#303: O valor do descanso

Paulinho Degaspari, Adriana Degaspari, Sara Martins, André Lopes Pedro Angella tentam entender o que significa descansar de verdade, qual era importância disso para o povo de Israel e o que tudo isso tem a ver com a gente hoje.

Duração: 00:51:54

» Participe do grupo de irmaos.com no Telegram
» Receba as novidades de irmaos.com por WhatsApp

  • André Lopes

    Oba, vou baixar pra ouvir enquanto descanso!

  • Kiko Guimarães

    Louça ficará por minha conta hoje…

  • http://nobarquinho.com/category/delas/ Sara 8:)

    Estava com saudades.

  • https://www.irmaos.com/membro/claudiosilva/ Cláudio Antônio da Silva

    Poxa, hoje cheguei bem atrasado, três comentários antes do meu, mas tudo bem.
    Sara de volta aqui hein, coisa boa.
    Muito bom este episódio, tudo a ver comigo, porque não sou daqueles que não para nunca, graças a Deus consegui me organizar para fazer tudo de forma equilibrada.

  • Leonardo Romano

    A louça fica por minha conta todos os dias, mas ela só ajuda a relaxar a mente se eu terei que fazer algo importante em seguida. Lavo quando preciso abafar todas as vozes para me concentrar no próximo alvo. Aliás, tanto a louça, como outras tarefas do lar de baixo impacto ajudam muito não só a relaxar, centrar o foco, mas influenciam positivamente no meu dia. Se eu largo a casa bagunçada e vou trabalhar, quando volto dá até uma tristeza de ver a cena doméstica. Chegar em casa e tudo estar organizado é muito confortante. É como se eu já tivesse preparado a minha própria recepção. Aí sim, posso entrar pela porta e dizer que o dia de trabalho terminou e a agora só preciso relaxar ou estudar.
    Grande abraço para todos e fico aguardando o próximo podcast.

  • BARBARA HELENA MARIA ALENCAR FONSECA

    Gostei muito de parar e descansar ouvindo vocês.Temos que aprender a não andar ansioso por coisa alguma.

  • Quinhones de Santana

    Ouvindo sobre descanso e indo trabalhar da até uma tristeza!kk
    Ficou muito Bom, E eu achando q o André Lopes só cozinhava, esse é Master Chef completo cozinha e lava a louça! kk
    Grande Abraço!

  • https://www.irmaos.com/membro/demaismm/ Denise Machado

    Excelente tema, excelente podcast, excelente livro do Haschel que explica a santidade do sábado. Essa mensagem é maravilhosa! Deus sabia que precisaríamos desse descanso/tempo e para isso criou o sábado, para investirmos no relacionamento com Ele (primeira coisa que o homem criado fez), com a natureza e com aqueles que amamos. Para o sábado ser uma bênção na vida do ser humano, precisamos, como o Paulinho falou, desse esforço intencional de “desconectar” e ter a confiança de que Deus cuida de nós. Essa é a mensagem dos adventistas do sétimo dia sobre o sábado, pena que para muitos (assim como para os fariseus) também se tornou um mero “ritual religioso”…

  • https://www.irmaos.com/membro/maumautmz/ Maurício Tomaz dos Santos Neto

    Mais um ótimo podcast! A ansiedade tem atormentado nossa sociedade e talvez o motivo seja essa dificuldade de descansar. Acho que não sabemos descansar porque compramos a ideia de que precisamos de muitas coisas para sermos felizes, enquanto na verdade as formas mais sinceras de alegria são extremamente simples e espontâneas. Pra mim o Paulinho “matou a charada” no final: o segredo do descanso está no contentamento em Deus.

  • https://www.irmaos.com/membro/chicone/ Francisco Gabriel

    Só uma coisa… Não sei mais contar quantos podcasts que já ouvi com o Pedro falando que está de férias.

  • https://www.irmaos.com/membro/ismaelsmith/ Ismael Batista

    Diariamente faço 3 coisas que me ajudam muito a recuperar as energias e descansar:
    Ouvir podcast, jogar com outras pessoas e meditar ouvindo músicas (o último faço pela manha, todos os dias antes do trabalho, normalmente Os Arrais estão na playlist xD ).

    Além disso, uma coisa que acho muito importante é não me preocupar com as coisas, principalmente com as quais não posso fazer nada, isso me consome muita energia, não é bom para a vida. Lembrando que SE PREOCUPAR é diferente de SE IMPORTAR.

    Estou no final das minhas férias e sou daqueles que sentem que estão perdendo tempo se estão muitos dias parado. Não gosto disso.

    Pra finalizar, obrigado pela citação de 1 Timóteo 6, Paulinho 🙂

  • https://www.irmaos.com/membro/chicone/ Francisco Gabriel

    Eu ja fui um cara muito ativo no que diz respeito a trabalho e a igreja. No trabalho eu sempre fui o cara da hora extra o que cobria folga de outros funcionários, o que gostava de estar no trabalho mais que em qualquer lugar. Na igreja, tomava a frente de vários trabalhos como grupo de jovens e realização de eventos, alem de musico e coordenador do grupo de louvor. Resumindo, não parava nunca nem durante a semana e nem no final.
    Após o nascimento da minha filha resolvi dar uma parada, junto com isso eu comecei a ingressar em uma nova profissão (fotografia) o que me dá muito mais tempo de convivência com a família e de um ano para cá minha esposa parou de trabalhar para ficar mais em casa. Eu não tenho mais celular, pelo menos não smartphone, e com isso só uso aplicativos de comunicação durante o dia em “horário de trabalho”, já que tudo fica centrado no computador e assim que levanto da cadeira eu me desligo de tudo isso.

  • https://www.irmaos.com/membro/th_ibrahim/ Thiago Ibrahim

    Um tema tão rico daria mais uns 3 programas de troca de ideias. Tava com saudades de ouvir a Sara no podcast irmãos.com. Sempre fui fã! <3

  • ANA CAROLINA BORGES DE OLIVEIRA COUSSEAU

    Lembrei demais de Thoreau escutando o episodio, no livro Walden (ou A vida nos Bosques) ele diz:
    “Quando somos calmos e sábios, percebemos que só as coisas grandes e dignas têm existência permanente e absoluta, que os pequenos medos e pequenos prazeres não passam de sombra da realidade, o que é sempre estimulante e sublime. Por fecharem os olhos e dormirem, por consentirem em ser enganados pelas aparências, os homens em toda parte estabelecem e confirmam suas vidas diárias de rotina e hábito em cima de fundações puramente ilusórias. (pg. 99).”

    “Nunca é tarde demais para abandonar nossos preconceitos. Não se pode confiar às cegas em nenhuma maneira de pensar ou de agir, por mais antiga que seja. O que hoje todo mundo repete ou aceita em silêncio como verdade amanhã pode se revelar falso, mera bruma de opinião que alguns tomam como uma nuvem de chuva que fertilizaria seus campos” {sobre o fato de que hoje em dia o que vale é: quanto mais trabalho mais valor tenho, já eu penso que no trabalho ou no descanso temos que ter tempo de qualidade, por isso prezo tanto a organização do tempo, muitas vezes um bom tempo trabalhando não é um tempo de qualidade fazendo nossa obrigação e sim somente um tempo que poderíamos dividir entre trabalhar e descansar}

    Uma vez li uma frase interessante: Pare com a Glamorizarão do “eu não tenho tempo”. Hoje em dia uma pessoa que tem uma tarde livre simplesmente para não fazer nada é tida como uma pessoa desocupada, ao invés das pessoas darem o devido valor aos tempos de ócio e observação das maravilhas de Deus já ficamos pensando em como preencher o tempo com mais trabalho.

    “O homem que não acredita que cada dia encerra uma hora mais matutina, mais sagrada e mais radiosa do que a que já profanou, este desesperou da vida e desce por uma senda cada vez mais escura”

    “Tardamo-nos no inverno quando já é primavera”

  • https://www.irmaos.com/membro/chicone/ Francisco Gabriel

    Dias atras eu estava lendo um livro de história e me deparei com um relato que dizia, que a principio, os portugueses ao tentarem obter a mão de obra dos índios davam para eles machados e ferramentas que agilizariam o trabalho e consequentemente eles seriam mais produtivos no corte de madeira, mas o que acontecia, que com maior agilidade para obter a cota diária os índios encontravam mais tempo para fazer nada, ou seja, trabalhavam mais rápido, produziam a mesma coisa e tinham mais tempo livre. Bem o contrário das pessoas de hoje que tentam cada vez mais otimizar seu tempo para que a sobra seja preenchida com mais trabalho.

  • Antonio Carlos

    No meu caso, até consigo me desligar do trabalho, mas fico angustiado quando acaba o fim de semana e não li os livros/HQs ou assisti as séries/filmes que gostaria. Já chequei ao ponto de deixar de ir ao meu filho na pracinha, pra terminar um livro que estava lendo.

  • http://filhoeamigo.wordpress.%20com Pedro

    Ola! Sou novo aqui e já estou apaixonado pelo podcast. Queria saber se esta disponível no soundcloud também?

    • https://www.irmaos.com/membro/paul/ Paulinho Degaspari

      Não, mas você consegue ouvir via apps de podcast em smartphones. É só instalar e procurar por irmaos.com.

  • https://www.irmaos.com/membro/chicone/ Francisco Gabriel

    Esqueci de comentar, mas vocês já ouviram falar do “Nadismo”??? Eu vi uma matéria na TV a alguns anos atras falando sobre, e nada mais é que um movimento em que seus adeptos reservam um determinado período do dia para fazer nada. Quando eu digo nada, é nada mesmo!!! Vai na praça, deita na grama e fica olhando para o céu. Você não vai ler um livro, não vai ficar mexendo no celular, conversar com alguem, não, você vai pensar na vida, no maximo ficar procurando nuvens com formatos de animais.
    Eu não sou adepto, mas confesso que isso mudou muito meu modo de pensar em algumas coisas, por exemplo, abandonei o celular e suas infinidades de aplicativos distrativos, se vou ao banheiro eu vou para fazer o que precisa ser feito, nada de levar livros para ler, nada de querer “ocupar o tempo”.
    Percebi que esse tipo de coisa, ter um tempo para não fazer nada, ter algo ocupando minha mente e me distraindo enquanto espero limitava a minha criatividade e até resolução de problemas, pois quando estou pensando naquela fase do candy crush eu não estou pensando em outras coisas que possam vir a me ajudar efetivamente. É mais ou menos o que vcs falaram sobre a criatividade do banho.
    Se alguém quiser conhecer mais sobre o nadismo, segue o site… http://www.clubedenadismo.com.br/

    Prometo que esse é o ultimo comentário, Paulinho!!! 😀

  • https://www.irmaos.com/membro/admsicardoso/ Simone Santos

    Sensacional a parte que a Sara menciona sobre a falta de delimitação de espaço entre o trabalho e a vida privada. De forma que nós somos notificados em casa sobre coisas do trabalho, mas não pode ver nada pessoal no trabalho. Esse tem sido um tema que temos debatido bastante na minha turma de mestrado. A não existência de separação entre a vida profissional e particular causa ainda mais estresse às pessoas e devido a sensação de ter que estar de plantão o tempo todo. Tudo bem que existem algumas profissões, tais como médicos e policiais, que exigem um alerta maior, mas mesmo assim é preciso que cada um tenha essa capacidade de se autorregular para conseguir fluir melhor no seu trabalho e na sua vida em família e amigos.
    Vou tentar adotar a dica da Sara em deixar o celular de lado quando chega de noite em casa. Confesso que vai ser bem difícil, mas vou tentar. Excelente o podcast!!! Vou tentar aprender a descansar… Se bem que para mim descansar mesmo é calçar o tênis e sair correndo pela cidade hehehe

    Abraços beeem apertado e por aqui na espera por outra visita \o/ \o/

  • https://www.irmaos.com/membro/admsicardoso/ Simone Santos

    Aproveito para deixar essa música da galera do Marcados pelo Sangue (de Maringá-Pr):
    https://www.youtube.com/watch?v=alOKNTe_N80
    Ouçam!!!!
    Vale muito a pena 😉

  • WILSON SOUZA

    Olá galera, passear é muito bom viajar melhor ainda, mas para mim descanso mesmo é poder estar em casa, no sofá assistindo um bom filme, acabar dormindo e então poder acordar pegar algo para comer e terminar de ver o filme, ai sim posso dizer que descansei, outras opções são: ler (livros, Hqs, Bíblia…), ouvir música, e jogar boardgames (jogos de tabuleiro) este ultimo está dificil ultimamante.
    *Ao contrario de alguns não, lavar louça definitivamente não! para resolver este problema adquirir um lava-louça, relaxo só de saber que ela fará este serviço por mim rsss.
    Agora uma coisa é certo descanso é prioridade, principalmente depois que temos filhos, onde o tempo de se fazer o que gosta fica mais escasso, e as chances de ficarmos irritados e chatos ficam maiores.

  • Luciano Valério

    Muito tempo depois, volto ao mundo dos podcasts e em grande estilo com esse programa da hora.

    Tenho vivido um tempo muito bom em que tenho aprendido sobre descansar em Deus, pois morando longe da família e numa cidade até então estranha, ou vc entra na neura de ter que se adaptar ou simplesmente descansa e deixa que as coisas vão fluindo com naturalidade.

    Deus tem me permitido descansar Nele e sempre me lembro do versículo que diz que aos seus amados Ele dá enquanto dormem e isso é mais uma prova de que nossa correria é vã se o Senhor não estiver na condução.

    Abraços e muito bom poder retornar (tipo um filho pródigo..rs!)

  • https://www.irmaos.com/membro/denysmanaus/ Denys Cruz

    Muito boa essa conversa, pessoal. Um tema bem pertinente, nesse momento de crise, onde se busca trabalhar e ocupar o tempo ao máximo. Entender que a pausa é necessária para a saúde é também compreender de forma completa que nosso corpo, como templo, precisa ser bem cuidado.

  • https://www.irmaos.com/membro/amora/ Leila Alves

    Deixo a paz a vocês; a minha paz dou a vocês. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbe o seu coração, nem tenham medo.
    João 14:27

  • https://www.irmaos.com/membro/leovitor/ Leonardo Vitor

    Eu ouvi enquanto trabalhava numa tarde de domingo. kkkkk
    Desde aquele dia mudei de atitude bastante. Valeu!