Usuário: Visitante | Identifique-se | Cadastre-se

Ver os comentários1
Creed: Nascido Para Lutar
Inserido em 25/01/2016

1 viu este filme | Nota média: 8

Dê sua nota!

Crítica irmaos.com

por Ronald Luis

Creed: Nascido Para Lutar (Creed, 2015), de Ryan Coogler, continua apresentando o envelhecimento de Rocky Bolboa nos cinemas de forma digna e memorável.

O veterano Rocky Balboa (Sylvester Stallone) pode não estar mais nos ringues em disputas de boxe, mas continua com o vigor de sempre, agora como treinador. Sob sua batuta está o jovem Adonis Johnson (Michael B. Jordan), filho do lutador Apollo Creed, que enfrentou Balboa várias vezes no ringue. Acontece que Adonis Johnson nunca conheceu o pai, que faleceu antes de seu nascimento. Ainda assim, é inegável que o boxe está em seu sangue, então Adonis vai para Philadelphia, o local da lendária luta de Apollo Creed contra um aguerrido novato chamado Rocky Balboa.

Já na Cidade do Amor Fraternal, Adonis encontra Rocky (Stallone) e pede para que ele seja seu treinador. Apesar de sua insistência em se afastar do mundo das lutas por bons motivos, Rocky enxerga em Adonis a força e a determinação que ele conheceu em Apollo - seu feroz rival que acabou se tornando seu melhor amigo. Concordando em ajudá-lo, Rocky treina o jovem lutador, mesmo que para isso o antigo campeão tenha que desafiar um oponente mais mortal do que qualquer um que ele já tenha enfrentado no ringue.

Com Rocky em seu corner, não demora muito para que Adonis tenha sua chance de disputar o título, tendo que provar que não está ali apenas por ser filho de Creed, mas que também tem o coração de um verdadeiro lutador.

Adonis se envolve com Bianca (Tessa Thompson), uma cantora e compositora local que se envolve com Adonis. Mary Anne Creed (Phylicia Rashad), a viúva de Apollo é quem resgata Adonis dos orfanatos e lhe dá uma oportunidade na vida. Destaque também para o boxeador profissional inglês tricampeão peso-pesado da ABA, Anthony Bellew, como o campeão de boxe “Pretty” Ricky Conlan.

Esta foi a sétima vez que Sylvester Stallone atua no papel do boxeador Rocky Balboa, após Rocky, Um Lutador (1976), Rocky 2 – A Revanche (1979), Rocky 3 – O Desafio Supremo (1982), Rocky 4 (1985), Rocky 5 (1990) e Rocky Balboa (2006). É apenas o segundo filme de Ryan Coogler. Sua estreia foi com o excelente Fruitvale Station: A Última Parada (2013). No Globo de Ouro 2016, a produção venceu o prêmio de Melhor Ator Coadjuvante para Sylvester Stallone, que também concorre ao Oscar deste ano na mesma categoria.

Críticas da galera

1 comentário

Vou assistir com certeza.
(0) (0)

Nota
8
Adelmo Ribeiro Furtado (vovô do Davi )
Volta Redonda Rj
03/02/2016, 19:00:01

Atenção! Você está deslogado.

Deslogado, seu comentário será moderado.
Identifique-se e comente sem moderação.

Todos os campos são obrigatórios

Seu nome:
E-mail:

(não será divulgado)
Localidade:
Comentário:

                                                          

Código de segurança:

CAPTCHA Image
Digite os caracteres acima:

Ver lista de filmes

Mais comentados
Prova de Fogo
Tropa de Elite
À Procura da Felicidade
Avatar
A Paixão de Cristo

Mais assistidos
Prova de Fogo
A Paixão de Cristo
À Procura da Felicidade
Tropa de Elite
Click

Melhores avaliados
O Refúgio Secreto
Trilogia: O Poderoso Chefão

Notícias
Filme Deus Não Está Morto 2 inspirou atriz a falar de sua fé
Crônicas de Nárnia ganhará novo filme em breve
Pré-venda de “Os Dez Mandamentos” supera novo filme de “Star Wars”
4U Films comemora o 6º aniversário com lançamento de novo curta
«Mais»

"Aquele que começou a boa obra a aperfeiçoará até o dia de Cristo Jesus." Filipenses 1:6