#304: Despedida de solteira – a vez delas

Adriana Degaspari, Daniela Marques e Késia Luna preparam uma despedida de solteira para Jaqueline Lima e falam sobre (quase) tudo que ela precisa saber sobre o casamento, desde os preparativos da cerimônia até os primeiros conflitos do casal, passando, claro, pelas delícias da lua-de-mel.

Atenção! Este programa não é adequado para menores de 18 anos por tratar de assuntos relacionados a sexo.

Duração: 01:33:39

» Faça parte do grupo “Olá, pessoas!” no Telegram
» Ouça a Késia e a Jaque no podcast Delas aqui em irmaos.com

CONTEÚDO RELACIONADO

  • https://www.irmaos.com/membro/altina/ Renata dos Santos Sousa

    ebaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

  • https://www.irmaos.com/membro/chicone/ Francisco Gabriel

    Poxa vida, Renata!!!

    • Lourival Gonçalves

      Aqui o Chico é Francisco.É que Irmãos.com dá um ar de seriedade né Chico,ops,Francisco.kkk

    • https://www.irmaos.com/membro/altina/ Renata dos Santos Sousa

      nem acredito que fui a primeira.hahahahaha

  • André Lopes

    Queridos @dridegaspari @kesialuna @jaquelinelima @caradosite muito bom o episódio! Muito edificante, divertido e instrutivo. Mais um que vou salvar pra minha filha ouvir (só semanas antes do casamento!) Muito bom!

  • https://www.irmaos.com/membro/jaimemuller/ Jaime Müller

    Me acabando de rir aqui com os comentários que expressam a cabeça de vocês. E constatação da loucura da Dri! he he

  • http://jaironmaduro.wix.com/psicologo Jairon Maduro

    Sou Psicólogo e atuo na terapia de casais, e a questão da falta de orgasmo têm causado muitos transtornos entre casais. Já tratei de um rapaz com um problema sério de ejaculação precoce que seu casamento acabou depois de 3 anos. Ficaram separados, mas de vez enquanto ele tentava um flash back e a resposta dela era “tu vai me deixar na mão de novo?”. O casal ainda se amava e durante a terapia houve a reconciliação e estão felizes.
    Em relação ao homem ter mais libido pela manhã, é devido as primeiras horas da manhã ter um aumento na produção de testosterona no corpo dele. Sendo que esse “up” no ânimo pode ser canalizado para outras coisas como o trabalho e etc.
    Sempre que possível é bom o casal procurar um terapeuta, pois sempre procuram um profissional quando leite está derramado.

  • Dafne

    Excelente episódio! Muito divertido e com ótimos conselhos.

  • http://www.missoesemsuasmaos.com.br Júlio Heleno

    Muito bom, meninas!
    São alguns dos assuntos que sempre tento conversar com meus amigos e amigas que estão noivos.
    Vale a pena ouvir!

    Jaqueline, Deus abençoe seu casamento!!

  • https://www.irmaos.com/membro/cinthiamel/ Cinthia Barbosa

    Olá Meninas!! Olá Jaque, você falou para nós comentarmos se não tomamos pílula. Sou casada há quase quatro anos e não tomo pílula há dois anos. Não quero te assustar, isso vai de pessoa pra pessoa, mas a pílula me engordou muito, engordei 15 quilos !!!! Sim, é muito! depois que parei emagreci 10 quilos logo no primeiro mês! Eu tinha muita dor e muita cólica, agora não tenho mais! No primeiro ano de casamento, quando tudo ainda é novidade, nem percebi a questão da libido, mas depois eu não tinha nenhuma vontade.
    Parei de tomar a pílula quando conheci o Método de Ovulação Billings. Não é tabelinha, a tabelinha dá errado porque nem todas as mulheres tem um ciclo de 28 dias, e isso é normal. O método consiste em você “prestar mais atenção ” aos sinais que seu corpo dá. Somos férteis apenas 3 ou 4 dias aproximadamente, no ciclo, e nosso corpo dá sinais de que estamos férteis. Faz dois anos que não tomo pílula e não uso camisinha e não engravidei! É claro , você teria que evitar relações nesses dias, ou usar camisinha. Hoje sei como meu corpo funciona em cada faze do ciclo, tanto sinais físicos tanto emocionais.
    Como as meninas te falaram, continua usando a pílula, seu casamento já está e perto e você se adaptou à pílula, mas depois pesquisa sobre outros métodos e expõe isso ao seu marido, porque essa é uma decisão que envolve ele também.
    Esse método é muito difundido no igreja católica, ele é ensinado no curso de noivos da igreja e os noivos já iniciam o casamento como ele. E isso não é novo, a pessoa que me apresentou já tem 58 anos e o aprendeu no curso de noivos da igreja (ela era católica) e nunca usou pílula, e quando ela quis engravidar ela só mudou o dia das relações.
    Desculpa o comentário longo!!! É que acho isso muito importante, fez toda a diferença na minha vida. Se você quiser podemos conversar mais depois, e te passo mais e detalhadas informações!!
    Deus abençoe !!!

    • http://www.missoesemsuasmaos.com.br Júlio Heleno

      É muito importante conversar sobre os métodos a serem usados – ou testados.
      Para mim, a camisinha não é uma boa opção. A pílula também não era uma opção por minha esposa ter hipotiroidismo. Os outros métodos também não funcionariam – ela tem ciclos muito irregulares. Na verdade, por conta de tantos problemas de saúde, nunca poderia engravidar, segundo alguns médicos.
      Depois da primeira gravidez, tivemos mais duas filhas logo e eu fiz vasectomia.
      Cada caso é um caso. Conversar resolve.

  • Leonardo Romano

    Ouvir o lado das mulheres faz muito bem! Gostei demais.

  • https://www.irmaos.com/membro/suzanaseixas/ Suzana Rodrigues Seixas

    Amei o episódio! Ahh, como eu queria ter ouvido antes do meu casamento, hahaha. Mas os podcasts irmaos.com sobre relacionamentos e diversos textos da Dani Marques me ajudaram muito, com certeza!
    Jaque, tenho uma experiência muito parecida com a sua! Morei com meus pais e irmãos mais novos a vida toda em Belo Horizonte, no mesmo bairro, no mesmo apartamento, 25 anos. Dos meus quatro anos de namoro a maior parte foi à distância, porque ele foi fazer intercâmbio na França por dois anos e veio trabalhar no Rio 7 meses antes do casamento (inclusive, se for fazer um Delas sobre relacionamento à distância, me chama! haha). Então, as mudanças foram bastante intensas! Minha mãe sofre de saudades e não podemos visitar com muita frequência. Mas é só agarrar com Deus, que Ele cuida de tudo! Me casei em fevereiro desse ano, e considero que as adaptações correram bem, graças a Deus, e a construção da nossa intimidade após o casamento foi e tem sido leve e prazerosa. Casar é mesmo muito bom! Um presente de Deus para um casal que caminha com Ele.
    Ri muito com esse podcast! Que conversa boa! Seria ótimo uma parte II! 😉

  • Daniel

    Qual é o episodio pros homens que é comentado nos primeiros minutos?

    • https://www.irmaos.com/membro/paul/ Paulinho Degaspari

      Está linkado nos posts relacionados, mas é este aqui: http://go.irmaos.com/pod192

  • Lourival Gonçalves

    Confesso que o podcast das meninas foi mais aberto.Fiquei imaginando a pequena Hobbit processando tudo isso.kkkk

  • Lourival Gonçalves

    No meu caso ainda estou devendo a viagem da lua de mel pra minha esposa,kkk,(lua e mel teve,kk,mesmo sem viagem).É que na época estávamos construindo casa,fazendo faculdade e casamento.
    Jack,parabéns e tudo de bom pra vocês.Feliz por você.

  • http://Não%20tenho sr. Elir Melo

    Show o podcast! Acredito que assim que devem ser discutidos muitos asssuntos que ainda são tabus no nosso meio. O acesso à informações relevantes como essas ajudam muitas pessoas. Muitas vezes nem reuniões de casais e nem grupos na igreja conseguem tratar com tanta clareza esses temas. O Paulinho e a rapaziada vai ter trabalho pra fazer um podcast de tão alto nível informativo como vocês fizeram. Abração!

  • https://www.irmaos.com/membro/amandacrda/ amanda crda

    adouro bate-papo abertos assim! hehehe

    Eu sempre tomei anticoncepcional, parei quando quis engravidar e olha… esse negócio da libido é verdade! Não que tenha super afetado o casamento antes, mas deu uma diferença sim.

    Uma “dica”, que pode parecer boba hoje, mas que eu sempre falo para as amigas que estão com o pé no altar: deem pelo menos um beijo gostoso todo dia, AQUELE beijo!

    Nos dias ensolarados vai ser apenas muito bom, mas, no tempo em que as coisas não vão tão bem – dias nublados chegam -, esse beijo nos faz lembrar o por que estamos casados, que nos apaixonamos um dia e que o amor continua…

    Parabéns pelo casório, Jaque! Respira fundo e corre pro abraço que tudo vai dar certo! 😉

    • https://www.irmaos.com/membro/paul/ Paulinho Degaspari

      O Jeremias Pereira chama essa técnica de “beijo de 10 segundos”. Ele também diz que temos lembrar de praticá-lo todos os dias pra ajudar a manter a chama acesa. Muito bom! 😉

      • https://www.irmaos.com/membro/amandacrda/ amanda crda

        e eu achando que era uma ideia inovadora! hehehehe

  • Dani Marques

    Foi muito boa e edificante a conversa. Terapêutica! 🙂 Entrar na casa do Irmãos.com pra bater-papo sempre faz muito bem pra alma! Espaço abençoado esse, pra mim e pra muita gente!

  • Manoella

    Gostei muito!
    Volto a ouvir quando estiver próxima de casar! Hehe
    Obrigada meninas!

  • https://www.irmaos.com/membro/altina/ Renata dos Santos Sousa

    voltei para comentar. Eu ouço os podcasts indo e voltando para o trabalho. nossa eu perdi o ponto de descer do bus de tão envolvida no assunto.rsrsrsrs. eu estou noiva e nos preparativos para esse grande dia e me vi em todos os comentários feito durante o podcast. foi revelador e leve e engraçado e eu poderia adicionar muitos outros adjetivos. parabéns!!!!!! obrigada por dividir comigo tudo o que nem de mãinha jamais ouviria.

  • Dafne

    Ah… voltei para dizer que outro lugar bem interessante para aprender sobre lua de mel é o programa Sem Tabus, da Novo Tempo. O canal do Youtube tem dezenas de entrevistas com médicos e psicólogos, sempre abordando o tema do sexo na ótica cristã. Super recomendo! Vou deixar o link para o canal aqui: https://www.youtube.com/channel/UC9-FIhuFvCz8KH1cLuet7YQ

  • https://www.irmaos.com/membro/claudiosilva/ Cláudio Antônio da Silva

    Estou na dúvida se ouço ou não este episódio, já que foi dito que é “só para meninas”.

  • EDNEIA SOARES

    HOJE CONSEGUI OUVIR O PODCAST, PARABÉNS… MUITO DESCONTRAIDA A CONVERSA DAS MENINAS.

  • Paulo Lima

    Kkkk, invadimos esse “Clube da Luluzinha”, contei 15 comentários masculinos e 13 femininos.
    E, parabéns meninas pela coragem hein, ah safadinhas (no bom sentido). Mas ficou faltando falar sobre luz acessa ou apagada na 1ª noite! Transar de madrugada, e como ficam os vizinhos naquele silêncio? Já percebi que em casa sem crianças ou com filhos já morando fora de casa, os casais gemem bem mais alto, tá louco, tem um casal vizinho aqui que só a graça viu, pois é tanta gemeção e chorinho e na hora H então….(quando consigo), coloco a Tv num volume alto ou mesmo chego a tapar os ouvidos para não ouvir, ou um fone de ouvido com louvor, pois os danadinhos querem gritar na hora H… mas nem sempre sou tão santo assim e às vezes fico ouvindo tudo mesmo, fazer o quê rsrs.
    E realmente na noite de núpcias, nós homens sempre pensamos que vamos ficar só esperando a esposinha sair do banho nua ou de lingerie, talvez pela famosa demora das mulheres em se arrumar, desarrumar, e é claro que ninguém quer ser pego de surpresa com a “barraca desarmada” ou até meio sonolenta kkkk queremos estar preparadíssimos.
    Também creio que esses que apenas dormem na noite de núpcias é porque já estão cansados de “provarem da fruta” (hoje é extremamente comum isso), pois não é possível a gente esperar a vida toda vivendo em Santidade, e na hora que tá liberado, vai dormir, ah não, é até um pecado já começar a vida sexual baleado assim, tá loco meu. Tem que dar umazinha, mesmo que uma rapidinha pra começar bem Kkkkkk 😀

  • Loana Guedes

    Já tinha ouvido o programa dos meninos e agora estou ouvindo o nosso lado, mas sou solteira. Fiquei passada hahahah. Felicidades, Jaque! Sei que a essa altura já deve estar muito bem casada, mas não custa desejar o melhor.

  • Eduardo

    O psicológico influencia muito na relação. Já vi a paciente quebrar o espéculo de tanto contraiu a musculatura ao fazer o “papa nicolau”.
    Outro quadro até que comum que são as infecções urinárias pós casamento chamada cistite da lua de mel, pois depois da maratona dos preparativos que interfere na imunidade tem uma mudança na microbiota do casal.