Usuário: Visitante | Identifique-se | Cadastre-se
               #126: Dízimos o Ofertas17/05/2011 
10 176  

Paulinho Degaspari, Sara 8:), Marcelo Mathias, Cristiano Machado, Cassiano Luz e Giuliano Barcelos discutem um dos temas mais polêmicos e controversos da cristandade: Dízimos o Ofertas.

Descubra a origem dessas práticas e tente entender, junto com a gente, qual a relevância delas para os dias de hoje.

Duração: 00:48:34

Siga @irmaos_com e @editorahagnos no Twitter
para não perder nenhuma promoção!

#ficadica:

Para ouvir o programa, clique no "play" ou faça o download da qualidade desejada clicando sobre o link com o botão direito do mouse e escolhendo "Salvar destino como...":


ALTA (128 Kbps) - Download (33.42 MB) | Abrir no pop-up | Download .zip

PADRÃO (64 Kbps) - Download (22.31 MB) | Abrir no pop-up | Download .zip

BAIXA (32 Kbps) - Download (11.19 MB) | Abrir no pop-up | Download .zip

[MUTIRÃO DE TRANSCRIÇÃO] Comece agora a transcrever este programa!

[Comente (176)]

[Comente]
176 comentários

Tema polêmico! Espero ouvir em breve :D

(0) (0)

Felipe Huvos Ribas
São Paulo / São Carlos
17/05/2011, 02:26:09

Caramba, fiquei dando F5 sem parar e não consegui ser a primeira? Como assim...rsrs o.O

(1) (0)

Françoise Guimarães
São Paulo
17/05/2011, 02:32:50

Vamos ouvir... minha opinião sobre esse tema é bem forte e controversa... vamos ver o que o pessoal pensa a respeito.

Abcs.

(0) (0)

@matheusmsoares
Campinas/SP
17/05/2011, 02:49:05

Opa! Primeira a comentar depois de ouvir tudo! o/ hehehehe
Muito bom o debate! É muito legal ter pessoas com opiniões diferentes debatendo mas respeitando os outros!
A ideia é essa. trazer o debate sem impor opinião a ninguém.
Estão de parabéns!

(2) (0)

Elida Suzana
Maricá/rj
17/05/2011, 03:29:26

Bom penso como o Paulinho e os outros amigos,
o dízimo é claramente colocado como mandamento da antiga aliança e não tem, fundamanento na Nova Aliança que é somente ofertas não vivemos a lei mas sim a graça.Ofertas voluntárias não a o jugo da lei.É fato que este entendimento é um entendimento reformado aqueles que seguem a linha calvinista
Na Graça nada é por obrigação somos livres em Cristo libertos pq alguns gostam de ser presos novamente. Não sabem viver no amor.
Bom tema fight kkkkkkkkkk; Abraços....

(1) (0)

Anderson Luiz Lopes Melo
Rio de Janeiro
17/05/2011, 03:33:07

Já acabou? Caramba, bem Super Pop mesmo, mas muito bom...Gente vai dar uma polêmica danada isso. Ai como eu gosto de uma muvuca desse gênero. Estamos acostumados a obedecer muito mais à tradição da instituição à qual pertencemos e discutimos muito pouco o contexto biblico a que se refere uma ou outra passagem. O ponto principal que devemos nos atentar nessa discussão não é somente a obrigatoriedade do dizimo ou não, mas como nós igreja, temos a mania de ir seguindo o fluxo do que é pregado sem verificarmos na biblia a veracidade daquilo que nos é transmitido. Muito bom o podcast,concordo com vcs,(fico aqui respondendo as perguntas em voz alta, muito engraçado isso!) Pra falar a verdade, acho que até o Giuliano vai começar a se questionar sobre isso depois que ele ouvir o que ele disse... Ai, acho que falei demais...

(1) (0)

Françoise Guimarães
São Paulo
17/05/2011, 03:39:44

De tudo que foi debatido, faço coro juntamente com o Cristiano e aplaudo o Cassiano de pé. Matou a pau a questão. Dinheiro no NT é só pra ajuda dos necessitados e sustento de obreiros.

Particularmente não me sinto e nunca me senti obrigado a dar 10% dos meus rendimentos, dou mais do que isso ou às vezes menos, mas sempre com integridade do que meu coração propôs e COM CERTEZA não coloco tudo dentro da instituição, afinal EU sou responsável pelo que Deus me dá (os 100%), então EU tenho que ter consciência para usar tudo em prol do Reino, não posso simplesmente terceirizar a administração do que eu ganho pra instituição, porque aí é só desculpa pra fugir da minha responsabilidade.

Parabéns pela coragem de colocar um tema polêmico, mas que é muito claro nas Escrituras.

(1) (0)

@matheusmsoares
Campinas/SP
17/05/2011, 03:42:17

Caramba, minha namorada tem razão... to viciado nesse podcast, acordado até as 3:45 da matina e terceiro comentário num negócio que saiu + de 2 da manhã. :S

(0) (0)

@matheusmsoares
Campinas/SP
17/05/2011, 03:44:45

Então vamos lá baixando por enquanto mais tarde volta pra deixar o comentarios!!!!
Mas pelo titulo e por quem faz o pod podemos tirar uma conclusão vem coisa boa por ai!!!!
que Deus abençoe!!!

(0) (0)

Ocelio e Ruth
Fortaleza
17/05/2011, 06:34:54

O dízimo estabelecido pela lei tem uma função especifica; manter Templo e os Levitas
no Novo Testamento (Nova Aliança) a igreja (física, instituição) não entra no lugar do Templo judaico, pois o templo passa a ser o nosso próprio corpo.
Nós devemos contribuir com a manutenção da igreja, não por lei mas por lógica, não é Deus que precisa de energia elétrica, somo nós... então quem tem que pagar a conta?

(0) (1)

Ricardo Henrique da Silva
São Bernardo do Campo
17/05/2011, 08:48:31

Ótimo programa!

Só faltou falar um pouco mais sobre as origens do dízimo e a função em relação a tribo de Levi... Os caras não trabalhavam, não tinham como levantar uma grana, ficavam o tempo todo à serviço do sacerdócio, e então os dízimos e ofertas eram destinados a eles, para sutento, por não terem herança. Por exemplo, o pessoal não dava um cheque ou punha um dinheiro no envelope azul, eles davam um boi, parte da colheita, era comida, sustento físico.

Como disse o Giuliano, é um aio para que o povo aprendesse o verdadeiro valor das coisas. Hoje infelizmente o dinheiro ainda vale mais que pessoas na igreja institucional. Prova disso são pastores mandados embora porque a igreja não "cresce", se é que vocês me entendem...

Bora fazer uma força-tarefa pro povo entender a benção de contribuir com 100% do que vc é, não só do que vc ganha!

(0) (0)

Lucas Alhadef Clemente
Londrina
17/05/2011, 10:26:44

Outra coisa, a graça de Deus sempre existiu, mesmo no AT. Se não fosse a graça, que seria da gente??

Não existe isso de "tempo da graça", isso é invenção. Como disse Paulo, a Lei foi cumprida, não abolida ou substituída pela graça.

(1) (0)

Lucas Alhadef Clemente
Londrina
17/05/2011, 10:29:09

apesar de já ter uma consciência sobre a Luz que Cristo veio trazer, aprendí muito em relação a outras coisas! ;) Solenidades ao PodCast 126! kkk!

(0) (0)

Marcos Paulo e Sheila
Salvador
17/05/2011, 11:40:43

Valeu Giuliano,

Obrigado por incentivar este tema... ainda estou nos primeiros minutos do Pod, mas já está fascinante (!!!)

É um assunto que está me deixando com vários problemas fianceiros (rssrsss)...

Depois comento mais *quando terminar de ouvir!!*

(0) (0)

Fellyp Cranudo
Rio de Janeiro
17/05/2011, 12:17:21

Extorsão é crime!

Tenho certaza que o Guil se arrependeu de insistir com o tema, pois perdeu! Cristiano, Sara e Cassiano acabou com ele! ^o^P

Guil, to brincando tá?!?

[SINO CHINÊS] Round 1! Fight! XD

Fiquei com medo que houvesse algum FATALITY!!!

Como Paulinho falou, nem sempre é você que colhe o que você semenou... Aprendi isso no CityVille no Facebook... "Pranto sempre e nunco colho nada!!!" XD ^o^P

Salva de palmas para foraça de vontade do Guil... o/ Adoro ele... Adoro de gostar muito, ok!? ^o^P

Shalom heróis!!!

Portal Heróis da Fé ~ 1 ANO ~ [go.irmaos.com/2v] ~ Refletindo a simplicidade do Reino ~ Soli Deo Gloria!!!

(0) (0)

Vitor Bruno Chaves Calixto
Rio das Ostras, RJ
17/05/2011, 12:30:15

Isso não vale...

Vários rounds sem fatality ou babality.... (rsrsrs)

É sério: quando os debatedores estavam expressando seus maiores argumentos.... deu hora do SuperPop (rsrsrsrs)

Bem interessante as opiniões; os argumentos do Giuliano eu já conheço, pois são os mesmos da denominação em que estou (devo confessar que a explicaçõa dele está melhor que a de muitos pastores da denominação, pelo menos tem embasamento cultural-bíblico !!! - seja lá o que isso for).


Mas curti muito o que foi dito (creio que foi o Cassiano quem disse):
"A questão não é a Lei em si... é aquilo que ela aponta!" quem disse *Cassiano* foi muito feliz na argumentação.


Cara do site-Paulinho, faz uma parte dois por favor... deixa rolar um pouco por aqui o debate, mas torna a colocar o tema em pauta (é só uma petição!!!).

Abraços,
e ótima a oratória de todos,

(0) (0)

Fellyp Cranudo
Rio de Janeiro
17/05/2011, 13:29:38

Cara do site-Paulinho,

Se possível, e nenhuma PESSOA se inscrever, eu desejo transcrever este Pod... não esqueci do #82 não, estive ausente e estou concluindo a transcrição, mas como o assunto me interesa e muito será um prazer transcrever o mais breve possível e no caso entregar os dois juntos (!!!)

Abraços,
no aguardo da resposta ao pedido,

(0) (0)

Fellyp Cranudo
Rio de Janeiro
17/05/2011, 13:33:16

Bem, admito que sou fraco. Não aguentei ficar acordado espereando o Paulinho postar o pod.

Tô baixando agora e espero não decepcionar com as opiniões dessa galera pouco conservadora que conheço.

(0) (0)

Thiago Ibrahim
São Gonçalo
17/05/2011, 14:36:29

É um tema que sempre (ou não) trará debates.
O Giuliano, infelizmente, estava sozinho no seu posicionamento, o que enfraqueceu um pouco o debate. (Não que eu concorde com os argumentos dele, não concordo).
Foi curioso ver a turma "confrontando" os paradigmas dele, pois me fez ver que alguns ensinamentos que reverberamos tem base bíblica questionável, melhor dizendo, tem base neo-testamentária questionável, uma vez que Levítico é bíblico.
Mas eu gostei muito, o tema foi tratado de uma forma, que algumas perguntas feitas pela turma representaram bem as questões que muita gente tem, pena que algumas questões não obtiveram respostas. (coesas pelo menos).

(0) (0)

Antonio Mano
Caruaru
17/05/2011, 14:36:44

Gostei muito do papo desse podcast potem fiquei com muitas duvidas ... So o guiu k da dizimo intaum ???? O restante do pessoal nao dizima em suas igrejas e o que e pregado a respeito dessr tema na sua igreja ??? Axo k teria k ter continuacao pois fikou muito no ar muita coisa

(0) (0)

Priscila Fukuda
Shizuoka
17/05/2011, 14:43:07

Vamos lá!

Prsicila: acho que nossa opinião ficou clara: cada um contribua conforme seu coração. Hoje não há uma regra clara sobre isso. Por que precisamos de regras para tudo? Deus vai colocar em nosso coração o quanto devemos contribuir para sua obra e não duvido de que será mais que 10%. O importante é fazer isso com alegria.

Mano: o Giuliano estava sozinho mas não sabíamos disso quando começamos a conversa. Na verdade, eu achava que a opinião de todos era meio parecida e me surpreendi com a dele. Acho que isso enriqueceu o programa.

Fellyp: Não sei se vale a pena discutirmos ainda mais o tema. Na verdade, a discussão original foi bem maior, mas na edição eu precisei cortar boa parte dela pois a gente sempre voltava no mesmo ponto. Ah, e o programa já está reservado pra vc! Pode começar a transcrição! ;)

Como o assunto é bem controverso, sugiro que cada pessoa procure se aprofundar mais nele, tirando suas próprias conclusões a partir do que a Bíblia fala sobre o assunto. ... [mais]

(1) (0)

Paulinho Degaspari
irmaos.com
17/05/2011, 14:59:08

Quem vive somente pela razão não consegue ser cristão. Ainda não ouvi o programa, todavia não acredito nem no dízimo do antigo testamento, e mesmo assim sou dizimista, pois sei que todo cristão não deve agir só com a Razão e a Lógica, afinal falta muito disto na Bíblia. Fortalezas não caem com gritos, mares ou rios não se abrem, a Terra não para de girar, não cai fogo do céu, o maior não pode ser o que serve, etc. Vou ouvir e volto para comentar.

(0) (1)

Lenilson Fraga
Rio de Janeiro
17/05/2011, 15:14:15

acho que de tudo o que foi dito, o que deve ficar é: Cada um contribua conforme proposto no seu coração (dízimo de 7, 10, 50 sei lá) e que isso seja com alegria e não por peso...
E toda igreja tem que pagar contas e se eu usufruo das dependências dela, nada mais justo que contribuir para seu sustento

(0) (0)

Ricardo Henrique da Silva
São Bernardo do Campo
17/05/2011, 15:14:43

Saindo do assunto um pouco...

Como eu achei que esse assunto sobre dizimo dificilmente seria abordado desta forma, mas foi, fica uma duvida? porque o Paulinho fugiu da podcast sobre homossexualismo, hj não fiquei do lado do Giuliano, mas continuo apoiando a idéia do podcast sobre homossexualismo, principalmente quanto a real capacidade dos cristãos tratarem este assunto nas igrejas.
Fica a Dica ;-)

(0) (0)

Ricardo Henrique da Silva
São Bernardo do Campo
17/05/2011, 15:20:26

Comentando:

Ri muito quando a Sara chamou a malfadada "teologia da prosperidade" de "teoria da prosperidade". Adorei essa nova nomenclatura, que deveríamos adotar a partir de agora, já que de Teologia não tem nada.

Sobre o que comentou o Giuliano sobre a benção e a maldição, além do texto de Deuteronômio 11.26 a 28 também temos Deuteronômio 28. Lembrem-se de que os Hebreus estavam sob influência direta dessas ordenanças, pois viviam no tempo da Lei. É bom sempre deixar bem claro que as ordenanças do Antigo Testamento valem como lei somente para os Hebreus, já que nós, vivemos sob a Graça da Nova Aliança, conforme esclarecido perfeitamente pelo grande Cassiano.

Cara, aplaudi de pé o Cassiano juntamente com o Cristiano nesse podcast.

(0) (0)

Thiago Ibrahim
São Gonçalo
17/05/2011, 15:32:53

Cada um contribua conforme proposto no seu coração, entretanto, a palavra dízimo somente se refere a 10%, qualquer outra proporção só pode ser chamada oferta.

(0) (1)

Lenilson Fraga
Rio de Janeiro
17/05/2011, 15:33:06

Dica:

Para refletir, vídeos do Rev. Caio Fábio falando de dízimos:

Parte 1: [go.irmaos.com/l5e]
Parte 2: [go.irmaos.com/l5e]
Parte 3: [go.irmaos.com/l5f]

Uma crítica com muito embasamento. Recomendo!

(1) (0)

Thiago Ibrahim
São Gonçalo
17/05/2011, 16:11:32

Ola galera,

Gostaria de agradecer a coragem do PODCAST IRMAOS.COm em abordar um tema tão controverso, tem que haver coragem pra isso.
Consegui visualizar os 2 pontos de vista sobre o tema, o Giuliano versus "a galera".
Muito bom vocês terem a coragem de expor seus pensamentos, o que acreditam, sem nenhum medo de perder alguma amizade (dentro do grupo) por causa disso. Mostra amadurecimento de todos os participantes, principalmente do Giuliano e o Cassiano que lutaram com unhas e dentes defendendo
o que acreditam.

Sobre o dízimo, eu pessoalmente preciso contribuir mais (seja com 10% ou com ajuda voluntária) mas tenho visto na minha igreja (de modelo tradicional) por exemplo, que ainda é uma congregação (filha) da igreja SEDE (mãe), que tem bancado pastores com salários altos incompatíveis com a arrecadação da nossa Igreja local, dependendo de ajuda financeira da SEDE.

Acho que cada igreja deveria bancar o sustento do seu próprio pastor conforme a disposição e volu... [mais]

(0) (0)

Vanisson D Faria
Mogi Guaçu
17/05/2011, 16:38:41

PRA TERMINAR>>

As vezes estamos sendo cobrados a pagar contas (com nossas ofertas) que nem mesmo são nossas, nem do Corpo de Cristo, nem mesmo de DEUS,
porém são contas feitas simplesmente por homens com propósitos ambiciosos fora da vontade de DEUS.

abraço a todos e o importante é não fechar um pensamento, mas que tudo isso nos desperte a vasculhar e entender mais a
bíblia e como ela trata este assunto.

(1) (0)

Vanisson D Faria
Mogi Guaçu
17/05/2011, 16:39:01

Quantos comentarios!! o_O vcs nao era tão pops quando eu ouvia podcast todo dia....rsrs

#NP

(0) (0)

Gabriel Mendes
Araraquara
17/05/2011, 17:07:03

O pod sobre abuso infantil foi o pior pra gravar, pq todos ficamos incomodados.
Esse foi o mais tenso. Com a edição dinâmica que o Paulinho fez não dá pra notar tanto. Se ele deixasse da forma original, todo mundo ia desligar no primeiro momento de silêncio prolongado, heheh.

(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
17/05/2011, 17:24:59

O primeiro ponto a se pensar é que nós, a igreja de Cristo, nos tornamos o Israel Espiritual:

“Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes Daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz, vós, sim, que antes não éreis povo, mas agora sois povo de Deus, que não tínheis alcançado misericórdia, mas agora alcançastes misericórdia” [1Pe 2:9-10]
O povo de propriedade exclusiva de Deus no AT era Israel.
Após o Novo Testamento passamos a ser o povo escolhido de Deus.

(2) (1)

Giuliano Barcelos
Batatais
17/05/2011, 17:25:05

O que o Paulinho falou no comentário é muito importante. Não somos doutores nem da lei, nem da graça. Se você discorda ou concorda com nossa linha de raciocínio, não faça isso apenas por fazer. Leia, estude a Bíblia, peça orientação a Deus. E principalmente, doe com alegria. E não estou falando apenas de dinheiro.

(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
17/05/2011, 17:32:14

Giuliano, que nós somos "geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus" não se tem dúvida. Inclusive no contexto da carta de Pedro, ainda há o versículo 16: "Vivam como pessoas livres, mas não usem a liberdade como desculpa para fazer o mal; vivam como servos de Deus". Deus nos fez povo seu por meio de Sua Graça redentora e nos separou (predestinou) para sejamos seus príncipes, espalhando o Reino de Deus pela Terra, não no sentido de voltarmos a seguir o mesmo tutor que Ele escolheu pra educar Israel.

Acontece seguinte: nossa reforma foi uma reforma moral e doutrinária, agora falta também a reforma estrutural. Falta abrirmos mão de conceitos e estruturas eclesiásticas retrógrados que tínhamos e abraçarmos a Graça de Deus de maneira integral.

Dá uma olhada nos vídeos que postei no meu comentário anterior e veja se o Rev Caio Fabio não tem razão. Abraço, irmão!

(0) (0)

Thiago Ibrahim
São Gonçalo
17/05/2011, 17:55:13

Acho que o ponto principal é que não há base bíblica para cobrar dízimo de ninguém com o texto porcamente usado de Malaquias

Extorquir dinheiro pelo medo ou pela ganância é uma coisa horrorosa. Como foi dito no podcast a graça elimina o aio da lei.

Por fim, pelo amor de Deus, não somos o Israel de Deus. Outro texto estrangulado nas Escrituras durante décadas:

"Porque em Cristo Jesus nem a circuncisão, nem a incircuncisão tem virtude alguma, mas sim o ser uma nova criatura. E a todos quantos andarem conforme esta regra, paz e misericórdia sobre eles e sobre o Israel de Deus." Gálatas 6:15-16

Interpretação de texto, Paulo está falando que tem gente que queria se submeter a circuncisão, mas que isso não era importante, importante é ser uma nova criatura - Nesse caso ele se refere diretamente aos gentios e no final conclui declarando paz sobre gentios E TAMBÉM sobre o Israel de Deus.

Gentios são gentios - nós. Israel é Israel.

(0) (0)

@matheusmsoares
Campinas/SP
17/05/2011, 18:31:09

Temos ainda Romanos 11 onde Paulo é muito claro dizendo que os gentios são os ramos enxertados e que se em alguma coisa se acham melhores ou até mesmo iguais a Israel (os ramos naturais) que tenham uma precaução maior porque se Deus não poupou nem os ramos naturais da sua ira muito mais nós que fomos os enxertados.

O texto fala muito diferenciando "vocês" e "eles" fazendo uma distinção muito clara de que gentio é gentio, israel é israel.

Isso aqui é exegese básica.

Pena que tem muita igreja por aí ostentando a bandeira de Israel de forma usurpadora e leviana.

Paz sobre vós E sobre o Israel de Deus. ;)

(0) (0)

@matheusmsoares
Campinas/SP
17/05/2011, 18:38:30

Matheus, é exatamente isso que você falou.

As igrejas locais se transformaram em "mini-tabernáculos" para onde o "Israel de Deus" tem que trazer as ofertas e sacrifícios. É triste ter sido ensinado assim, mas fico feliz porque Deus me mostrou através de Sua palavra que na Graça é diferente. O que temos de fazer é deixar a avareza de lado e exercitar a nossa generosidade com aquilo que Deus nos dá e com o que sentimos no coração. Essa é a mente da Graça.

Certa vez ouvi uma mensagem do Pastor Ed René questionando o seguinte:

"Quem deu o dízimo: o irmão que deu 10% do seu salário ou o irmão que pagou a mensalidade da faculdade da sobrinha porque o cunhado está desempregado?"

Era exatamente esse tipo de questionamentos que Jesus fazia. Pena que a gente não se permite pensar por causa do medo do "sagrado".

(0) (0)

Thiago Ibrahim
São Gonçalo
17/05/2011, 18:47:34

Thiago, ouvi essa pregação do Ed René, muito boa por sinal.

O lance de impôr regras facilita pra todo mundo, a instituição continua com o seu sustento e não tem responsabilidade de ensinar o fiel a usar seu dinheiro com sabedoria e o cara que dizima cumpre sua obrigação moral para com Deus e pode continuar usando seus 90% naquilo que quiser.

De fato, precisamos quebrar esses paradigmas e assumirmos nossa posição de agentes transformadores nesse mundo.

(0) (0)

@matheusmsoares
Campinas/SP
17/05/2011, 18:52:53

O que é legal é ter as duas opiniões pois enriquece o debate. Gostei muito pois os argumentos são válidos. Como a polêmica é grande posso dizer uma coisa. Cada um contribuia conforme propoz no seu coração, pois cada um tenha a fé para si mesmo. Quanto a instituição o que uma igreja faz e outra deixa de fazer, cada dê conta de si. Se na minha opinião a minha igreja não aplica bem as ofertas/dízimos, eu escolho outra. Não dá é pra ficar utilizando maus exemplos para não compartilhar o que Deus tem me dado.

(0) (1)

Daniel Policarpo
Aguas Claras - DF
17/05/2011, 19:31:00

Gostei MUITO da conversa de vocês, apesar da tensão...rs, e pretendo ouvir novamente amanhã p/ me atentar a alguns detalhes que possam ter passado despercebidos. A Bíblia é muito clara a respeito do assunto: dízimos e ofertas! Temos enraizados ensinamentos humanos, aprendidos desde a infância. Precisamos "peneirar"o que temos como certo e correto e rever nossos princípios. Acreditam que eu estava passando alguns problemas de saúde há um tempo atrás e a primeira coisa que uma "irmã"me perguntou é se eu era dizimista...fiquei meio sem entender e ela explicou que se eu não fosse, seria bom "acertar minha dívida com Deus"para então ser curada! Absurdo, né???

(0) (0)

Priscila Batista Nogueira
São Bernardo do Campo
17/05/2011, 21:37:36

acabei de baixar e não vejo a hora de ouvir
deve ter sido bombástico!!!!

estou viciado em pod cast

(0) (0)

Igor Nascimento
belo horizonte
17/05/2011, 22:57:20

Thiago Ibrahim

A referência de Pedro é indiscutível à referência no AT de que o povo hebreu é a nação santa e o povo exclusivo de Deus.

Assim como os judeus são a nação eleita no AT, nós, os que recebemos Jesus Cristo como nosso único Senhor e Salvador e fazemos parte do Corpo de Cristo somos nação eleita e povo exclusivo de Deus.

(0) (0)

Giuliano Barcelos
Batatais
18/05/2011, 00:23:09

Oloko, um dos temas mais polêmicos que já ouvi aqui!

Vou ter que ouvir outra vez, pra rever algumas considerações... Mas gostei dos novos pontos de vista!

Parabens!!!

(0) (0)

Sérgio Vitor Ribeiro
Ouro Branco
18/05/2011, 01:16:52

Irmãos. A Paz do nosso AMADO!
Quero compartilhar o que aprendi e entendo:
1º- O que devemos observar na lei, são os mandamentos que atingem o nosso comportamento moral.
Exemplo: Não matar, não roubar, não furtar etc... (que se resume no que JESUS disse: “Amar a DEUS sobre todas as coisas e o próximo como ELE amou”).
Os mandamentos cerimoniais (guardar o sábado, sacrifícios, dias de festas, dízimos etc...) devem simplesmente e definitivamente ser abolidas!!!
2º- Só dois grupos que a lei exigia que dizimassem, são: Os pecuários e os agricultores. (Os dízimos não eram em dinheiro eram do fruto da terra e animais do pasto) Obs.: Se querem voltar a observar este mandamento então devem fazer de forma certa, Ok? Então os pescadores, os carpinteiros, etc... estavam fora desta lista.
3°- Os dízimos eram alimentos para: Levitas, sacerdotes, pobres, estrangeiros (e se o local do sacrifício que os judeus deveriam oferecer fosse longe, deveriam vender por dinheiro os dízimos e ao chegar no lugar deveriam comprar os alimentos e eles mesmos comerem).

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
18/05/2011, 08:48:41

4°- Toda mensagem de Malaquias foram direcionadas para os sacerdotes ladrões que roubavam os melhores alimentos dos levitas(olhando neste contexto, está mensagem vale para hoje).
5º- Não há nenhum registro no novo testamento que JESUS ou os apóstolos ensinam esta observância.
Mateus 23. 23 – JESUS se refere a lei (“desprezais o mais importante da lei”)para aqueles que observavam a lei (escribas e fariseus), ELE não dá ênfase ao dizimo mais sim ao juízo, a misericórdia e a fé. (mostra que nem na lei o dizimo era o principal)
Hebreus – O autor compara a velha aliança com a nova aliança, quando se fala em dizimos está se referindo a velha aliança. Lembram-se das palavras chaves de Hebreus: melhor, mais excelente, superior, etc... Pois é. A Nova aliança sempre é melhor, mais ecxelente, superio, etc... Amém!!!

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
18/05/2011, 08:49:46

- Abraão deu os dízimos dos despojos da guerra para Melquisedeque rei e de Salém (já era pratica dos pagãos). Dizimo aqui tem haver com dizimar, exterminar, que foi arrancado dos inimigos aniquilados. Abraão não fala mais sobre dizimo.
- Jacó prometeu em dar o dizimo de tudo, mas a bíblia não mostra se ele cumpriu o prometido.
- A igreja primitiva não dava dízimos (verificar na história e vera que foi os romanos que voltou com está prática totalmente diferente da velha aliança)

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
18/05/2011, 08:50:34

Obs.: Já conversei com alguns pastores sobre este assunto, inclusive pastores que nós do irmãos.com admiramos, e eles admitiram que não é certo ensinar esta doutrina p/ a igreja, mais o que me intriga é por que estes pastores não ensinam estas verdades para as igrejas, ou melhor porque não tiram o dizimo do contexto das suas comunidades?
Os irmãos disseram que não aceitam que algumas igrejas obrigam os membros a entregar os dízimos. Uma pergunta qual é a igreja hoje que não é assim?
Estou para ver uma igreja (instituição) que para levantar um obreiro (líder de departamentos, diácono, presbítero, pastores, etc.) não vão ver, primeiro, se o camarada é dizimista. Absurdo!
Quero deixar bem claro que o cristão deve sim ser generoso e não dizimista. Ok?
Que o nosso AMADO JESUS possa nos dar entendimento das santas escrituras. Amém!!!

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
18/05/2011, 08:51:57

veja bem, a igreja ter dinheiro a mais ou não do que é necessário para se manter é irrelevante... se esta "sobrando dinheiro" para a igreja, cabe aos seus pastores ter o bom senso de aplicar este dinheiro em algo bom! distribuição de cestas básicas, eventos beneficentes, casas de recuperação. Não é porque esta sobrando dinheiro que se esta pecando, é porque esta se amando o dinheiro...

(0) (0)

David Balotin
Santo André
18/05/2011, 09:19:20

Talvez nossos círculos sejam bem diferentes, mas eu conheço várias igrejas que não pregam o dízimo, mas ofertas voluntárias, e que sabem separar bem o que vai para a manutenção do templo e o que vai para missões e ação social. Há esperança!

(0) (0)

Paulinho Degaspari
irmaos.com
18/05/2011, 09:38:30

Olá Amigos, eu gostei muito desse podcast, mas tenho uma dúvida, qual o nome da música que toca ao fundo do FICA A DICA, acredito que foi a mesma usada no podcast que falaram sobre o Japão, eu gostaria muito de saber que música é essa! Me ajudem!

(0) (0)

David Alexandre de Souza Kestering
Belém
18/05/2011, 11:50:19

Giuliano,

Como eu disse, não há dúvida de que somos nação adquirida e de que fazemos parte do Corpo de Cristo, como galhos enxertados.

Só quero lembrar que com o advento da Graça (sacrifício de Jesus) fomos libertos, como diz em Colossenses 2.13, 14 e 15: "Quando vocês estavam mortos em pecados e na incircuncisão da sua carne, Deus os vivificou juntamente com Cristo. Ele nos perdoou todas as transgressões, e cancelou a escrita de dívida, que consistia em ordenanças, e que nos era contrária. Ele a removeu, pregando-a na cruz, e, tendo despojado os poderes e as autoridades, fez deles um espetáculo público, triunfando sobre eles na cruz".

Portanto não temos que obedecer às mesmas leis que o "Israel Antigo" tinha para obedecer. O nosso mandamento deixado por Jesus é: "O meu mandamento é este: amem-se uns aos outros como eu os amei." (João 15:12).

Reflita!

(0) (0)

Thiago Ibrahim
São Gonçalo
18/05/2011, 12:59:33

Paulinho,

infelizmente aqui em Campinas ainda reinam as práticas arcaicas da Velha Aliança na maioria das igrejas. Sinceramente não conheço nenhuma igreja daqui que não pregue o dízimo como "devolver" os 10% do "senhor". E olha que já fui em várias.

Mas como disseste: Há esperança!

(0) (0)

@matheusmsoares
Campinas/SP
18/05/2011, 16:07:18

É @matheusmsoares, tambpem sou do interior de SP e nunca ouvi falar de alguma igreja que que não pregue o dízimo como "devolver" os 10% do "senhor". Espero um dia conhecer...

(0) (0)

Vanisson D Faria
Mogi Guaçu
18/05/2011, 17:03:23

Aqui tá mais pro lado do Trízimo. kkkkkk

(0) (0)

@matheusmsoares
Campinas/SP
18/05/2011, 18:49:17

É lamentável que precisemos manter coisas como dízimo, senão o ser humano não é motivado a ser doador ou mantenedor, do que chamamos de obra de Deus (missão, missionário, projetos, obra social, etc). É Facílimo falar que TUDO é de Deus, difícil é abrir a carteira (qualquer missionário sabe bem do que estou falando, pois se manter fiel...). Deus não precisa de nada, quem precisa é a EKKLESIA e os obreiros.

(0) (1)

Lenilson Fraga
Rio de Janeiro
18/05/2011, 19:41:20

O ser humano ao se voltar para Deus, através da ministração da palavra, sente a necessidade de se congregar, ao escolher por vontade própria, o local que irá se congregar deve ter a satisfação de colaborar FIELMENTE à ekklesia que tanto a ajudou a crescer e amadurecer no conhecimento da palavra e do Senhor que a salvou.

(1) (1)

Lenilson Fraga
Rio de Janeiro
18/05/2011, 19:56:55

A pior coisa que ouvi neste podcast foi alguém falar que não obedece nenhum tipo de regra que a igreja venha instituir, a maior confissão de mundanismo que já ouvi tão diretamente. Não existe vida fora de regras, normas e princípios. Deus criou o homem e deixou claro: NÃO coma do fruto...Regras sempre existiu e sempre será preciso.

(1) (1)

Lenilson Fraga
Rio de Janeiro
18/05/2011, 20:06:50

Só existe uma maneira de ser abençoado: É ser benção! Quando somos bençãos, com certeza seremos abençoados, independente de querermos que isso aconteça ou não, pois é princípio universal.

(0) (1)

Lenilson Fraga
Rio de Janeiro
18/05/2011, 20:15:49

Quando semeamos para a obra o que devemos colher?
Não devemos esperar unicamente que a obra prospere? Não seria esta a colheita?
Se esperamos colher um salario melhor, uma casa própria, um emprego bom, etc...
É mesmo coisa de plantar chuchu e esperar colher morango.

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
18/05/2011, 21:03:42

Eu tenho muitas reservas quanto ao Pastor Caio Fábio, mas estou ouvindo o video postado pelo Thiago e até agora, concondo PLENAMENTE com a opinião dele.

Vale a pena ouvir.

(0) (0)

Marcelo Mathias Lima
São Paulo
18/05/2011, 22:38:06

Lenilson, acho que foi o Cassiano que disse a respeito de não obedecer as leis, se entendi bem acredito que ele se referia a esse tipo de lei como o dízimo, leis criadas/manipuladas por homens que nada tem a ver com o Reino de Deus.

(1) (0)

Matheus Medeiros Soares
Campinas
18/05/2011, 23:10:14

"A pior coisa que ouvi neste podcast foi alguém falar que não obedece nenhum tipo de regra que a igreja venha instituir".
Se é a igreja que institui e não Deus, eu também não obedeço! O que tem de mundano nisso?

(1) (0)

Paulinho Degaspari
irmaos.com
19/05/2011, 00:05:47

Se a igreja que instituiu, ou foi um líder instituido ou foi a igreja em administrativa, guiada em oração pelo Espírito Santo de Deus, quem não obedece a isso tem que servir a Deus fora dela nem deveria ter entrado pra igreja.

(0) (1)

Lenilson Fraga
Rio de Janeiro
19/05/2011, 00:37:40

Matheus ele se referia a regras. Todos que escrevemos aqui, somos homens (humanos); a Bíblia foi feita para homens, o cristianismo para homens, a igreja para homens, dirigida por homens, liderada por homens indicados por homens; amar a Deus é amar aos homens, obedecer a Deus é obedecer homens (guias), fazer a obra de Deus é para homens, religião é para homens, Jesus (Deus) morreu por homens.

(1) (1)

Lenilson Fraga
Rio de Janeiro
19/05/2011, 00:45:51

Todos os homens que seguiram a Deus, seguiram homens. O maior exemplo que devemos seguir e o nome pelo qual importa que sejamos salvos é Jesus Cristo - Homem. Que maravilhoso saber que Ele cumpriu todas as REGRAS impostas sobre Ele.


(1) (1)

Lenilson Fraga
Rio de Janeiro
19/05/2011, 00:54:01

Concordo plenamente que o dízimo não é algo do qual o crente deva ser escravo e que nossas contribuições devam ser em forma de ofertas voluntárias. Infelizmente, uma gigantesca parcela da igreja tem sido escravizada por pastores, muitos deles, inescrupulosos que não medem esforços pra realizarem seus objetivos pessoais e para isto, deturpam os ensinamentos bíblicos utilizando textos fora do contexto, trazendo para a igreja mensagens tendenciosas impedindo que muitos tenham uma visão clara do propósito de Deus para a Igreja. Falta a muitos crentes ler a Bíblia com seus próprios olhos e com o discernimento dado pelo Espírito de Deus pois só o autor pode dar a real interpretação daquilo que inspirou os profetas a escreverem. Agradeço a Deus por haver crentes libertos como vocês que conduziram este debate com tanta liberdade e sabedoria que com certeza será esclarecedor para muitos que tem sido escravizados pela questão do dízimo.

(0) (0)

Marco Aurélio Soares Henrique
Osasco
19/05/2011, 01:39:36

Eu acho que ninguém é obrigado a seguir regra nenhuma... Nem Deus nos obriga, porque homem teria direito a isso....
E não adianta a pessoa falar que é de Deus porque como está escrito; Muitos dirão Senhor no teu nome fiz isso, fiz aquilo e Deus dirá que nunca os conheceu...
E a palavra de Deus quem deve dirigir nossos passos e não visão ou "direção" humana

(0) (0)

Ricardo Henrique da Silva
São Bernardo do Campo
19/05/2011, 02:33:11

Ufa...!!! Tá quente aqui...kkkk

O podcast e os comentários mostram que hoje o povo de Deus parece estar acordando de um sono (ou seria um goma) profundo...

Dizimar ou ofertar deveria ser (se não é na sua "igreja" é um problemas seu) um ato de conciência e visão da realidade de cada membro com sua comunidade (deixemos o termo "Igreja" para a imaculada e santa noiva), lembrando que o respeito pela opinião de cada um nesse ponto é importante vamos colocar um ponto de interrogação aí....

Se a gente participa de uma comunidade e tivessemos certeza que ela é realmente é útil para a localidade que se encontra e esta estivesse engajada em algum trabalho que repercutisse em crescimento da Igreja (não estamos falando de crescimento da comunidade, mas a adesão de novos membros no corpo da noiva independente se seria ou não junto à comunidade) então não seria evidente que investissemos na mesma?

Dizimar e ofertar são meios se sobrevivencia da comunidade ou investimento no Reino?

Na paz,

(0) (0)

Roberto Kaetsu
Gamagory
19/05/2011, 09:38:42

Os pastores hoje, sempre citam o que Paulo disse a respeito de receber ofertas para o seu sustento, mas há uma minúscula minoria que faz o que ele (Paulo) fazia as vezes: "Trabalhar noite e dia para não ser pesado p/ os irmão"
Creio irmãos que o ideal hoje em dia para trazer um pouco de credibilidade seria os pastores por a mão na "enxada".

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
19/05/2011, 09:43:34

É melhor curar ou deixar a pessoa doente pq é sábado? É melhor apedrejar a mulher adúltera ou liberar perdão? (Aliás, pq não levaram o homem que estava com ela? Ninguém adultera sozinho). É melhor aceitar passivamente tudo o que homens dizem ou buscar entendimento? É melhor ter a igreja lotada de gente sem compromisso, largando a esposa ou marido, casando de novo; ladrões que não abandonam a prática etc ou ensinar a palavra de Deus, que é cheia de regras e de graça também?

Pra muitos líderes, o importante é ter o dinheiro do “fiel” no fim do mês e está tudo certo.

(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
19/05/2011, 10:17:45

Irmãos em Cristo.

Sobre regras, cumprir ou não cumprir a LEI,

não se esqueçam de uma coisa:

Romanos 13:10

"O amor não pratica o mal contra o próximo. Portanto, o amor é o cumprimento da lei.."

O maior mandamento e o maior recado de Deus pra humanidade é :
Marcos 12:30-31

"Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todo o seu entendimento e de todas as suas forças’.

O segundo é este: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’. Não existe mandamento maior do que estes".

Amemos ao próximo como Ele nos amou que certamente nossas atitudes se inclinarão à solidariedade sem percisarmos de barreiras ou regras,

Fiquem na paz de Cristo.

(0) (0)

Vanisson D Faria
Mogi Guaçu
19/05/2011, 10:25:22

Concordo com você em parte Marcelo. Trabalhar (na "enxada") e cuidar de uma comunidade tem seus pontos a favor e contra:
Vejamos:
Paulo realmente trabalhava para não ser pesado para os irmãos, mas só fazia isso por um período de tempo depois se dedicava integralmente na obra e também recebia assistência das igrejas...
Paulo ao que parece não tinha filhos (tirando os da fé é claro)...
Paulo também não ficou toda a sua vida em uma única igreja (ele era missionário) ....

Hoje os pastores que não são casados são uma minoria interessante.... e cá entre nós casar e ser pai custa caro!!!! (conheço muitas pastoras que não se casaram e acho que nunca se casarão..porque será???rsrs).
Conheço muitos pastores que trabalham e cuidam bem de suas comunidades, mas conheço muito mais pastores que trabalham que estão sobrecarregados com a vida secular e não conseguem um bom desempenho no cuidado com as ovelhas de Cristo...
Cá pra nós Marcelo, cuidar da crentaiada (eu me incluo nessa) ... [mais]

(0) (0)

Roberto Kaetsu
Gamagory
19/05/2011, 10:33:57

Vanisson, eu acho que amar de fato é muuuuito mais difícil que cumprir regras.

Separar 10% do salário mecanicamente é uma coisa. Perceber que alguém está em dificuldade e ajudar com sustento financeiro, oração, conversa é outra coisa. Largar 10% num lugar e dar tchau é simplista perto da doação com alegria. Quem dízimo não está errado. Mas no NT é tudo maior que no AT. Muitas vezes nós não fazemos o que deveríamos, imbuídos de Cristo. Amar alguém que discorda de mim ou pensa diferente não é fácil. Liberar perdão custa mais que 10% de qualquer coisa. Amar próximo como a mim é lindo de falar e difícil de cumprir.

Que Deus nos ajude e que nós queiramos realmente amar e tentar ser como Ele foi.

(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
19/05/2011, 10:34:28

É falou tudo Sara,

Amar é algo realmente difícil...
De fácil e simples o cristianismo não tem nada...
É por isso que dependemos de Deus....só a misericórdia Dele...


(0) (0)

Roberto Kaetsu
Gamagory
19/05/2011, 10:42:08

Ei acabei de ver o que o Caio Fábio disse sobre os dízimos e ofertas...Só o comecinho que eu não gostei muito.... ele generalizou muito dizendo "as igrejinhas evangélicas"...não sei... seu tom de amargura não mudou...também não gostei de não poder fazer meu comentário sobre o assunto no link do youtube...
E por falar em coisas que não fucionam o pessoal do JVnaestrada precisa dar um jeito naquilo lá (site, blog ou que seja)...tá parado!!!!

(0) (0)

Roberto Kaetsu
Gamagory
19/05/2011, 10:51:53

Desculpem se eu quis dizer que AMAR é algo fácil, longe disso !

e falou e disse Roberto Kaetsu e Sara.

" Amar próximo como a mim é lindo de falar e difícil de cumprir."

Seguir a Cristo é algo dificílimo e impossível de ser feito somente por nós, dependemos totalmente do Espírito Santo a nos convencer de quem realmente somos.

Isso me lembra de uma música do Michael W Smith.

Lord have mercy
Christ have mercy
Lord have mercy on me


(0) (0)

Vanisson D Faria
Mogi Guaçu
19/05/2011, 11:26:26

Vanisson,

Não se preocupe, minha intensão não foi criticar você...
...é esse nosso jeito de não nos expressarmos direito...( mais meu jeito do que seu...)

(0) (0)

Roberto Kaetsu
Gamagory
19/05/2011, 11:35:44

Vanisson, eu entendi o que você quis dizer. 8;)

(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
19/05/2011, 12:28:33

O problema de muitos pastores referente ao dizimo e oferta é se esquecer qual é o propósito da igreja. Temos conta de água, luz, projetos, ok...mas o ato do dizimo, o ato da oferta é entre quem faz e Deus, onde tal situação não poderá ser baseado em troca. O principio da benção está em Amar a Deus acima de todas as coisa (vida de comunhão, intimidade, oração, consagraçã) e ao seu próximo como a ti mesmo (expressão que é efetivado por aqueles que tem vida com Deus). É como eu faoa na E.B.D: se Deus me chamou ao ministério tenho que me preocupar é com as almas e não com aquilo de financeiro que podem dar igreja. Quando um pastor se ouvilda do dizimo e oferta, Deus age abençoa a vida financeira da igreja; as contas são pagas, o prédio é mantido, o salário do pastor, caso ele esteja em período intregal, é mantido.
Galera valeu pela exposição do tema. Abraços.

(0) (0)

João Paulo da Silva Barbosa
Campinas
19/05/2011, 13:12:24

Só mais um ponto...

"Portanto, se trouxeres a tua oferta ao altar, e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com teu irmão e, depois, vem e apresenta a tua oferta." – Mateus 5 : 23-24

Eu ainda não vi essa preocupação por parte das igrejas, já vi pastor dizer que aceitaria dizimo até de corruptos ou ladrões por que é um mandamento, mas o que está escrito em Mateus 5:23 a 24 ninguém segue

muito fácil desse jeito

(0) (0)

Ricardo Henrique da Silva
São Bernardo do Campo
19/05/2011, 15:55:15

Pô, o Marcelo foi o único que viu os vídeos que postei.

Vale assistir!

(0) (0)

Thiago Ibrahim
São Gonçalo
19/05/2011, 18:23:39

Ricardo, bem lembrado esse texto. Engraçado que esse eu nunca vejo sendo lido na hora dos dízimos/ofertas... Mas o de Malaquias..........

Thiago, eu já vi os vídeos do Caio em outras oportunidades... muito bons mesmo.

(0) (0)

Matheus Medeiros Soares
Campinas
19/05/2011, 19:22:23

Giu, vim nesse comentário só pra dizer que concordo com boa parte do que vc disse a respeito do dízimo, tá?!

Abraço!

(0) (0)

Luciana dos Santos
Recife
19/05/2011, 21:41:44

Pois é este foi uns dos podcasts q mais gostei principalmente do tema e das discussões, mesmo sendo um assunto muito polemico deveria ser mais falado, gostei muito de como o Cassiano se posicionou sobre o assunto pois creio da mesma forma, já o Giuliano meu Deus ele ta precisando se converter (kkkkkkk) brincadeirinha. Vou falar meu ponto de vista sobre o assunto e acho q ñ foi falado desta forma, alem de concordar com o Cassiano ñ devemos deixar de falar em (ofertas ou dízimos) dinheiro, pois ñ devemos esquecer q quase tudo q fazemos precisamos do dinheiro e q estamos engajados em uma causa, a causa do Reino de Deus, por isto sabemos q temos varias funções no corpo. Hj ñ estou no campo missionário ou “evangelizando “ em tempo integral, tenho q ter a consciência q eles estão La em nosso lugar e é nossa missão de ajudar financeiramente. Temos q ter a consciência q quanto mais temos mais temos q dar.

(0) (0)

Cristiano da Silva Costa
Contagem
19/05/2011, 21:57:43

KARAKA.. esse podcast foi o que mais mexeu comigo.... muito loko.
a primeira vez que ouvi falar que não deveríamos entregar o dízimo foi muito ruim. Achei que era um grupo de alguma seita ou alguns crentes magoados com uma liderança q estavam pregando sobre isso.
Quando ouvi esse podcast aprendi que era diferente, tratava-se de uma linha teológica. Já fui de uma denominação muito história a "bléia" que prega a importância de devolver o dízimo e a minha igreja atual tb prega. Porém não vejo problema algum continuar fazendo isso. Eu nunca devolvi o dízimo com a intenção de ter algo de volta. Sempre fiz de forma de gratidão ao Senhor. [se não pode, que Deus entenda que é oferta então. rsrs]
Fiquei curioso quanto as denominações que não tem essa pratica. Como que elas sobrevivem sem o dízimo e só com as ofertas? Sei que muitas vezes as ofertas são menores que o dízimo.
Na hora do ofertório como acontece? Como seria isso?
Para mim é muito natural entregar o dizimo e as ofer... [mais]

(0) (0)

Diego Santana
Rio de Janeiro
19/05/2011, 23:08:57

Marcelo Chagas

"Os irmãos disseram que não aceitam que algumas igrejas obrigam os membros a entregar os dízimos. Uma pergunta qual é a igreja hoje que não é assim?
Estou para ver uma igreja (instituição) que para levantar um obreiro (líder de departamentos, diácono, presbítero, pastores, etc.) não vão ver, primeiro, se o camarada é dizimista. Absurdo!"

Vai na minha que vc verá. Não temos nem registro de quem contribui, muito menos com quanto hehehe Conheço uma em Campinas.

(0) (0)

Rodrigo Fm
Rio de Janeiro
20/05/2011, 10:18:42

Ser generoso apenas, é o que importa. Ou não?
"Segundo propôs no seu coração" ou 10% (dizimo)?
Creio que é contraditório. O que vocês acham?
Só um "pequeno" detalhe: Pela graça de DEUS somos parte da igreja, estamos na dispensação da graça.

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
20/05/2011, 10:18:45

é um assunto muito delicado e polêmico...muitas pessoas até mesmo dentro da igreja acham que o dizimo não é muito importante. o podcast foi um pouco quente...mas falou muito comigo...foi ótimo como sempre..recomendo!!!
abraços...

(0) (0)

Francianny dos Reis
Goiânia
20/05/2011, 10:34:36

Roberto entendi.
Mas estes pastores que se esforçam, trabalhando e mesmo assim cuidando da igreja local, esses caras tem muita credibilidade tanto do seu próprio rebanho quanto os de fora.
É isso que vejo pelo menos aqui em minha região. Esses caras tem a maior moral.
Como eu disse, em vez em quando Paulo trabalhava (e ele mesmo disse que era para dar exemplo).
Eu acredito ainda (com raríssimas exceções) que por causa de exemplos, os lideres de igrejas deveriam ter o seu ganha pão com o seu trabalho profissional.
Abraço!!!

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
20/05/2011, 10:56:31

Rodrigão que benção. Parabéns!

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
20/05/2011, 10:59:31

Frequento a mesma Casa de oração que o Rodrigo Fm. Como eu disse no podcast, há o relatório de todos os itens comprados, além das doações. Também nunca fui coagida a entregar dízimo e/ou oferta.

(0) (0)

Sara 8:)
Ri-ó-
20/05/2011, 10:59:57


O Caio Fabio fala muitas coisas que são verdadeiras e muitas também que são um lixo (tem que peneirar).
O que vejo é que ele aponta para os pecados dos outros para os dele ficar encoberto.
É uma pena, porque sei que ele tem um bom conteúdo teológico.
Que DEUS vos Abençõe queridos!!!

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
20/05/2011, 11:08:14

Parabéns também Sara!!!

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
20/05/2011, 11:09:37

Alias são dois assuntos que os pastores que julgamos sérios procuram não se posicionar de forma aberta (mesmo sendo contra). Por que?
A questão do dizimo e da maçonaria.
Vai a dica, um pod sobre maçonaria, se possível com um especialista em apologia. Que tal?

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
20/05/2011, 11:45:34

Há uma diferença bem grande entre quem é DA Ekklesia e quem ESTÁ NA. Quem é DA sente prazer em contribuir de todas as formas para o crescimento e raio de ação de sua Ekklesia, porém quem apenas ESTÁ NA, na sua mentalidade, tanto faz contribuir ou não.

(0) (0)

Lenilson Fraga
Rio de Janeiro
20/05/2011, 11:51:43

Prezados,

que Podcast fantástico!!!!

O tema é muito complexo, mas acredito que temos muito que aprender ainda com o tema.

Não encontramos nenhum lugar no NT que nos obriga a dar o dízimo, mas somos instruídos por DEUS, através de Paulo em 1Co 9.7 a dar "segundo propõe o nosso coração".
Acredito esse ser o ponto mais importante.
Acredito também que todas ofertas que devemos devolver para DEUS (não igreja) deve ser superior aos 10%. Creio que DEUS estabeleceu esse valor no AT apenas para ser uma base.

Há obrigatoriedade em dar o dízimo? Acredito que não. Há obrigatoriedade em dar ofertas? Sim, mas com alegria, simplicidade, gratidão a DEUS.

Minha oração é que eu sempre possa contribuir no ministério da minha igreja local e com a ordem do SENHOR JESUS: "Ide por todo mundo e pregai o evangelho...". A ordem não é o ide e sim pregar o evangelho.

DEUS nos abençõe para entendermos a sua vontade para nossas vidas e que o dízimo não seja uma obrigação e sim uma oferta voluntária, como forma de gratidão à ELE.

Abração!!!

(0) (0)

Lucas Alves Teles
Coronel Fabriciano
20/05/2011, 13:04:16

O triste é pensar que a gente está discutindo coisas que já foram ORDENADAS pelos apóstolos no primeiro concílio da Igreja em Jerusalém:

"Por isso julgo que não se deve perturbar aqueles, dentre os gentios, que se convertem a Deus. Mas escrever-lhes que se abstenham das contaminações dos ídolos, da prostituição, do que é sufocado e do sangue." Atos 15:19-20

"Porquanto ouvimos que alguns que saíram dentre nós vos perturbaram com palavras, e transtornaram as vossas almas, dizendo que deveis circuncidar-vos e guardar a lei, não lhes tendo nós dado mandamento" Atos 15:24

Se alguém depende de mandamento humano ou lei escrita pra desfrutar da liberdade de Cristo eis o que foi ordenado pelos apóstolos a nós, gentios.

(0) (0)

@matheusmsoares
Campinas/SP
20/05/2011, 16:09:14

não falo a respeito do dizimo pois é algo Q antigamente era mandamento e na minha igreja não tem 10% ;é um pouco diferente ;[muito diferente]

(0) (0)

Susana
Hortoladia
20/05/2011, 18:07:03

Nada, absolutamente, nos é imposto na atual dispensação da graça. Porém nós precisamos adotar para nós o que Lutero disse:

"Estando livres da lei, somos como senhores de todas as coisas, não estando sujeitos a ninguém. Ao mesmo tempo, servindo voluntariamente em todas as coisas e estando submisso a todas elas".

Há quem diga que dinheiro não trás felicidade, mas a falta dele trás tristeza. A igreja como instituição necessita de dinheiro (há quem defenda que a igreja nunca deveria ter se institucionalizado...).

Como ouvi no podcast sobre VOCAÇÃO e foi bem salientado pelo Pr Ed René, existem coisas que eu serei cobrado a respeito de responsabilidades que me foram dadas. Com certeza o membro dizimista da igreja não será cobrado pelo que foi feito com o dinheiro que ele deixou no templo, mas sim o tesoureiro e os líderes que administram as finanças (se o dinheiro é mal administrado, esses serão cobrados).

Penso eu, que não podemos entrar no engano de não contribuirmos... [mais]

(0) (0)

Jeferson Rosa
Nova Prata
20/05/2011, 21:58:03

APOIADO Jeferson, dispensação da GRAÇA!

Oferta e dízimo tem que ser voluntário não impositivo, não é uma obrigação... Deve ser feito com alegria.
E será que a gente pode comprar o favor de Deus?? Se vc der vai ser abençoado, se não não vai ser... Vejo nisso muita conveniência humana isso sim.

(0) (0)

Jullia Nogueira
São Paulo
20/05/2011, 22:25:33

caras, é a primeira vez que ouço que dízimo não é necessário, ja fui em batista, metodista, presbiteriana, assembléia, congregacional, etc... e nunca ouvi algo como a posição da "galera" [todos menos o Giu, estou digerindo...

(0) (0)

Alex Fonseca Silva
São Paulo
21/05/2011, 00:38:34

A questão aqui não é contribuir, alguns não estão entendendo o que está sendo postado.
Devemos contribuir e muito (com muita generosidade) para a obra de DEUS.
A questão é: O que é Obra de DEUS?
Megas-templos, ar-condicionado, cadeiras estofadas, piso em mármore, púlpitos luxuosos, lideres com carros importatos, jatinhos, membros "prosperando", etc...
Isso tudo é luxo e conforto, não tem nada haver com Obra de DEUS.
Agora alguns disseram aqui que tem um coração grato a DEUS e contribui com dizimos e ofertas com alegria, uma pergunta aos "corações gratos": Nós atendemos as pessoas carentes, as viuvas, os órfãos, os pobres, visitamos os presos, visitamos os que estão hospitalizados, compramos cestas básicas e roupas para doar (disse compramos), o que fazemos quando alguém está na calçada pedido esmolas e passamos pertinho delas? Qual é a nossa reação? O que acontece com o nosso coração nesta hora?
Vamos responder estas questões e depois confirme ou não se nós t... [mais]

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
21/05/2011, 10:57:23

Perfeito Marcelo

Contribuir com a instituição (igreja) é dever de todo membro que utiliza o espaço ou "serviço" da mesma.
Agora isso deve ser por amor e não por imposição, ainda mais com textos fora do contexto.
E o fato de contribuir com a igreja não nos isenta de ajudar o próximo, seja espiritual ou material.

(0) (0)

Ricardo Henrique da Silva
São Bernardo do Campo
21/05/2011, 12:38:23

Marcelo nós evangélicos podemos e devemos fazer coisas muito mais excelentes do que qualquer ímpio pode fazer, fomos chamados pra sermos zelosos por boas (excelentes) obras. Quando vc diz que devemos dar esmolas e ajudar o próximo, fala como a grande maioria, que acha que os evangélicos (por incrível que pareça) não estão fazendo isso, todavia a igreja do Deus vivo é poderosa na Terra, e algumas que tem dado mal testemunho, é uma exceção. A Igreja ainda é, e continuará sendo o lugar de referência para o mundo e o melhor lugar para se criar nossos filhos e ainda é, e continuará sendo respeitada pela maioria da humanidade como lugar de gente séria, honesta, bondosa e amorosa, ainda que o inimigo e alguns preguem o contrário (sei que não é o seu caso).
Paz seja em tua casa!

(0) (0)

Lenilson Fraga
Rio de Janeiro
21/05/2011, 12:50:41

Bem...

Eu esperava que o mundo acabasse mesmo para não ter que postar....

*ZOAÇÃO*RssRsssss*ZOAÇÃO*

Uma coisa interessante que pensei quando ouvi a (im)posição das comunidades com relação ao assunto e li o que o Novo Testamento falava foi:

"Prefiro dá 10%(dizímo) do que dá o que vier ao meu coração(!!) Afinal 10% comparado ao que realmente vejo necessário é mais confortável!!!" - Por favor, não me tenham por herege(ainda) - Depois de esse impulso egoísta (leia-se: demoníaco) passou percebi que era o pensamento de muitas pessoas que conviviam já há algum tempo na realidade (im)posta pelas comunidades(igrejas).

Hoje, já maduro, ou como diria Paulo: "homem", creio e sei que o coração deve ser movido a contribuir com generosidade e liberalidade.

Li uma pergunta interessante aqui: O que é a Obra de Deus? e durante a leitura bíblica do Livro de João li uma coisa que me abriu bem os olhos: "A Obra de Deus é esta: que creiais naquele que ele enviou&q... [mais]

(0) (0)

Fellyp Cranudo
Rio de Janeiro
21/05/2011, 18:21:58

Valeu Paulinho,

Já-Já entrego o dois trabalhos...

(0) (0)

Fellyp Cranudo
Rio de Janeiro
21/05/2011, 18:27:13

Amados acabei de ver este vídeo do pastor Antonio Carlos Costa (esse cara é um lider cristão de verdade)
Querem um exemplo de contribuição p/ o reino de DEUS, entre nesta "vaquinha" vejam e entenderá. Ok?
Click este link abaixo.
[vimeo.com/22275922]

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
21/05/2011, 20:56:24

To com preguiça e sem tempo pra ler os comentario a cima, então vou escrever aqui mesmo sabendo q podem ter escrito algo sobre isso aqui.

Entendo perfeitamente a visão do Giuliano e concordo com ele totalmente. Mesmo concordando com o Cassiano sobre os fins das ofertas e dizimos. Aliais, mto bom Cassiano, mais uma vez aprendi mto com vc cara.
Mas concordo com o Giuliano e to firme com a ideia de que temos q dizimar e oferta sempre.

Abrçs

(0) (0)

Filipe Bittencourt
Rio de Janeiro
22/05/2011, 01:40:45

Olá Pessoas!

Meu primeiro comentário no site e já vou falar de um assunto que tem bastante repercussão.

O que ouvi no podcast não foi uma discussão se devemos ou não dar o dízimo (de forma obrigatória ou voluntária), o que ouvi foi mais uma discussão sobre como é cobrado e como é usado o dízimo pelas igreja. Parece que a enfâse foi essa no início.

Creio que o dízimo foi instituído por Deus para o sustento da igreja e o "patrocínio" do evangelho e ainda é válido nos nossos tempos. Concordo que existem muita igreja que deturpam esse assunto para o seu enriquecimento próprio.

Em minha igreja, o dízimo é usado para essa causa, para o sustento dos pastores e obreiros e para missões de evangelização que existem em torno do mundo todo. Ofertas são usadas em parte para a manutenção das igrejas e outras missões também. E uma das coisas interessantes que temos na nossa igreja é que eu posso ligar a qualquer momento para nossa associação e solicitar um relatório de onde foi usado meu dízimo. Mas essa não é a discussão.

[...]

(0) (0)

Jhosef Marks de Carvalho
Joinville
23/05/2011, 10:55:24

Sempre digo uma coisa quando me perguntam sobre dízimos e ofertas, devolver o dízimo mostra que não estamos roubando a Deus, pois se eu retenho a parte de Deus isso é roubo, minha gratidão vai se mostrar através das ofertas que são voluntárias, Deus instituiu o dízimo pois sabia que o povo (até nós as vezes) seria mesquinho e deixaria a casa de Deus de lado, por isso o dízimo tem que ser usado como Deus mandou, já as ofertas nós damos conforme nosso coração e podemos até dar a oferta de forma diferente, como uma cesta básica para famílias carentes.

Bom tentei resumir minha opinião mas saiu maior do que eu pensava... rs

Parabéns pelo podcast.

(0) (1)

Jhosef Marks de Carvalho
Joinville
23/05/2011, 10:59:44

Jhosef, mas é justamente essa idéia de "devolver" algo para Deus que é errada.

Esse pensamento que tem que existir uma regra pra que não sejamos mesquinhos é o Aio da lei, que agora já não deve ser mais necessário na Nova Aliança de Cristo.

Obviamente que o prédio em que congregamos precisa de manutenção, os que prestam serviço lá precisam ser pagos, a estrutura tem que ser mantida, mas isso teria que nascer de uma consciência de cada cristão e das suas responsabilidades e não por imposição nenhum principalmente usando os argumentos da lei dos judeus.

(1) (0)

@matheusmsoares
Campinas/SP
23/05/2011, 11:34:01

Se o meu salário, meu tempo,minhas decisões são usados dentro dos propósitos de Deus, eu n preciso devolver por que tudo já é dele.

Mas se tenho a mentalidade de que estou devolvendo 10%, logo eu acho que tenho direito a usar 90% no que bem entender, uma vez que já cumpri meu "dever" para com Deus.

Acho que ai está a diferença da Lei e da Graça, na lei eu sigo o mandamento, na graça eu sigo o principio, visto como na lei eu n podia matar, mas na graça Cristo nos diz que o simples fato de odiar ja iniciou o assassinato em seu coração

A Paz

(0) (0)

Ricardo Henrique da Silva
São Bernardo do Campo
23/05/2011, 17:24:08

A chapa esquento! É o seguinte concordo com a Sara, respeito quem dá o dízimo mas eu dou oferta sem esperar nada em troca dou por amor a Deus contribuo com alegria.
A edição fico bem legal Paulinho, temos que concordar em algo se o Giuliano não tivese uma opinião diferente do pessoal iria ficar um saco o pod.
beijão a todos!

(0) (0)


Warning: getimagesize(../cadastro/fotos/f_798620150301010404.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/8/06/2f/irmaos1/public_html/comente/mostra.php on line 190
Francine Michelin Rodrigues
Piracicaba
23/05/2011, 18:33:27

Já tinha visto os vídeos do Caio Fabio e acho que tem muito sentido no que ele diz. Pelo menos em relação aos dízimos, concordo em 100%

(0) (0)

Daniela Carvalho
Makinohara-shi
23/05/2011, 20:09:52

Devolver 10% não me isenta de usar de forma correta os outros 90%... na verdade você tem obrigação de usar tudo o que você ganha, assim como os seus dons, para a causa de Deus.

Outra coisa, nada é, ou deve ser, imposto, nem por Deus que nos deu livre arbitrio, tudo tem que ser feito por vontade própria, não dou o dízimo para ser salvo, dou o dízimo pois já estou salvo. Salvação, desde o velho testamento, é pela graça.

Estou com o Giuliano, dízimo existiu antes da lei de Moíses (lei cerimonias e civis), Abraão dizímou e não tem nada no novo testamento ou no velho que indique que isso não deva ser praticado nos dias de hoje.

Sobre o dízimo nós temos que estudar com cuidado.

Por que eu devo dar o dízimo?
Para que serve o dízimo?
Quem deve receber o dízimo?
Onde devo levar meu dízimo?

São questões diferentes de "O dízimo deve ser devolvido ou não?"

(0) (0)

Jhosef Marks de Carvalho
Joinville
24/05/2011, 10:54:13

"Sobre o dízimo nós temos que estudar com cuidado.

Por que eu devo dar o dízimo?
Para que serve o dízimo?
Quem deve receber o dízimo?
Onde devo levar meu dízimo?"

Tenham como a fonte do estudo apenas a bíblia sagrada. Ok?
Para que não caiam em fábulas e doutrinas errôneas.
Vocês vão ficar surpresos com as respostas destas questões que o Jhosef colocou.
Alias Jhosef você memos vai ficar surpreso, e tenho certeza que você vai mudar o seu conceito a respeito deste assunto, mas lembre-se, estude apenas a bíblia com seriedade e principalmente em oração. Amém!!!

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
24/05/2011, 15:58:20

Caraca maluco, record mundial de comentários num PodCast! Hahahaha..
Só ouvi hoje.. achei muito bom, mas fiquei com dó do Giu.. hahaha..

Abraços galere!

(0) (0)

@gui_reggiani
Sao Caetano do Sul
24/05/2011, 23:25:31

1 - Gostaria de saber em que lugar da Bíblia, tanto no Novo Testamento ou Antigo, que não exista REGRAS a serem cumpridas?
2- Gostaria de saber qual igreja ou ekklesia (ajuntamento de salvos) que não tenha regras?
Eu sei aonde não tem regras: na sociedade pós moderna, por exemplo.
Gostei da lembramça so Ricardo Henrique sobre diferença de regras e princípios.
Regras ou normas - são para um grupo
Leis - são para uma população
Princípios - São universais.

(0) (1)

Lenilson Fraga
Rio de Janeiro
25/05/2011, 10:59:00

Record Mundial, claro falou de dinheiro a galera tá dentro!!! kkk brincadeira

Mas gostei muito do tema e das discussões!!!
Muito relevante!!!

Acredito na maioria das coisas q foi falada, dou o dízimo, não porque sou manipulado mas pq sinto vontade!!! e as ofertas dou mais no sentido de missões, acho q boa parte desta questão é espiritual.

Mas acredito q as igrejas era para reverter boa parte para obras missionárias obras sociais e algo assim.

Acredito q a nossa igreja neste sentido é completamente diferente da igreja primitiva pois nossas igrejas são capitalistas!!! e a primitiva não era.

"Minha oração hoje" é para q venhamos agradar a deus com nosso dízimos e nossas ofertas.

Vlw pessoas abraço fica na paz

(0) (0)

Joedson Regis
Cruzeta
25/05/2011, 13:38:53

Respostas das questões:

Por que eu devo dar o dízimo?
R.: Se sou da religião judaica devo dar porque a Torá me ensina, se sou cristão não tenho nenhuma obrigação porque o meu MESTRE JESUS não me ensinou sobre isto.

Para que serve o dízimo?
R.: Bem, o dizimo bíblico (comida e não dinheiro) é para que os levitas, os sacerdotes, os pobres e os estrangeiros possam comer.

Quem deve receber o dízimo?
R.: Os levitas, aí os levitas dão o dizimo dos dizimos para os sacerdotes, também os pobres e os estrangeiros.

Onde devo levar meu dízimo?
R.: No lugar do sacrifício (templo), mas como a muitos anos atras o templo foi destruído, então em nenhum lugar.

Simples assim!

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
25/05/2011, 13:56:46

Parece simples assim, porém não é tão simples assim, pois o Marcelo está correto na simplicidade que dízimo foi criado, todavia desde o Antigo Testamento ele tem sido motivo de roubo e enriquecimento ilícito dos reis e sacerdotes. Como um povo escravo vindo do cativeiro, sem terra ou dinheiro ou bens ou posses poderia construir um templo em que a glória dele seria maior do que o primeiro (de Salomão)? aonde era arrecadado os impostos pagos aos reis soberanos senão na casa do tesouro (templo)? Valia a pena a Persia investir na construção do segundo templo afinal o retorno era certo, por isso o pior versículo usado para dízimo é o de Malaquias. Embora saber disso e muito mais, sou dizimista e sou a favor de regras humanas.

(0) (1)

Lenilson Fraga
Rio de Janeiro
25/05/2011, 14:54:29

Lenilson acho que o problema que estamos levantando,pelo menos eu, é que certas regras são levantadas como se Deus tivesse mandando quando na verdade n foi.
Regras sempre existiram e existirão, o ser humana n consegue viver cordialmente sem regras, infelismente.
Mas o problema é que ao invés das igrejas ensinarem a importância da contribuição elas apelam para motivos espirituais, transformando o ato de contraria-los em pecado.

Todo cristão deve cooperar com a instituição da qual ele faz parte, que é alimentado espiritualmente e até materialmente, mais deve ser ensinado como forma de gratidão e não por medo de pecado.

Tem igreja que suspende irmãos de tomarem a ceia por falta de dizimar, mas n o fazem por falta de perdão

paz

(2) (0)

Ricardo Henrique da Silva
São Bernardo do Campo
25/05/2011, 15:59:10

Excelente podcast... basta olhar a quantidade de comentários... Gostei da forma como o debate foi feito, pois deve haver o respeito pelo outro... e concordo com o Giuliano. Ainda bem que tem podcaster com ousadia para sugerir um tema como esse....
Parabéns a todos os participantes do pod!!!!

(0) (0)

Wagner Martins
Contagem
25/05/2011, 16:31:10

Record Mundial, claro falou de dinheiro a galera tá dentro!!! kkk brincadeira

Mas gostei muito do tema e das discussões!!!
Muito relevante!!!

Acredito na maioria das coisas q foi falada, dou o dízimo, não porque sou manipulado mas pq sinto vontade!!! e as ofertas dou mais no sentido de missões, acho q boa parte desta questão é espiritual.

Mas acredito q as igrejas era para reverter boa parte para obras missionárias obras sociais e algo assim.

Acredito q a nossa igreja neste sentido é completamente diferente da igreja primitiva pois nossas igrejas são capitalistas!!! e a primitiva não era.

"Minha oração hoje" é para q venhamos agradar a Deus com nosso dízimos e nossas ofertas.

Ricardo, Que proíbe de tomar a ceia não sei mas q privam de exercer cargos, Sim,

Vlw pessoas abraço fica na paz

(0) (0)

Joedson Regis
Cruzeta
25/05/2011, 17:35:03

Bem Lenilson, está é a sua posição, respeito.
Você mesmo disse que sabe dos erros, e um deles é como é usado o texto de Malaquias, que alias é o texto áureo dos lideres.
O Ricardo resumiu tudo. é isso aí!
E o Joedson falou uma verdade: "Ricardo, Que proíbe de tomar a ceia não sei mas q privam de exercer cargos, Sim"
Falo mais uma vez: Isso é uma vergonha e os caras que privam, estão cometendo um pecado.



(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
25/05/2011, 19:46:32

Na igreja em que sou membro são ensinadas coisas absurdas em relação ao dízimo; os membros foram submetidos a assistir um vídeo do Pr Wellyton Silva em que ele diz que o dízimo é um estatuto e quem não o pratica fica sujeito a maldições como câncer, etc entre outras coisas abomináveis que são faladas por este pastor. Os membros da igreja são constantemente afrontados ouvindo o pastor dizer que quem não é dizimista é infiel e ladrão de Deus baseado em Malaquias 3.8, já o ouvi dizer que se uma pessoa está desempregada é por ser infiel, em certa ocasião ao sermos informados que uma irmã estava com câncer a filha do pastor fez a seguinte pergunta: Será que ela é dizimista? Estes são apenas alguns absurdos que presencio regularmente na igreja que sou membro, tudo isto porque uma alcatéia de lobos famintos se estabeleceu no seio da Igreja se utilizando de textos fora do contexto para escravizar o crente. Debates como este a respeito do dízimo são extremamente válidos para que a igreja reveja... [mais]

(0) (0)

Marco Aurélio Soares Henrique
Osasco
26/05/2011, 11:34:52

Marcos, não é só a sua. A minha também, mas de forma mais "educada" (sutil), entendeu?
Gostaria de perguntar para os irmãos que disse que não são constrangidos a darem os dizimos (os lideres não "impõem") em suas comunidades.
Por favor não é ironia. Ok?
É possível ser diácono, lider de algum departamento e até mesmo ser levantado a pastor, não sendo dizimista?
Se não, retiro os meus parabéns e digo que vocês estão no mesmo barco que eu e o Marcos está.
Oremos para que a verdade, somente a verdade prevaleça. Amém!!!


(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
26/05/2011, 13:25:17

Irmãos Marcos e Marcelo,

O que estão fazendo ainda nestas igrejas?

Sobre a pergunta do Marcelo, a bíblia diz que o que a mão direita dá, a esquerda não deve saber,e também diz que Deus ama o que contribui com alegria, portanto, segundo o meu entendimento, está terminantemente proibida a identificação das pessoas que deram a oferta à congregação, bem como a quantia que cada um contribui, e as ofertas dadas pelos irmãos devem ser espontâneas. O Senhor não deixará suas congregações desamparadas, quer seus membros tenham condições de dizimar ou não.

Desta forma, pode, sim, um diácono, ou mesmo um pastor, não ser dizimista. A bíblia também enumera os atributos a serem observados em um líder e dentre eles não consta o de "ser dizimista".

(0) (0)

Rodrigo Fm
Rio de Janeiro
26/05/2011, 19:08:32

Só pra constar: não sou dizimista e não me sinto nem um pouco obrigado a ser. Considero que a quantia que contribuo mensalmente é suficiente para contribuir com o saneamento dos gastos da minha igreja, que, por sinal, são bimestralmente relatados perante toda a congregação em reunião administrativa.

Quando a igreja precisa pedir aos irmãos que sejam mais generosos em suas contribuições, isto deve ser feito em reunião a portas fechadas, com participação exclusiva dos membros em comunhão com Deus e com a igreja, jamais em reuniões públicas, pois não são os visitantes os responsáveis pelo sustento da congregação, e sim os membros.

(0) (0)

Rodrigo Fm
Rio de Janeiro
26/05/2011, 19:15:01

Faço das palavras do Cassiano as minhas.
Não concordo com a opinião do Giuli... mas de qq forma admiro todos os participantes pela calma com que trataram do assunto e se respeitaram.

E Paulinho mano, vc tinha que colocar lenha na fogueira e não ficar colocando panos quentes!
kkkkk

abraços

(0) (0)

Féll Borges
São Paulo
26/05/2011, 20:17:17

Acho que alguns irmãos não entenderam até agora o que estamos falando aqui.
Uma dica, é melhor ler todos os comentários desde o inicio e melhor, em oração conferindo nas escrituras. Ok?

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
27/05/2011, 12:55:35

Apoiado Marcelo
como diria minha irmã
"Pega o trem andando e ainda quer sentar na janelinha"

(0) (0)

Ricardo Henrique da Silva
São Bernardo do Campo
27/05/2011, 14:01:57

Sempre acreditei que as todas as igrejas pregavam a favor do dízimo. Com esse pod me surpreendeu.

COMENTO NOVAMENTE:
Para mim é muito natural entregar o dizimo e as ofertas, até porque sei que estão sendo muito bem empregados no Reino.
Compreendi muito bem o que o Cassiano falou, mas para mim é tudo muito novo, nunca tinha ouvido falar nessa visão teológica.

Fiquei curioso quanto as denominações que não tem essa pratica. Como que elas sobrevivem sem o dízimo e só com as ofertas? Sei que muitas vezes as ofertas são menores que o dízimo.
Na hora do ofertório como acontece? Como é feita essa parte da liturgia?

(0) (1)

Diego Santana
Rio de Janeiro
28/05/2011, 04:18:52

Diego não é que necessariamente a igreja não recolha dízimos, tem igreja que recolhe dízimos mas não usando terrorismo de malaquias.

O problema está no ensinamento, pois se as igrejas ensinassem as pessoas o real sentido do dízimo e qual a sua importância para a instituição, não seria necessário espiritualizar as coisas.

Se a igreja orientasse corretamente qual é o papel do cristão quanto a ajudar o próximo (uma vez que ele tivesse esse trabalho) não receberia ofertas "pequenas", pois haveria mais venerosidade, mais amor.

Infelismente a própria igreja criou essa ideia de que oferta é menor que dizimo, tipo; "pega o que esta sobrando na sua carteira e oferta pra Deus"

Mais uma vez digo, a maioria tem seguido a Lei com se nela vivesse, e esquece o principio da qual ele vem.

Mas, se vós soubésseis o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício, não condenaríeis os inocentes.
Mateus 12:7

Porque eu quero a misericórdia, e não o sacrifício; e o conhecimento de Deus, mais do que os holocaustos
Oséias 6:6

fica na paz

(0) (0)

Ricardo Henrique da Silva
São Bernardo do Campo
28/05/2011, 08:56:25

Diego,

Na igreja em que congrego, há um local (reservado), onde há uma pequena caixa. Você pega um envelope (não identificado), coloca o dinheiro dentro e deposita-o na caixa (pode colocar o dinheiro direto na caixa também).

Todo domingo a noite os diáconos (quatro irmãos) pegam a caixa e levam para uma sala, onde é feita a contagem. Depois um dos irmãos pega o dinheiro e deposita na conta da igreja. Bimestralmente presta-se contas do dinheiro arrecadado com ofertas e todos os gastos da igreja são evidenciados.

O caderno com as contas fica disponível pra qualquer membro ver, bem como todas as notas fiscais de compras e serviços que a igreja adquiriu, desde aquelas de centavos, até as de maior valor.

(continua)

(0) (0)

Rodrigo Fm
Rio de Janeiro
28/05/2011, 10:32:28

Há uns 10 anos atrás tive a curiosidade de fazer a média por membro. Deu cerca de R$ 45,00 por membro. Temos irmãs viuvas e outras pessoas bem pobres que não tem condições de contribuir, inclusive alguns são ajudados pela igreja com as ofertas arrecadadas na ceia, que é única reunião onde se passa ofertório com destino específico de ajudar as viúvas e necessitados.

Em nenhuma outra reunião há momento de ofertório. Todos sabem onde colocar suas ofertas, então não há necessidade de ficar lembrando. Acredito que haja muitos irmãos dizimistas lá, mas também sei que muitos não podem contribuir.

Não dá pra patrocinar grandes eventos, mas para os gastos normais da igreja dá e sobra. Nunca atrasamos o pagamento de contas e ainda sobra pra contribuir com entidades missionárias e ajudar irmãs necessitadas. Tem sido assim há mais de 65 anos.

(1) (0)

Rodrigo Fm
Rio de Janeiro
28/05/2011, 10:37:07

A questão é: não vai faltar dinheiro pra igreja se os membros tiverem na mente o significado da contribuição e contribuírem de acordo com o que Deus propuser em seus corações. Ou Deus não sabe do que a Igreja precisa?

(1) (0)

Paulinho Degaspari
irmaos.com
28/05/2011, 13:30:08

Não sou dizimista, entretanto, como sou escravo de Jesus Cristo, acredito que tudo o que está em minhas mãos está emprestado por Ele para viver nessa terra. Vejo o dízimo como pacto comunitário, um valor separado para sustentar uma determinada organização da qual se faz parte. Quanto às ofertas, o que a mão direita faz não saiba a esquerda... Para tudo, oração solicitando a orientação de Jesus... Que Ele abençõe plenamente cada um aqui! Abs Fábio

(0) (0)

Fábio Milson
Mauá
29/05/2011, 19:55:35

Pelo jeito este assunto foi "deixado para trás"
Kkkkk!!!

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
01/06/2011, 20:32:11

Querem um estudo detalhado, bíblico e sem rodeios sobre o dízimo entrem no site abaixo.
(Centro de Pesquisas Religiosas - Apologia)
www.cpr.org.br
O que é legal neste site é que não só comenta sobre as seitas mas principalmente sobre os erros doutrinários que existem em nossas comunidades (igrejas "protestantes").
Artigos de MARY SCHULTZE sobre o dízimo
Esta senhora é 10!

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
04/06/2011, 20:04:10

Marcelo, não consegui achar nada, quer dizer, só uma noticia de que um prefeito criou um dia do dizimista, vc poderia passar link da materia

vlw

(0) (0)

Ricardo Henrique da Silva
São Bernardo do Campo
07/06/2011, 19:29:33

É bem extenso Ricardão, mas vale a pena.
click ou copie e cole na barra de endereços. Ok?
[go.irmaos.com/l5g]
[go.irmaos.com/l5h]
[www.cpr.org.br]/Abraao_Dizimo_Outra_vez.htm]
[www.cpr.org.br/No_principio_era_o_dizimo.htm]
[www.cpr.org.br/O_Idoso_Dizimo.htm]
[www.cpr.org.br/catecismo_dizimos.htm]

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
08/06/2011, 15:24:35

nas igrejas onde todos sabem que precisa ofertar não tem novos convertidos? como é feito o discipulado sobre está questão?

(0) (0)

Alex Fonseca Silva
São Paulo
09/06/2011, 22:10:38

A importância de contribuir deve ser ensinada desde o início aos novos convertidos. Temos, inclusive, no Efeito Estufa uma matéria chamada Mordomia Financeira que fala dessas e outras coisas relacionadas ao dinheiro [go.irmaos.com/l5k]

(0) (0)

Paulinho Degaspari
irmaos.com
10/06/2011, 11:12:42

Bacana.

(0) (0)

Alex Fonseca Silva
São Paulo
18/06/2011, 02:01:38

Ao invés de entregar o valor que seria do dízimo, a pessoa pegar esse dinheiro e entregar diretamente missões, não seria errado, mesmo que a igreja local ensine a pratica de entregar o dízimo de forma convencional?


(0) (0)

Diego Santana
Rio de Janeiro
18/06/2011, 05:13:02

o que entendi da discussão aqui é que dizimo esta lado a lado com guardar o sabado e sacrificar uma ovelha ou 2 rolinhas, voce pode dar 10% de seu rendimento á igreja ou para missões, mas isso não é mais o dizimo; é apenas 10%

(0) (0)

Alex Fonseca Silva
São Paulo
18/06/2011, 12:07:14

Acredito que este tema é um dos mais polêmicos, pois apesar de ser um assunto muito discutido por Jesus, não há instrução clara quanto ao termo "dízimo".
A quem interessar, há um pequeno artigo de R. C. Sproul sobre este tema. bit.ly/mxnAPy

(0) (0)

Vagner Rodrigues
Maringá
04/07/2011, 13:07:05

ja foi comentado no pod que se não foi cancelado ou repudiado tbm não quer dizer que deve ser feito, muito da antiga aliança não foi anulado pelas escrituras, Neste texto porém contradizendo o outro lado do argumento está escrito, "Importava fazer estas coisas, e não deixar as outras." Lc 11.42 o Pr Ed fez um talmidin sobre este tema [http://edrenekivitz.com/blog/2011/07/talmidim-164-dizimo/] ainda não me decidi sobre isto, estou estudando bereanamente

(0) (0)

Alex Fonseca Silva
São Paulo
06/07/2011, 20:02:22

Alex, veja que antes, o versículo diz "desprezai o mais importante da lei"
Portanto Jesus esta conversando com pessoas que está no contexto da dispensação da lei, que "ensina" a lei. Ou seja, escribas e fariseus.
Mas uma vez: Os mandamentos da antiga aliança que devemos observar são os de conduta, moral (não matarás, não adulterarás etc...)
Os cerimoniais foram abolidos (sacrificios de animais, sabados, dizímos etc...)
Ok? Continuemos, em oração, a estudar as escrituras sagradas. Amém!!!

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
10/07/2011, 15:00:35

Marcelo, é exatamente o que entendi, o mais importante é a direção que a lei dá, mas algo ser mais importante, não elimina algo menos importante, O Ed em algum lugar comentou que precisamos saber quando seguir a lei significa profanar o sabado, más quando JESUS diz, "importava fazer estas coisas..." ELE quer dizer "deviam ter feito isso enquanto dava tempo e agora já era", ou "façam as duas coisas"?

(0) (0)

Alex Fonseca Silva
São Paulo
14/07/2011, 01:34:35

"importava fazer estas coisas..." - No momento que Jesus disse estas palavras, "façam as duas coisas" (presente)
"tudo está consumado" - Após estas palavras de CRISTO na cruz , "deviam ter feito isso" (passado)
Amém?

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
14/07/2011, 22:38:04

Interessante, ainda em analise, mas gostei dessa idéia.

(0) (0)

Alex Fonseca Silva
São Paulo
15/07/2011, 01:38:21

rsrsrsr...Parabéns ao Cassiano pela coerência, igreja é igreja e Israel é Israel, ou teremos que utilizar outra regra de interpretação que não a histórico-literal, quanto ao dízimo, podêmicas a parte, sempre fui dizimista e me sindo muito bem em ser, nunca me fez falta contibuir na igreja, mas já briguei muito e saí de igrejas que faz o mau uso das contribuições.

(0) (0)

Nilton
Isesaki
21/07/2011, 07:59:54

Estou como o Alex Fonseca Silva, estudando bastante sobre esse tema.
Confesso que não é fácil. Nunca tive o problema de entregar o dízimo porém não foi fácil tb ouvir esse podcast.. Foi um assunto muito novo para mim. Não esperava de ouvir tudo que ouvi.

Abraço para todos.

(0) (0)

Diego Santana
Rio de Janeiro
26/07/2011, 03:43:54

Cristiano, Marcelo e Sara, puxa vida, quanta besteira junta. de onde voces vieram????

Gil mostrando o que esta na biblia e estes tres simpesmente ignorando a palavra de Deus e fazendo piadinhas o tempo todo, assim como em outro podcast onde a Adriana fazia piadas com os Dons do espirito.

Tudo errado, por favor cancelem meu cadastro no irmaos.com. parei!! esta foi demais.

(0) (2)

Kleberson Ribeiro de Almeida
São Paulo
27/07/2011, 02:01:51

Escutei ontem a noite o podCast. Será que ainda vale a pena comentar dado que ele foi lançado em Maio?

Meu comentário: Dado que o dízimo transcende a lei de Moisés (como foi comentado, ele começou com Abraão, e é mencionado em Hebreus), entendo que isso é um princípio eterno e não um preceito dado apenas a Israel. Se estamos na graça, e temos o Espírito de Deus, teríamos que ofertar mais que o dízimo, portanto, o dízimo é o mínimo. Se não queremos contribuir com nossa igreja local, para que ela mantenha o prédio, funcionários e infra, então que façamos como na igreja primitiva, que nos reunamos nas casas, então o dízimo será apenas para manter os obreiros/ missionários e necessitados.

(0) (1)

Eliseu M. Gomes
São Paulo
01/08/2011, 11:18:17

Porque adultério, homossexualismo, roubo é errado, e assim vai? Porque entendemos que algumas coisas são princípios eternos, que transcendem os preceitos da Lei para Israel, transcendem as eras e as culturas. Creio que o dízimo é a mesma coisa. Para mim o principal argumento é que ele foi adotado pelos adoradores de Deus ainda antes da Lei. E ele é o mínimo. Um verdadeiro discípulo já entregou tudo ao Senhor: 100%

Lembro também que as escrituras sagradas mecionam MUITO a questão do dinheiro, dízimos e ofertas (pelo que me lembro numa pesquisa que fiz, são mais de 1600 vezes), e vemos os adoradores oferecerem seus bens a Deus do Gênesis ao Apocalípse. Naquele dia, oferecemos nossas coroas ao Cordeiro de Deus, em adoração. Portanto, uma pessoa que não oferta ao Senhor, e alega que está na época da graça, na verdade ele está é sentado na graça, ou debochando da graça. Na minha visão, o mínimo que um cristão pode fazer em relação a esse assunto, é ofertar seu dízimo a Deus, e honrar sua... [mais]

(0) (1)

Eliseu M. Gomes
São Paulo
01/08/2011, 11:32:25

Opa Eliseu, embora também sendo novo aqui. Seja bem vindo!
É claro que vale a pena.
Mas gostaria de te dar um conselho, leia com muita atenção todos os comentários aqui postados, e confira nas escrituras em oração. Ok?
Fique na paz do nosso AMADO, amado!!!

(0) (0)

Marcelo Chagas
Cubatão
02/08/2011, 09:02:59

Galera acho que os dois lados do tema tem cometido o mesmo erro, fazer pouco caso do oposto. Achar que dei 10% agora faço o que quero de errado com o resto é pouco caso com alguém que esta comprometido com o dizimo <--> não oferto porquê estamos na graça, é oposto ao "vou dar conta de tudo que tenho" todos que defendem seu ponto de vista aqui é para mostrar o que aprendeu e o comprometimento com o mesmo.

(0) (0)

Alex Fonseca Silva
São Paulo
03/08/2011, 01:13:58

Me parece que além dos podcasters, os comentários são às vezes extremistas. De um lado o poder da graça misturado com o pós-modernismo que estamos inseridos e do outro um pouco de fundamentalismo sem fundamento. Usar o bom senso seria o mais adequado. Sabemos que poucas pessoas estão preparadas para agir como o Cassiano disse que deveríamos dar apenas ofertas, ou seja, será que daríamos ou o Cassiano dá o valor de seu dízimo?
Por outro lado não podemos pensar que dar o dízimo é um trocado para receber bençãos ou deixar de receber maldição. Mas acho justo repartir a conta dos gastos e investimentos em projetos com 10% do que ganhamos e por causa disso chamamos de dízimo. O que podemos fazer como Bereanos é repassar a ideia para nossos irmãos.

(0) (0)

Hebertty Vieira Dantas
João Pessoa
02/01/2012, 22:34:54

Acabei de ver esse vídeo do blog VoltemosAoEvangelho. Neste vídeo Augustus Nicodemos fala sobre o dízimo. Acho que vai ajudar muitas pessoas, inclusive o Irmão Giuliano.

[go.irmaos.com/l5l]

(1) (0)

Vagner Rodrigues
Maringá - PR
15/02/2012, 14:16:50

Esse poadcast me edificou bastante, gostei muito da citação abaixo, dita pelo Paulinho

"você pode semear e outra pessoa colher, isso pode não ser necessariamente para a sua vida"




(0) (0)

Carlos Eduardo
Uberlândia
21/03/2012, 15:29:09

Como disse o Carlos Eduardo, o pod foi muito edificante, mesmo com a polêmica rsrs.

(0) (0)

Diego Rocha Chagas
Praia Grande
27/06/2012, 11:47:29

Dízimos e ofertas. Geralmente em relação ao dízimo, quem olha de fora para a igreja só enxerga este lado, todas as piadas tem a ver com isso (casa da moeda).
A história do dízimo começou com Abraão (Gen 14 traz a primeira referência ao dízimo na Bíblia). Na realidade Deus não está nem aí para o dízimo, pois não há nada que possamos dar à Ele que jão não seja dEle.

(0) (0)

Luciano Coelho Alves
Curitiba
02/10/2012, 09:48:57

Gente eu pensei que o Giuliano e o Cassiano ia entrar nos tapas! Eu já tava era com medo! O_o Eu concordo com a oipinião do Guiliano eu acho que devemos entregamos os dizimos e agente tem da também oferecer ofertas porque é tudo questão de Amor! Quando fazemos algo com Amor tudo é agradavél a Deus! =D

(1) (0)

Alrizete
Campestre
01/02/2013, 11:03:54

Rindo muito com amigos ouvindo este podcast...parabens galera....

(1) (0)

Tiago Alves
São Paulo
24/03/2013, 13:19:18

A lei, para os gentios, foi abolida sim no Concílio de Jerusalém. Se é pra cumprir a lei do dízimo tem que cumprir todo o resto!

(0) (0)

Alexandre
Contagem/MG
09/04/2013, 21:25:26

gostei pois é um assunto que afeta mtooo as pessoas na igreja... é importante todo o contexto ter fé, ser fiel e buscar a Deus e ajudar a igreja. ^^

"eu vo ficar de peh e aplaudir esse cara!" da-lhe Cassiano!!! kkkk

(2) (0)

Lucas Santos
São Paulo
19/04/2013, 14:29:51

Olá Galera,

Bom, eu jurava ter um conceito formado sobre dizimo, ate hoje!! rs
PodCast sensacional, gostei muito por termos um debate e todos poder expor e defender sua ideia, confesso que agora fiquei a pensar.. Pessoal eu nunca vi alguém defender a época da graça, sobre dizimo com tanta propriedade.

Adorei, parabéns e é isso ai. =)

beijos

(2) (0)

Ana Rebeca Borges
Maua
19/04/2013, 16:29:11

O primeiro pod que não gostei :-/ foi praticamente TODOS contra um (Giuliano). É obvio que a maioria das opiniões em uma discussão com várias pessoas acaba gerando maior apelo, coloca 5 pessoas do LGBT para discutir com um cristão, quem vai ter maior apelo? Lógico que a galera do LGBT, pois 5 cabeças tem muito mais argumentos que uma cabeça, então penso que foi falta de sabedoria vcs agirem assim, pois vcs tem um grande poder de influência em muitos jovens cristãos.

A Sara disse que o dízimo pode ser entregue numa creche? Totalmente fora da visão de Cristo, pq dar dinheiro para pessoas Espíritas que cuidam de crianças pq acham que assim vão ter uma recompensa é melhor do que dar o dinheiro na igreja que vc congrega? Vcs acabaram dizendo muitas opiniões sem fundamento. Faltou um pastor para com propriedade falar como o dinheiro ofertado é utilizado, vcs suporam milhares de coisas, só suposições.

Essa foi minha crítica, sem ofensas e sem mágoa, mas tudo temos que fazer com zelo, sabedoria e amor.
Fiquem na Paz, abs.

(1) (2)

Rafael Paiva da Silva
Guarulhos
24/04/2013, 10:56:02

Foi enfatizado neste podcast que o dízimo fora anterior a lei, é verdade, assim como os sacrifícios de animais, a guarda do sábado etc... Gente somos pertencentes a Nova Aliança e vocês estão apegados a Antiga Aliança. Dízimo não foi não é e nunca vai ser princípio divino como se é de costume acreditar no meio evangélico. Todas essas três referências do novo Testamento não tem nada a ver com os discípulos pertencentes a Nova Aliança.
Em nenhum ponto do novo testamento o dízimo foi abolido? Em todo o Novo Testamento o dízimo foi abolido. Estamos na realidade, já não mas sob as sombras.

(3) (0)

Eribaldo
Natal
24/04/2013, 20:12:47

Alguns comentários dos ouvintes acima que foram marcantes:

"As vezes estamos sendo cobrados a pagar contas (com nossas ofertas) que nem mesmo são nossas, nem do Corpo de Cristo, nem mesmo de DEUS."

"Quem deu o dízimo: o irmão que deu 10% do seu salário ou o irmão que pagou a mensalidade da faculdade da sobrinha porque o cunhado está desempregado?"

Ah, e muita gente falando que o dízimo é anterior à lei. A circuncisão também.

(0) (0)

Andrias da Silva César
Rio de Janeiro
23/07/2013, 02:06:09

O Giuliano disse que em nenhum lugar no novo testamento o dizimo foi abolido, mas alguns historiadores dizem que o Judeu parou de dizimar em 70 d.C. Alguém poderia confirmar se isso de fato é real? Outra coisa, se o dizimo era uma pratica judaico com um fim (viúvas, órfãos, sacerdotes), não seria então o dizimo uma pratica da lei cerimonial, a lei cerimonial não foi abolida em Cristo? Porque parece que a igreja que é o corpo mistico do Senhor Jesus, feita de Judeus, gregos ou seja de todo aquele que invoca o nome do Senhor Jesus Cristo, dava 100%. Ou seja usava o dinheiro para a glória de Deus. São essas as minhas duvidas?

(2) (0)

Robert de Souza Guedes
Barra Mansa
13/05/2014, 12:05:48

Caraca do Cast bom.

Eu concordo com a maioria, dizimo não deve ser ordenança.
Porem um cristão maduro deve ter a consciência de que o templo não vai se manter se os membros não ajudarem financeiramente.
"Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria." 2 Coríntios 9:7

(1) (0)

Derly de Lana Cordeiro
Tailândia
11/12/2014, 11:32:29

Não acredito que seja um tema polêmico, pra mim é claro que dizimo faz parte da lei judaica, e para a igreja (corpo de cristo) e não instituição as ofertas são voluntárias. Acredito que um tema mais controverso foi colocado no início do debate e que tem maior relevância que é justamente o tipo de teologia que cada igreja (aqui instituição ) adota, esse sim é um tema polêmico.

(0) (0)

Dirson Pereira Junior
Anapolis
02/03/2015, 16:05:03

Atenção! Você está deslogado.

Deslogado, seu comentário será moderado.
Identifique-se e comente sem moderação.

Todos os campos são obrigatórios

Seu nome:
E-mail:

(não será divulgado)
Localidade:
Comentário:

                                                                                                    

Código de segurança:

CAPTCHA Image
Digite os caracteres acima:

Veja a lista completa de programas


Creative Commons License
Podcast irmaos.com é licenciado pela
Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.


Conte-nos como conheceu o
Podcast irmaos.com

Assine nosso feed

Assine pelo iTunes


Veja a lista por podcaster:

Veja a lista completa dos títulos dos programas

Programas mais comentados
#148: Músicas seculares que edificam
#126: Dízimos o Ofertas
#135: Teísmo Aberto
#141: Márcio Valadão e as Mega-Igrejas
#200: #pod200

Programas mais ouvidos
#222: Vaidade Masculina
#224: Filmes cristãos que marcaram nossa vida
#232: Os Desigrejados
#223: Salvação, Amor e Libertação
#230: A Geração EU ME ACHO

Programas favoritos da galera
#85: Vida Cristã Relevante
#206: Santidade
#180: Amor X Paixão
#192: Despedida de Solteiro
#174: Jó

Notícias relacionadas
Saiba como assinar gratuitamente o Podcast irmaos.com
Os feeds dos podcasts irmaos.com e Missão na Íntegra estão com problemas. Entenda o motivo
Entenda a periodicidade dos podcasts publicados em irmaos.com
Confira a programação do Lutando Pela Igreja e acompanhe tudo ao vivo por irmaos.com
Oro para conhecer a vontade de Deus, diz Bono
«Mais»

"Aquele que começou a boa obra a aperfeiçoará até o dia de Cristo Jesus." Filipenses 1:6


 
Cheap Moncler Jackets Cheap Moncler Jakker Cheap Moncler Coats Cheap Moncler Down Jacket Cheap Moncler Down Coats Cheap Moncler Doudoune Cheap Moncler Jackets On Sale Cheap Canada Goose Parka Cheap Canada Goose Montebello Parka Cheap Canada Goose Jackets On Sale Cheap Canada Goose Chilliwack Bomber Cheap Canada Goose Montreal Cheap Canada Goose Jacket Sale Cheap Canada Goose Women Emilio Pucci Dress Emilio Pucci Dresses Emilio Pucci Sale Cheap Emilio Pucci Emilio Pucci Outlet Emilio Pucci Online Emilio Pucci Gown Cheap Parajumpers Online Shop Cheap Parajumpers Sale Cheap Parajumpers Damen Cheap Parajumpers Jakke Cheap Parajumpers Jacka Cheap Parajumpers Gobi Cheap Parajumpers Norge Cheap winter Coats Cheap Winter Coat Sale Cheap Winter Jackets Cheap Winter Down Jacket Cheap Winter Down Coat Cheap Winter Jackets Cheap Winter Jackets Outlet Cheap Woolrich Coats Cheap Woolrich Parka Cheap Woolrich Arctic Parka Cheap Woolrich Arctic Parka Cheap Woolrich Outlet Online Cheap Woolrich Parka Sale Cheap Woolrich Parka