece que nunca houve uma linha de pensamento única, mesmo na Bíblia, pode-se ver várias linhas de pensamento. Desde um puritanismo até um liberalismo. O resultado disso é um equilíbrio.

Nós usamos a Bíblia como a Constituição da nossa vida. E assim como as leis parecem ser distorcidas pelos advogados, assim também muitos distorcem a Biblia, ou então enfatizam muito algum aspecto, desprezando outro.

Tendemos ver a Igreja como uma corporação que tem regras completas que todos têm que seguir, quando na verdade as leis são feitas para organizar os desejos humanos e garantir uma qualidade de vida, ora reprimindo um pouco, ora liberando um pouco.

A liberalidade e a repressão podem variar no decorrer do tempo, dependendo da situação vivida pelo ser humano.
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
07/12/2006, 09:24:59

Rafa(acho que vc falou comigo e não com o outro rodrigo rs),

Acho que entendi.

Pois é, a base implícita, a que não é taxativamente escrita, depende do bom senso e da vontade do cara em fazer ou não. E o cara sempre arruma um motivo que justifique fazer ou não o que ele quer. Entendeu tb? haha
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
07/12/2006, 10:27:35

É o que eu já havia dito, cada um interpreta da forma mais conveniente e, na verdade, são poucos os interessados em servir a Deus de verdade.
(0) (0)

Flávio Costa
Muriaé
07/12/2006, 10:40:27

E desses poucos que acham que estão interessados em servir a Deus de verdade, na verdade também uma boa parcela interpretam da forma que lhes seja conveniente.

Nós vivemos numa época em que a Igreja naõ está ligada à modernidade. Na época da Reforma, por exemplo, ser protestante era ser moderno, romper com o antigo esquema católico-feudal, e ser protestante-burguês.

Hoje em dia o nosso modo de vida tem a ver com a rebeldia dos anos 60, com o liberalismo dos hippies e etc. Esse modernismo que vivemos e aceitamos em muitos aspectos, não partiu da Igreja.

Aceitamos essa modernidade em muitos aspectos, como por exemplo o namoro, que do jeito antigo até beijos e abraços eram pra ser liberados só depois do casamento. Após os hippies houve mais liberdade num namoro, e nós, que não queremos ser bobos, aceitamos. Mas se olharmos para o modelo bíblico, veremos a intimidade permitida somente no casamento, com permissão e previsão dos pais.

Creio que este é somente um exemplo dos muito... [mais]
(0) (0)

Rodrigo
Campinas
07/12/2006, 11:39:10

Galera, tô de férias!! rsrsrs

Com base no pequeno resumo do parceiro Jaime...
Olha acho o lance das tatuagens maneiríssimo. Eu mesmo só não faço uma, coloco um piercing e um brinco pq, como o povo que me conhece sabe, tenho um certo probleminha com agulhas. Sabem como é, né?
Mas acho legal mesmo.

Bem, mesmo atrasado, aí vamos nós...
Rodrigo [297], discordo de vc! Encontrar quem quer ser liderado é fácil, muito mesmo, o problema é que, pelo menos a regra de muitas igrejas locais que conheço, as pessoas que se dizem "responsável pelo trabalho" não são líderes, mas sim mandões.
Encontrar pessoas querendo ser lideradas é fácil, basta olhar a sua volta, o problema quem se levante como lider de verdade, e não pela força, se coloque com argumentos e Bíblia na mão, e não na base do "BRASIL: Ame-o ou deixe-o".
(0) (0)

Lucas Neto
Rio de Janeiro
08/12/2006, 02:22:52

LUCAS - Esse é o meu brother de fórum, hauhauhauhauhauh. Fiel escudeiro, rs... Mas que folga é essa de férias. Aproveite as férias e faça uma tatoo. Cara, eu também acho muito massa tudo isso. Mas tem que ter bom senso, caso vá colocar tudo, pra não ficar brega. Parecendo um pinheirinho de Natal. Tipo, eu colocaria um piercing na orelha (encima). Um brinco de argola pequeno (prata de bali). E uma tatoo nas costas! Ow, vamos fazer, he he he. Abraço cara...
(0) (0)

Jaime Heringer Müller
Curitiba
08/12/2006, 09:23:21

O q vc entende por "Querer ser liderado"? Eu entendo que querer ser liderado é, muita das vezes, acatar ordens. E isso não tem ninguém querendo nem nas relações trabalhistas, quanto mais nas igrejas.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
08/12/2006, 10:40:54

Férias?????
Já é a 3ª vez que tu tira ferias este ano, depois quer falar mal de mim...
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
08/12/2006, 10:42:01

Olá queridos, por enquanto não sou assíduo neste fórum. Mas não passou desapercebido as 328 opiniões acerca do assunto. Aliás entendo que o espaço disponibilizado para trocar experiencias, expor idéias, tirar dúvias e informações já publicadas. Daria um calhamaço de folhas. Sugiro a indicação deste fórum para possveis pesquisas sobre Igreja moderna ou igreja mundana. concordam? só o Lucas, Jaime e o Rodrigão, permissão para intimidade(!!!) os campeões de posts. e seus escudeiros ..com certeza absoluta , teriam seus nomes nas referências bibliográficas, nas muitas teses de sociologias espalhadas por essa terra brasílis. um abraço a todos.. ps.. entrei, comentei, mas resolvi passar a largo do tema do forum... rsrs,,, foi de propósito.
(0) (0)

Francisco Chagas
Fortaleza
08/12/2006, 14:09:27

Calhamaço de folhas?
Pesquisas?
Teses de sociologia?

Caramba, eu não sabia que estávamos contribuindo tanto assim pra humanidade postando aqui hehehehe


Obrigado pelos elogios.
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
08/12/2006, 15:06:29

[off] Por isso a humanidade está do jeito que está, hauhauahua! Sorry! Não resisti... [/off]
(0) (0)

Sara 8:)
Rio
08/12/2006, 16:53:21

[off]
e vc faz parte da causa hahahahahahaha
gente, tão sabendo que ela caiu no shopping de informática???? huahauahuahauahe


[/off]
(0) (0)

Rodrigo Fidelis Macedo
Rio de Janeiro
08/12/2006, 19:07:08

Concordo plenamente com o que vc disse RODRIGO,

"Nós vivemos numa época em que a Igreja naõ está ligada à modernidade. Na época da Reforma, por exemplo, ser protestante era ser moderno, romper com o antigo esquema católico-feudal, e ser protestante-burguês."

É por isso que eu digo que a igreja parece que parou no tempo!

Essa questao do namoro é interessante tambem!
Tambem acredito que no tempo de Cristo nao se beijavam na boca antes do casamento.
Mas ninguem da igreja é contra isso, dizendo ser pecado.
Seria um absurdo nos dias de hoje beijo só depois do casamento.
...
(0) (0)

Fabio
Araraquara
08/12/2006, 20:18:11

Jaime, se eu tivesse coragem (como disse tenho um certo probleminha com agulhas...) eu faria uma tatoo parecida com uma que eu vi em um dos caras do WhiteCross e colocaria um brinco numa orelha e um piercing na outra ou no nariz.

Rodrigo, as relações trabalhistas não são os melhores exemplos com relação à igreja, ta;vez a família seja melhor.
E seguindo por esse caminho podemos pensar naquela casa onde o pai é o dono da verdade, o sabe tudo, e que só manda sem que haja nenhuma explicação, e de outro lado aquele pai que, sem abrir mão da autoridade e do que é correto, segue mantendo a familia unida sob a sua LIDERANÇA, e não apenas mando.
(0) (0)

Lucas Neto
Rio de Janeiro
09/12/2006, 01:19:32

Cara, férias é um coisa realmente muito boa. hahahaha

Acho que a Sara ficou com ciumes pq não foi citada. haha

Mas conta essa da "Terezinha de Jesus que foi a queda, foi ao chão". hahahah
(0) (0)

Lucas Neto
Rio de Janeiro
09/12/2006, 01:24:14

Estou boiando...

Fabão (já que a moda agora são os aumentativos), eu nã oentendi uma coisa: vc é contra ou a favor da troca de saliva antes do casório?
(0) (0)

Lucas Neto
Rio de Janeiro
09/12/2006, 01:33:10

[off] Lucas, eu faria o mesmo comentário se fosse incluída no rol, huhauah. E eu não caí. O Rodrigo me jogou. [/off]
(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
11/12/2006, 07:39:51

Lucas,

Logico que sou a favor do beijo!
É que tem mta gente que acha que tudo tem que ser tirado como exemplos das vidas dos personagem biblicos, considerendo cultura e costumes (alguns deles)
Entao me pergunto: Naquele tempo era pecado beijo na boca? sendo que o beijo é um contato intimo.
Isso é apenas uma observação!

(0) (0)

Fabio
Araraquara
11/12/2006, 19:16:16




Temas em pauta:
A decisão de não ter filhos
Teologia da Prosperidade
O Mercado Evangélico
Traduções da Bíblia
Doações e esmolas
Adoração genuína
Igreja urbana
Mulheres no Ministério

Especiais:
Testemunho pessoal

"Aquele que começou a boa obra a aperfeiçoará até o dia de Cristo Jesus." Filipenses 1:6


 
Cheap Moncler Jackets Cheap Moncler Jakker Cheap Moncler Coats Cheap Moncler Down Jacket Cheap Moncler Down Coats Cheap Moncler Doudoune Cheap Moncler Jackets On Sale Cheap Canada Goose Parka Cheap Canada Goose Montebello Parka Cheap Canada Goose Jackets On Sale Cheap Canada Goose Chilliwack Bomber Cheap Canada Goose Montreal Cheap Canada Goose Jacket Sale Cheap Canada Goose Women Emilio Pucci Dress Emilio Pucci Dresses Emilio Pucci Sale Cheap Emilio Pucci Emilio Pucci Outlet Emilio Pucci Online Emilio Pucci Gown Cheap Parajumpers Online Shop Cheap Parajumpers Sale Cheap Parajumpers Damen Cheap Parajumpers Jakke Cheap Parajumpers Jacka Cheap Parajumpers Gobi Cheap Parajumpers Norge Cheap winter Coats Cheap Winter Coat Sale Cheap Winter Jackets Cheap Winter Down Jacket Cheap Winter Down Coat Cheap Winter Jackets Cheap Winter Jackets Outlet Cheap Woolrich Coats Cheap Woolrich Parka Cheap Woolrich Arctic Parka Cheap Woolrich Arctic Parka Cheap Woolrich Outlet Online Cheap Woolrich Parka Sale Cheap Woolrich Parka